• Ceclin
jan 06, 2011 1 Comentário


Aguinaldo Fenelon é o novo procurador-geral do Ministério Público de Pernambuco

Ele foi o mais votado na lista tríplice enviada ao governador Eduardo Campos, que o nomeou


Da Redação do pe360graus.com


O promotor Aguinaldo Fenelon de Barros (foto), 55 anos, foi nomeado pelo governador Eduardo Campos para o cargo de procurador-geral do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Fenelon recebeu 174 votos, tendo sido o mais votado dentre os que estavam na lista tríplice enviada ao governador na última segunda-feira (03), após eleição interna no MPPE.
O novo procurador-geral de Justiça do Estado já sabe quais serão as ações prioritárias do Ministério Público durante os próximos dois anos.
“A cidadania é uma das grandes prioridades do Ministério Público e é um dos pontos que vamos enfocar e trabalhar fortemente. Também vamos combater a sonegação fiscal e o crime organizado, e temos que diminuir os índices de violência. Vamos nomear mais promotores e fortalecer o Ministério Público para que a sociedade se sinta mais segura”, explica Aguinaldo Fenelon.
Os promotores Waldemir Tavares Filho, com 151 votos, e Clóvis Sodré, com 129, também compunham a lista. A cerimônia de posse está marcada para a próxima segunda-feira (10). O novo procurador-geral vai ocupar o cargo durante o biênio 2011-2012.
Esta foi a primeira vez que os promotores puderam concorrer ao cargo máximo do MPPE. Anteriormente, apenas procuradores poderiam se candidatar ao cargo máximo da instituição. A novidade foi possível após uma mudança no artigo 8º da Lei Orgânica do Ministério Público, sancionada pelo governador no dia 14 de dezembro de 2009.