Ceclin
fev 11, 2017 0 Comentário


Adutora do Pirangi, em Catende, é testada

sistema_de_bombeamento_da_adutora_do_pirangi

Água do Rio deve chegar a Barragem do Prata, em Bonito, até domingo (12)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) começou na última sexta-feira (10) os primeiros testes na adutora do Pirangi, em Catende, na Mata Sul de Pernambuco. Pela primeira vez, a água passou pelo canal de captação do Rio Pirangi e e vai seguir por seis quilômetros até a Estação Elevatória de Água Bruta 2, também localizada em Catende.

De acordo com a Compesa, se tudo ocorrer conforme o planejamento, os testes continuarão na EEAB 2 para transportar água por mais 21 quilômetros até os poços de sucção da Barragem do Prata, em Bonito. A previsão é chegar água no Prata pelo novo sistema até no domingo (12).

A fase de testes vai durar o tempo necessário para realizar os ajustes e correções na adutora do Pirangi.  A engenharia vai regularizar a vazão da Barragem do Prata em 500 litros por segundo, para possibilitar a segurança hídrica do manancial e beneficiar 800 mil pessoas nas cidades de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Toritama, Agrestina, Altinho, Ibirajuba, Cachoeirinha, Cumaru, Passira e Riacho das Almas.

De todas as obras realizadas pela companhia, a do Pirangi talvez tenha sido executada com maior velocidade e em tempo recorde. Foram investidos R$ 60 milhões no empreendimento por meio de um convênio assinado entre o Governo do Estado e a Compesa com o Banco Mundial.

G1