Ceclin
fev 24, 2017 0 Comentário


Aplicativo desenvolvido por estudantes do IFPE Vitória é selecionado para evento na França

Francisco junior

Único representante do Norte-Nordeste, o projeto foi um dos 12 trabalhos selecionados em todo o mundo.

Um aplicativo desenvolvido por estudantes do Campus Vitória de Santo Antão do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) está entre os 12 trabalhos selecionados em todo o mundo para o Paris International Agri-Business Show, o SIMA 2017, que acontece na capital francesa entre os dias 26 de fevereiro e 2 de março. Os alunos Francisco da Silva Neto, do curso de Licenciatura em Química, e Maciel Alves Tavares, do Bacharelado em Agronomia, preparam os últimos detalhes do Quiz PDV para apresentá-lo no evento, um dos principais do setor na Europa.

Voltado para estudantes do nono ano de escolas públicas municipais de zonas rurais, o aplicativo tem o intuito de despertar o interesse dos jovens para as Ciências Agrárias através de um jogo de perguntas e respostas que relaciona o cotidiano de quem mora no campo aos conteúdos trabalhados dentro da sala de aula. “O jogo é dividido em três áreas (Matemática, Geografia e Ciências), cada uma com 20 questões, e os participantes podem contar, receber dicas e explicações, em vídeos ou textos”, explica Francisco Neto.

“O Quiz PDV foi desenvolvido para ser utilizado em sala de aula, tanto no auxílio da relação ensino-aprendizagem, entre professor e aluno, quanto para despertar a vocação de estudantes para as Ciências Agrárias”, explica Maciel Tavares. “Para isso, tomamos como base os Parâmetros Curriculares Nacionais”, completa Francisco. Ainda segundo os estudantes, o aplicativo está em fase de finalização e de testes.

O modelo submetido ao evento na França é uma adaptação do aplicativo também desenvolvido por Francisco Neto para despertar o interesse dos estudantes para a Licenciatura em Química, através do Programa Internacional Despertando Vocações para as Licenciaturas (PDVL), sob a orientação pedagógica da professora Kilma Viana (Campus Vitória); do professor Erick Viana (Campus Recife), na área de empreendedorismo social e inovação; e do professor Dalton Cezzane (Campus Caruaru), na área de Computação.

“Tendo como base esse modelo desenvolvido para o PDVL, adaptou-se para as Ciências Agrárias com a participação do estudante Maciel Tavares, e com o objetivo de trabalhar com o público participante das ações do Programa Internacional Despertando Vocações para as Ciências Agrárias (PDVAgro)”, explica o professor Erick Viana.

Na opinião da professora Kilma Viana, a inovação trazida pelo aplicativo está relacionada às possibilidades de um jogo dentro de uma abordagem construtivista, e não comportamentalista. “Nesse jogo, um dos pressupostos é a interação entre os estudantes, trabalho em grupo, levantamento e testagem de hipóteses. Todos esses aspectos estão relacionados a uma abordagem mais emergente de educação”, explica a professora, que ressalta: “Assim como foi adaptado para as Ciências Agrárias, pode ser adaptado para qualquer outra licenciatura, afinal, o aplicativo surge no PDVL e não apenas a Licenciatura em Química é contemplada, como também Física, Biologia, Geografia, História, Matemática, Computação, Letras, entre outras”.

O professor Dalton Cézane explica que o Quiz foi desenvolvido através da ferramenta AppInventor, do MIT (Massachusetts Institute of Technology). “Esta ferramenta foi escolhida para o desenvolvimento do aplicativo por ter uma baixa curva de aprendizagem, visto que ela é utilizada para facilitar o aprendizado de programação”, detalha.

O evento
O trabalho dos estudantes do IFPE foi selecionado na categoria School Projects, que apresenta trabalhos de estudantes de engenharia de todo o mundo que tragam propostas e possibilidades de tecnologias aplicadas à agricultura do futuro. Francisco Neto e Maciel Tavares são os únicos representantes dos Institutos Federais e das regiões Norte e Nordeste. Foram escolhidos mais 5 trabalhos do Brasil – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal de Lavras (UFLA) – além de outros seis dos Estados Unidos, Noruega, Espanha, França, Alemanha e Holanda.

O Programa
A ação faz parte do Programa Internacional Despertando Vocações (PDV) surgiu a partir de uma experiência exitosa da qual o IFPE fez parte, a convite da Universidad de Mendoza, em 2012, que tinha o objetivo de estimular os estudantes secundaristas da Argentina, da Colômbia e do Brasil a procurarem carreiras relacionadas às engenharias – Despertando Vocações Tecnológicas (DVT).

Atualmente o PDV abrange Licenciaturas, Ciências Agrárias, Tecnologias e Gestão, e conta com parceiros em vários Estados do Brasil, como: Instituto Federal da Paraíba (IFPB – Campus João Pessoa), Instituto Federal de Alagoas (IFAL – Campus Maceió), Instituto Federal Sertão Pernambucano (IF-Sertão PE – Campus Petrolina e Salgueiro), Instituto Federal de Rondônia (IFRO – Campus Jiparaná), Instituto Federal do Piauí (IFPI – Campus Teresina), Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN – Campus Natal Central), Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central (FACHUSC – Salgueiro).

No exterior, são parceiras a Universidad Nacional de La Plata (UNLP), Universidad de Mendoza (UM), Universidad Tecnológica Nacional (UTN), Universidad de Playa Ancha (UPLA) e o Ministério da Educação do Panamá (MEDUCA).

com Informaçoes da Assessoria