Ceclin
jul 15, 2016 0 Comentário


Acusado de matar promotor de Itaíba foge de presídio no Rio Grande do Norte

1000531_270615999744935_1069791242_n

Um dos homens acusados de envolvimento na morte do promotor de Itaíba Thiago Faria Soares fugiu, na madrugada desta quinta-feira (14), da Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira Nóbrega, no Sertão do Rio Grande do Norte. José Ivanilson Dias Gomes é um dos 16 detentos que escaparam por um túnel da unidade carcerária.  José Ivanilson foi capturado em fevereiro deste ano através de uma operação integrada das polícias federais de Pernambuco e do Rio Grande do Norte. Ele já estava foragido da Cadeia Pública de Natal e, fora o homicídio, também responde por tráfico de drogas, roubo e associação criminosa. O suspeito começou a ser investigado após usar uma identidade falsa com o nome do promotor Thiago Faria.

Além de Ivanilson, outros quatro acusados de participação no crime foram identificados e vão a júri popular. José Maria Pedro Rosendo Barbosa, José Maria Domingos Cavalcante, Adeildo Ferreira dos Santos e José Marisvaldo Vitor da Silva são acusados de matar o promotor e tentar matar a noiva dele, Mysheva Freire Ferrão Martins, e o tio dela, Adautivo Elias Martins. Segundo sites de notícias locais, os detentos construíram o túnel – com aproximadamente 30 metros – em um solo rochoso.

RELEMBRE O CASO
Thiago Sores foi assassinado em 14 de outubro de 2013, quando seguia da cidade de Águas Belas para Itaíba, onde trabalhava na promotoria. Segundo a Polícia Federal, o crime teria sido motivado por uma disputa de terra da Fazenda Nova, envolvendo a noiva do promotor, Mysheva Martins, que disputava a área com o fazendeiro José Maria Barbosa. Ele perdeu a terra em um leilão da Justiça Federal e teve que deixar a área. O fazendeiro nega ter cometido o homicídio. Mas segundo investigações, José Maria Barbosa teria contratado o cunhado, Edmacy Ubirajara, para matar Thiago Faria. Ubirajara chegou a ser preso, mas foi liberado.

Diário de Pernambuco