Ceclin
jul 21, 2010 3 Comentários


Alexandre Ferrer com Henry e Negromonte

por Gilberto Júnior

No domingo (18), aconteceu em Vitória de Santo Antão o lançamento das Campanhas e do Comitê dos Candidatos a Federal Raul Henry e a Estadual Gustavo Negromonte, ambos do PMDB, pela Coligação PE Pode Mais, encabeçada pelo Senador e Candidato ao Governo de Pernambuco Jarbas Vasconcelos (PMDB).

No evento, além de contar com a presença dos postulantes Henry e Negromonte, estiveram presentes lideranças do Município como o vereador Pedro Queiroz (PPS), Ex- vereador Doca Lira, Ex- vereador Baixa Emiliano, como também o Marquinhos da Duquesa (Adjunto da Secretaria da Indústria da Prefeitura), que coordenará a campanha dos postulantes em Vitória. Também presente o Secretário de Desenvolvimento Industrial da Prefeitura da Vitória de Santo Antão – Alexandre Ferrer, o qual é Diretor da Empresa PITU, que por sua vez, será mais um Secretário do prefeito Elias Lira que não apoia o Deputado Estadual Henrique Queiroz (PR) à reeleição.

Conforme observado, ver-se que Queiroz não terá o apoio dos principais Secretários do Governo Elias Lira, já que o Dr. Paulo Roberto que é Secretário de Cultura, Turismo e Esportes da Prefeitura, irá apoiar a filha do vice governador de Pernambuco, João Lyra (PDT), trata-se da candidata a deputada Estadual Raquel Lyra (PSB).
Desse modo, constata-se que as principais lideranças do governo não apoiam o Deputado Henrique Queiroz (por que será?).

Já está nas ruas a campanha apoiada pelo Alexandre Ferrer dos Candidatos a Estadual Gustavo Negromonte e Federal Raul Henry (PMDB), além do lançamento do comitê eleitoral de Vitória de Santo Antão, batizado com feijoada e a aguardente PITU de acompanhamento.
O comitê fica próximo a Escola Dias Cardoso, no bairro da Matriz.

As campanhas que já estão nas ruas é a coordenada por Alexandre Ferrer e a outra coordenada pelo grupo de Paulo Roberto com Raquel Lyra (PSB) e André de Paula (DEM). Sinalizando que a disputa proporcional em Vitória travará a proposta de Renovação Política.


Por
Gilberto Júnior.