• Ceclin
abr 16, 2008 8 Comentários


A unidade passará pelo que Paulo e Henrique sinalizarem

O Fórum de Reconstrução da Vitória que reúne todos os partidos de oposição (20) ao atual governo municipal tenta definir uma candidatura a Prefeito de consenso. Estes partidos políticos entendem que sem a união de grande parte dos partidos que se colocam contrários a conduta administrativa de governo do PSB local, terão dificuldades para construir um governo plural, participativo e avançado para Vitória de Sto. Antão. Apesar das possíveis saídas do PDT de Gilvan Leonel e do PSL de Daniel Alves, o grupo têm um grande desafio pela frente: costurar um candidato a prefeito e a vice de consenso entre todos.
Dos pré-candidatos a Prefeito que este agrupamento político dispõe, os que se posicionam mais consolidados eleitoralmente, segundo pesquisas internas, é o presidente do PSDB local – Paulo Roberto, e o Dep. Henrique Queiroz do PR. Já que o DEM não têm candidato. Nas últimas reuniões de todos estes partidos, eles decidiram construir uma agenda de critérios políticos e eleitorais que possam trazer elementos de avaliação a fim de considerar um nome que tenha condições de unir a todos. Este processo, segundo algumas lideranças partidárias, têm-se avançado.
Como até o momento o Dep. Elias Lira (DEM) tem declarado que o seu candidato preferencial a Prefeito é o Paulo Roberto, e que ele não se coloca na disputa para a Prefeitura, segundo a avaliação de alguns, este apoio de Elias à Paulo Roberto o deixa com chances de agregar mais valor a campanha. Contudo, criou-se uma expectativa na cidade devido a um evento que está sendo organizado para o dia 27 de abril. Segundo fontes, trata-se de uma decisão final do grupo partidário do deputado Elias Lira. Surgindo, mais uma vez, notícias de que ele tomará uma decisão diferente a apresentada até agora.
Por sua vez, o Dep. Henrique Queiroz têm se movimentado bastante procurando arregimentar forças e visitando vários bairros divulgando as suas pretensões para a sucessão local. Tem se mostrado confiante visto que acredita reunir boa parte das condições políticas que este grande grupo procura definir.
Portanto, a disputa para o processo sucessório em garantir um candidato único para a Prefeitura Municipal, deve passar, segundo avaliação de algumas lideranças, pelo entendimento entre Paulo Roberto e Henrique Queiroz. Se estas duas lideranças políticas se entenderem, o ambiente, segundo a avaliação, será facilitado para unir a grande maioria dos partidos.

por Lissandro Nascimento.