• Ceclin
fev 04, 2019 0 Comentário


Agricultores de Feira Nova são beneficiados com trator e implementos agrícolas

Com um investimento de R$ 268,27 mil, a ação beneficia diretamente 97 famílias. Fotos: Edilson Júnior / SDA

Com um investimento de R$ 268,27 mil, a ação beneficia diretamente 97 famílias. Fotos: Edilson Júnior / SDA

Secretaria de Desenvolvimento Agrário entrega implementos a agricultores do Sítio Queimados 

O secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, e o diretor-geral do ProRural, Fábio Fiorenzano, entregaram, nesta segunda-feira (04/02), um trator e oito implementos agrícolas (grade aradora, grade niveladora, roçadeira hidráulica, plantadeira de mandioca, carreta agrícola, sulcador, enxada rotativa e debulhadeira de milho) à Associação Comunitária de Moradores e Agricultores do Sítio Queimados (Acomasq), no município de Feira Nova, Agreste de Pernambuco.

Com um investimento de R$ 268,27 mil, a ação beneficia diretamente 97 famílias. Os equipamentos, adquiridos com recursos provenientes do Banco Mundial, permitirão aos trabalhadores rurais aumentar a produtividade de suas lavouras. “Recebi do governador Paulo Câmara a missão de fortalecer a agricultura familiar e este é um dos projetos que caminham nesse sentido. Precisamos viabilizar para os pequenos produtores as mesmas condições técnicas que o agronegócio tem”, comparou o secretário Dilson Peixoto.

ENTREGA DE IMPLEMENTOS - FEIRA NOVA (2)“A concretização desse projeto é a realização de um sonho de dez anos para nós do Sítio Queimados. A mecanização vai permitir que a gente tenha mais condições de plantar e também dar mais qualidade à nossa produção”, destacou presidente da (Acomasq), Adjair Silva. As principais culturas cultivadas no Sítio Queimados são mandioca, macaxeira, inhame, batata-doce e milho.

Conhecida como “Terra da Farinha”, Feira Nova viu a produção local de mandioca ser  praticamente dizimada. “Feira Nova tinha 4 mil hectares produzindo mandioca, hoje não chega a 500 hectares”, conta Adjair. A cultura vem sendo recuperada com o apoio do IPA, que resgatou cinco variedades nativas da espécie (duas de macaxeira e três de mandioca) que são mais resistentes à fusariose, que causa o apodrecimento da raiz.

Para Dilson, a experiência no Sítio Queimados é um exemplo de como as estatais ligadas à agricultura precisam trabalhar. “Aqui os trabalhadores rurais estão recebendo assistência técnica do IPA e, com esse convênio do ProRural, os implementos agrícolas para aumentar a produtividade. Podemos, inclusive, aproximar também a Ceasa, que pode desempenhar um papel importante do ponto de vista da comercialização”, destacou o secretário.

Além de Dilson Peixoto e Fábio Fiorenzano, também estiveram presentes no evento o prefeito de Feira Nova, Danilson Gonzaga; o vice-prefeito de Limoeiro, Marcelo Motta; o ex-deputado Henrique Queiroz, o secretário municipal de Agricultura, Joel Pascoal, e o vereador de Feira Nova Daniel Araújo.

da assessoria