Ceclin
ago 30, 2012 1 Comentário


Adalto Santos critica decisão para que Estado pague cirurgia de troca de sexo

Portal da Alepe

O deputado Adalto Santos, do PSB, usou a tribuna da Assembleia, nesta quarta (29), para fazer um apelo à Procuradoria-Geral do Estado. Ele sugeriu que o órgão recorra da decisão judicial que autorizou o pagamento de uma cirurgia de mudança de sexo, em Goiás, que deverá custar 40 mil Reais aos cofres públicos pernambucanos.

Santos disse que se trata de um precedente perigoso para a sociedade, e ponderou que o mesmo valor poderia servir para uma cirurgia de transplante de fígado, para a compra de mais de 260 vacinas contra a meningite ou aquisição de mais de 250 pares de óculos populares.

O parlamentar protestou contra o fato de apenas uma pessoa ser beneficiada, quando muitos precisam do sistema público de saúde. Ele classificou a aplicação de recursos públicos numa cirurgia desta natureza como ilegal, imoral e que vai de encontro às necessidades da sociedade.