• Ceclin
out 14, 2019 0 Comentário


Adolescente e amigo são mortos a tiros enquanto conversavam em Moreno

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime - Foto: Imagem: Artur Borba / TV Jornal

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime – Foto: Imagem: Artur Borba / TV Jornal

Dois amigos foram assassinados em Moreno, na Região Metropolitana do Recife. O crime aconteceu na noite do domingo (13/10), na Rua André Vidal de Negreiros, no bairro da Mangueira. As vítimas foram identificadas como Willams Santos da Silva, de 25 anos, e o adolescente Tiago de Almeida Carvalho, de 16 anos.

Eles conversavam na frente de uma casa, quando dois homens chegaram atirando.  Willams morreu no local. Tiago correu para o quintal da residência, mas foi alcançado e morto com vários tiros. De acordo com a Polícia, Willam sofreu um atentado à faca, no último sábado (12), depois de uma discussão. Os envolvidos eram usuários de drogas e os dois também teriam se envolvido em briga com outros usuários de droga.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o crime.

SURDO-MUDO

Outra última importante ocorrência policial em Moreno envolveu um rapaz de 21 anos, identificado como Marcelo José de Lima, que foi assassinado no dia primeiro de setembro. A vítima, que era surda-muda, foi baleada no bairro Nossa Senhora da Conceição, e segundo informações o crime teria sido praticado por dois homens que fugiram numa motocicleta.

Os dois suspeitos foram presos no dia 02.09 pela Polícia Militar. Ambos mataram Marcelo Lima durante um assalto. Natanael Everton do Nascimento, 23, foi preso em flagrante no terminal escondido dentro de ônibus em Moreno. Natanael disse aos policiais que a arma usada nos crimes estava na casa de um amigo. Segundo a Polícia, o amigo não teria ligação com o crime, guardava apenas a arma. Na 13ª Delegacia de Homicídios de Jaboatão, um homem compareceu e afirmou ser mototaxista, dizendo que Natanael havia o contratado para uma corrida, mas lhe roubou a moto. Outro suspeito de ter participado do crime também foi preso, Tiago José dos Santos, 29 anos, o segundo acusado de matar o deficiente auditivo.