Ceclin
out 23, 2018 0 Comentário


Acusados de matar cantor Vanildo de Pombos são absolvidos

Cantor Vanildo Vitor Cavalcante foi morto em 2008. Foto: Arquivo

Cantor Vanildo Vitor Cavalcante foi morto em 2008. Foto: Arquivo

Os três estavam sendo acusados de matar o cantor há dez anos, em julho de 2008

Informações da TV Jornal

Os acusados de assassinar o cantor Vanildo Vitor Cavalcante, conhecido como Vanildo de Pombos, foram absolvidos em julgamento realizado nesta terça-feira (23/10). Maurício Rodrigues Félix da Silva, Gilberto Manoel Leite e Pedro Severino dos Santos Filho foram considerados inocentes, em decisão do juiz Abner Apolinário, do 4º Tribunal do Júri, por falta de provas.

Antes do julgamento realizado nesta terça, outro havia sido marcado anteriormente, no dia 11 deste mês, mas precisou ser adiado porque um dos advogados desistiu do caso às vésperas do julgamento. O outro acusado, Marcelo Noberto Dias, está sendo julgado em Pombos, cidade onde o crime ocorreu.

Julgamento dos acusados de matar o cantor Vanildo de Pombos aconteceu no Fórum Thomaz de Aquino, no Recife — Foto: Marcos Roberto/TV Globo

Julgamento dos acusados de matar o cantor Vanildo de Pombos aconteceu no Fórum Thomaz de Aquino, no Recife — Foto: Marcos Roberto/TV Globo

JURI

Gilberto Manoel Leite, foi representado por sua defesa, que informou que justificou sua falta por causa de um pico de pressão sofrido durante a manhã desta terça-feira (23). O quarto acusado, Marcelo Norberto Dias, não foi localizado pela Justiça e é considerado foragido. A sessão começou por volta das 9h, mas a sentença foi proferida pouco depois das 14h. Além do assassinato, os homens respondiam pelo crime de associação criminosa.

Dois dos acusados, Gilberto e Pedro, respondiam ao processo em liberdade. Maurício estava preso no Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife. Após o julgamento, foi determinada a devolução de Maurício à Cadeia Pública de Monteiro, na Paraíba, estado onde ele responde a um processo na Justiça. O TJPE não soube informar o crime anterior do acusado.

“O acusado Gilson abriu mão do interrogatório. É um direito dele, porque ele foi representado pela defesa. Apesar disso, a promotora pediu a absolvição, porque considerou que não tinha provas suficientes para seguir com a acusação”, explicou o juiz Abner Apolinário. (G1PE)

Crime
Os três estavam sendo acusados de matar o cantor há dez anos, em julho de 2008. O crime aconteceu em frente à casa do cantor, que morava em Pombos, Zona da Mata de Pernambuco. Os suspeitos foram presos em setembro de 2013.

SAIBA MAIS: – Caso de Vanildo de Pombos tem júri popular adiado depois de dez anos