Ceclin
jan 04, 2021 0 Comentário


Ano 2020 totaliza 92 homicídios em Vitória de Santo Antão

Situado na Mata Sul pernambucana, Vitória de Santo Antão registrou nas últimas horas do ano de 2020 seu mais recente assassinato.

O homicídio ocorreu precisamente às 23h50 do dia 31 de dezembro. A Polícia Civil identificou a vítima como Lenivaldo Bezerra dos Santos, aparentando ter mais de 50 anos, que foi assassinado por dois disparos de arma de fogo, atingindo sobretudo a região da cabeça e tórax, tombando morto em uma das calçadas da Rua 04, do Bairro Loteamento Conceição, localidade mais conhecida como Bairro do Iraque 2, perímetro urbano de Vitória.

Lenivaldo era vigilante e segundo informações repassadas a Polícia Militar (PM) que esteve no local do crime, ele estava bebendo em um bar aguardando a virada do ano, quando instantes depois que saiu do bar ele foi assassinado. Até o momento tanto a autoria e a motivação são desconhecidas para a Polícia. O corpo foi removido ainda na madrugada do primeiro dia do ano para o Instituto de Medicina Legal (IML), em Recife.

Os dados que atestam os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI’s) em Vitória de Santo Antão totalizam precisamente 92 homicídios no decorrer de 2020. Segundo levantamento feito pelo Jornalista Cristiano Bassan junto ao site da SDS-PE, o Município superou o número de 82 assassinatos ocorridos em 2019. O mês mais violento em 2020 foi o de Maio, pelo qual havia sido registrado 14 crimes de morte.

SUSPEITO DE TRÁFICO É FERIDO À BALA

No último dia 28 de dezembro, Aleff Fernandes da Silva, de 27 anos, acusado de estar traficando entorpecentes na Rua José Andrade, quadra 06, Bairro Vista Bela, em Vitória, tentou fugir momento em que a equipe da 17ª Delegacia de Vitória cumpria seu mandado de prisão. Com ele a Polícia encontrou uma arma de fogo e entorpecentes (110 gramas de maconha, um revólver calibre.38 e R$ 282,00).

Segundo o Delegado Roberto Macedo, Aleff, além de não obedecer a ordem para se render, pulou em cima de um dos policiais e tentou tomar sua arma. Ambos entraram em luta corporal e o policial para não ter sua arma tomada e a fim de garantir sua integridade, efetuou um disparo para conter a agressão do indivíduo. Aleff se encontra internado no Hospital da Restauração (HR), em Recife.