Ceclin
Maio 27, 2013 0 Comentário


AGTRAN garante ordenar o trânsito no Centro Comercial de Vitória de Santo Antão

- Hildebrando Lima foi entrevistado no Programa A Voz da Vitória.

Brevemente, Vitória de Santo Antão poderá ter Zona Azul

O Programa A Voz da Vitória conduzido por Lissandro Nascimento, pela Rádio Tabocas FM (98,5), contou com a entrevista do Diretor da Agência Municipal de Trânsito e Controle de Tráfego (AGTRAN), Hildebrando Lima, da Prefeitura da Vitória de Santo Antão, que abordou sobre a questão do trânsito no município. A cidade enfrenta atualmente um trânsito caótico, devido ao crescimento no número de veículos e a falta de uma estrutura adequada. Esses tópicos foram as preocupações levantadas na Coluna Começando o Expediente com o colunista Elias Martins, na manhã da sexta-feira (25).

Lima ressaltou sobre a intensificação iniciada na  quinta-feira passada, através da AGTRAN, que cumpre a incumbência de fiscalizar e conscientizar os motoristas e pedestres que circulam diariamente pelo Centro Comercial da Vitória, além de aplicar multas aos devidos infratores. Para o diretor, a cidade vive em uma larga escala de crescimento na questão de frota, mas o número de veículos é superior à quantidade necessária para manter a normalidade, por isso, os transeuntes e motoristas sofrem com os transtornos.

Segundo ele, a intensificação nos trabalhos realizados pela Agência de Trânsito, poderão minimizar os efeitos nítidos causados pela demanda existente de veículos no município, já que por sua vez, os agentes tiveram toda a preparação antes de partir para a parte prática. As ações da Agência dão continuidade à Operação Trânsito Cidadão (período de preparação dos agentes).

Outro problema levantado por Elias Martins se deu a respeito dos caminhões de carga e descarga, que por efetuarem o trabalho em horários de pico, obstruem a via local, e consequentemente complicam o tráfego. Hildebrando afirmou que o horário para este tipo de serviço já está regulamentado, sendo a partir das 18h, se prolongando até a meia-noite.

O Diretor ainda levantou a hipótese de um projeto viário para o município, adiantando que os primeiros procedimentos já foram tomados. O que está previsto para o município é a implantação da Zona Azul, que é uma modalidade de estacionamento utilizado em grandes cidades brasileiras para incentivar a rotatividade de vagas.

De acordo com Hildebrando, 14 homens estão nas ruas aptos para fiscalizar e autuar o motorista infrator. Os agentes são regulamentados pelo Detran/PE. Segundo ele, as infrações aplicadas são as mesmas do sistema convencional de fiscalização no trânsito, onde após ser notificado, o motorista tem um prazo de 30 dias para sua defesa, seja no Detran ou na própria Prefeitura.