Ceclin
out 01, 2014 0 Comentário


Armando: “Está na hora de Pernambuco devolver o muito que recebeu da Zona da Mata”

Uma das principais forças econômicas de Pernambuco no passado, a região da Zona da Mata vai voltar a ter uma posição de destaque no futuro governo Armando Monteiro (PTB). Em seu plano de governo, o candidato a governador elaborou uma série de propostas que buscam resgatar o protagonismo dos municípios situados nas matas Norte e Sul na economia de Pernambuco. E uma delas é manter e ampliar o programa social Chapéu de Palha, onde o petebista vai corrigir o benefício e conjuga-lo com o Bolsa Família, do governo Federal.

Na Mata Norte, Armando vai construir, em parceria com a União, o Arco Metropolitano, obra fundamental para o escoamento da produção da fábrica da Fiat, instalado no município de Goiana. O candidato do PTB também quer capacitar as empresas pernambucanas para servir de fornecedores do polo automotivo, gerando emprego e renda para essa localidade.

Na Mata Sul, uma das propostas de Armando é implantar um polo industrial em Palmares. A gestão do petebista também vai concluir as obras de Serro Azul, que já recebeu R$ 200 milhões em recursos do governo federal. E também entregar as casas e a infraestrutura urbana necessárias para as cidades atingidas pelas enchentes, em 2010 e 2011.

Para toda a Zona da Mata, o programa de governo de Armando prevê a qualificação profissional de 15 mil jovens. Ainda sob esse aspecto, o petebista vai integrar o ensino médio ao técnico e construir quatro novas escolas técnicas, com cursos que atendam a demanda do mercado de trabalho da localidade. E através do programa Nova Semente de Pernambuco, Armando vai levar 200 creches para municípios da região.

Na Saúde, Armando vai instalar em cada UPA Especialidade da Zona da Mata e uma Central de Diagnósticos para realização de exames. O petebista vai contratar 200 médicos para reforçar o Programa Saúde da Família (PSF), implantar uma central de atendimento do Câncer, uma unidade para cirurgias oncológicas e inaugurar o 3º turno para cirurgias eletivas nos hospitais.

O petebista também vai reforçar o efetivo policial, destacando mais 750 policiais militares e civis para cuidar da segurança da região. E, por fim, Armando Monteiro vai requalificar a malha rodoviária da região, a exemplo da rodovia PE-95, que liga Limoeiro a Caruaru, no Agreste pernambucano.

“A Zona da Mata foi abandonada. Por isso, se eu for eleito, ela vai voltar ao centro da agenda econômica de Pernambuco. Quando eu entrar no Palácio do Campo das Princesas, a Mata entrará junto. Está na hora de Pernambuco devolver o muito que a Zona da Mata já contribuiu com o Estado”, afirmou o candidato a governador.

com informações da Assessoria.