Ceclin
jun 27, 2010 1 Comentário


Abandono de Escola em Vitória é destaque

da Coluna JC Nas Ruas

do Jornal do Commercio.

Educação abandonada
Publicado em 27.06.2010

A construção dessa escola de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata, terminou no fim de 2008. O prédio é vizinho ao conjunto habitacional destinado aos desabrigados da cheia de 2005 e deveria atender justamente às famílias, no Loteamento Conceição. A unidade de ensino tem 13 salas, quadra, banheiros. Mas, até hoje, nenhuma aula aconteceu por lá. Grades, portas, janelas, quase tudo foi levado por vândalos. Há pichações em toda parte.

Abandono, inclusive, é uma palavra conhecida dos desabrigados após a enchente de 2005. Quando ficaram prontas, em 2008, as casas que seriam dos desalojados foram invadidas por desconhecidos. Somente em dezembro do ano passado, eles conseguiram reaver os imóveis.

Para chegar ao colégio público mais próximo, quem mora na comunidade têm que pegar ônibus. Mães de crianças e adolescentes em idade escolar não se conformam em pagar transporte coletivo morando ao lado de uma unidade habitacional e questionam por que ela ainda não está funcionando.

A gestão atual informa que a reforma do prédio está em licitação. Agora, a previsão é que o colégio comece as atividades somente em 2011. Por enquanto, a escola ainda é uma construção abandonada. Retrato do descaso com o dinheiro público.

» ESCOLA-FANTASMA

Matagal e entulhos ocupam pátio e telhado de prédio onde deveria funcionar uma escola municipal, em Vitória de Santo Antão. Pronto há dois anos, edifício foi esquecido pelo poder público e virou alvo de vândalos.