Ceclin
out 06, 2009 8 Comentários


Aglaílson deixa o PSB e reforça bases tucanas

Publicado em 06.10.2009

Depois de perder o deputado Raimundo Pimentel para o PSB, o PSDB deu o troco e reforçou suas bases com um ex-socialista: o vereador e ex-prefeito de Vitória de Santo Antão José Aglaílson – que já chega ao partido com a missão de ampliar a bancada federal da legenda. O neotucano oficializou seu ingresso ao partido em evento ao lado do presidente da legenda, senador Sérgio Guerra, e dos deputados estaduais Emanuel Bringel e Carlos Santana.
Embora não explicite, duas foram as razões que levaram Aglaílson a deixar o PSB: o ingresso na sigla dos ex-democratas Sebastião Rufino e Ciro Coelho, bem como problemas com o secretário de Articulação Política, Aluízio Lessa – que vai disputar mandato em 2010 e estaria invadindo suas bases.
“Tenho acompanhado os Arraes e os Campos há muitos anos, mas não posso ficar num palanque onde as pessoas ofendem tanta gente. Nunca vi Sérgio Guerra ofender ninguém, fico com Serginho”, disse, em nota, o vereador. O governador Eduardo Campos disse que só ficou sabendo ontem à tarde da decisão de Aglaílson e preferiu não falar sobre o assunto.
Sérgio Guerra está satisfeito com a aquisição do partido e com a posição do PSDB após o encerramento do prazo para filiação partidária. “Vamos dobrar o número de deputados federais. E estou falando de uma previsão realista”, avisou. Além de reeleger Bruno Rodrigues e Bruno Araújo, Guerra está confiante na eleição de Aglaílson e “de uma pessoa ligada a mim”.
Essa pessoa pode ser sua filha, Helena Brennand, “uma hipótese”, segundo o líder do PSDB.
Já no que se refere à bancada estadual, Guerra espera aumentar de seis para oito o número de parlamentares. “Nosso crescimento tem sido contínuo ao longo das últimas eleições e deve continuar assim”, destacou.
(Jornal do Commercio).
CHEGOU A HORA DE ANUNCIAR SUA MARCA CONOSCO.
COMBINE: 81.8827.5780.