• Ceclin
fev 04, 2019 0 Comentário


Amaraji decreta estado de alerta devido estragos das chuvas

Três barreiras, localizadas nas PE-17 e PE-63 ficaram destruídas. Foto: Divulgação/Prefeitura de Amaraji

Três barreiras, localizadas nas PE-17 e PE-63 ficaram destruídas. Foto: Divulgação/Prefeitura de Amaraji

A prefeitura da cidade decretou estado de alerta. Cerca de 30 famílias perderam móveis, eletrodomésticos e outros bens 

JC Online

As fortes chuvas que atingem o município de Amaraji, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, distante 96 quilômetros do Recife, destruíram barreiras, inundaram casas e deixaram cerca de 30 famílias desalojadas, segundo o último balanço divulgado pela Defesa Civil, na manhã desta segunda-feira (04/02). O temporal atinge a localidade desde a tarde do domingo (3).

O nível do rio chegou a subir 4 metros, alagando algumas ruas do Município. A prefeitura da cidade decretou estado de alerta. Em três horas e meia, choveu o equivalente 154mm no município.

Segundo comunicado da Defesa Civil local, o bairro mais afetado foi Vila Conceição, onde 100 pessoas ficaram desabrigadas e perderam móveis, eletrodomésticos e outros bens, após a água das chuvas inundar as ruas e invadir as casas. De acordo com o órgão, os moradores prejudicados pela chuva, devem se encaminhar ao Clube Municipal dos Tamarindos, onde receberão assistência necessária.

Três barreiras, localizadas nas PE-17 e PE-63 desmoronaram. Entulhos de terra e árvores, que caíram junto com as barreiras, impediram a passagem de motoristas na via, que ficou coberta pelos entulhos. Equipes locais já fizeram a limpeza da estrada. “Pedimos que os motoristas fiquem atentos ao trafegar nas estradas, de imediato estamos realizando a manutenção da mesma, mas existe risco de novos deslizamentos”, comunicou o município por meio da rede social.

Além da chuva, a cidade também foi atingida por ventos fortes, que levaram a estrutura de uma casa de shows, que acabou cedendo.  Segundo o prefeito Rildo Reis (PR), os estragos foram realmente significativos. “Os problemas ocorreram principalmente na periferia do município. Foram cerca de 100 pessoas prejudicadas. O bairro Recanto dos Pássaros está isolado e o Alice Batista está sem água. O hospital da cidade ficou alagado. Três casas desabaram e há outras em situação de risco”, descreve ele.

A água entrou no Hospital Municipal Alice Batista dos Anjos, e serviços de urgência precisaram ser interrompidos. Outro problema está no abastecimento de água. Várias tubulações na cidade se romperam por conta da força da chuva. A ponte que liga as localidades Vila da Conceição e Recanto dos Pássaros desabou, isolando o segundo bairro. Cerca de duas mil pessoas vivem na área. O prefeito acrescenta que os desabrigados precisam de doações.

Alerta de Chuva
A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), havia divulgado, no domingo (3), alerta de chuva com intensidade de moderada a forte para a Zona da Mata Sul, onde está localizado Amaraji. O alerta também se estendia para a Região Metropolitana do Recife, na Mata Norte e Agreste.

O Município de Amaraji deve se preparar para a possibilidade de mais chuvas até esta terça-feira (5). De acordo com um boletim meteorológico divulgado pela Apac nesta segunda-feira (4), há chances de chuvas com intensidade moderada na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Segundo a previsão do tempo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas devem variar entre 20ºC e 32ºC no Município.

LEIA TAMBEM:

PARTE DO TELHADO DE DESTILARIA CAI EM AMARAJI