Ceclin
dez 03, 2010 0 Comentário


Área rural do interior pernambucano receberá US$ 130 mi

GABRIELA LÓPEZ


O Estado investirá US$ 130 milhões no programa Pernambuco Rural Sustentável, que financiará planos de desenvolvimento de 180 municípios pernambucanos. Para isso, devem ser contratados US$ 100 milhões do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), com contrapartida de US$ 30 milhões do Governo. A autorização do financiamento pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e pelo governador Eduardo Campos foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na última quarta-feira.


A negociação prevê para o empréstimo juros variando entre 0,5% e 1% ao ano, com prazo máximo de 30 anos para pagamento completo.

De acordo com o secretário estadual de Articulação Regional, José Patriota, o banco já autorizou utilização, a partir de janeiro do próximo ano, de US$ 10 milhões, que serão reembolsados quando o contrato for assinado, o que deve ocorrer até junho do próximo ano. “A aplicação do recurso já liberado só depende, agora, do desempenho de caixa do Governo”, afirmou.

“O Estado tem uma boa capacidade financeira, mas é preciso acelerar o crescimento. O empréstimo é uma forma de captação de recurso e, quando investido, vai gerar renda para a população e receita para os cofres públicos”, acrescentou.

O projeto do Pernambuco Rural Sustentável está em fase de conclusão e será voltado para o desenvolvimento territorial. “Cada região terá um plano de desenvolvimento. O recurso captado será aplicado na elaboração de projetos, de planos de desenvolvimento e no financiamento de alguns deles. É um projeto integrador”, comentou o secretário. Entre as cidades não beneficiadas pelo projeto, estão Recife, Olinda e o distrito de Fernando de Noronha.

(Folha de Pernambuco).