Ceclin
out 07, 2008 0 Comentário


A revolta dos 232 votos

Vitória de Santo antão // Mais de três mil protestam contra resultado da eleição

Paula Brukmüller // Especial para o Diario

Mais de três mil pessoas protestaram na tarde de ontem contra o resultado da eleição em Vitória de Santo Antão, a 54 quilômetros do Recife. O deputado estadual Elias Lira (DEM) venceu o atual prefeito Demétrius Lisboa (PSB), o Dedé, por apenas 232 votos de vantagem. Segundo o juíz da 18ª Zona Eleitoral do Município, Uraquitan José dos Santos, os eleitores suspeitavam que 36 urnas tivessem sido “roubadas” depois de encerrada a eleição no último domingo. “Todas as urnas foram entregues no cartório eleitoral do municipio e devidamente apuradas”, garantiu.

O grupo iniciou um protesto na entrada da cidade, na BR 232 com uma queima pneus. O tumulto foi logo dispersado pela ação rápida do Corpo de Bombeiros e, com o fracasso da manifestação, os militantes seguiram para a porta do Cartório Eleitoral da cidade gritando para que os votos fossem recontados. O tumulto só terminou com a chegada da PM, depois que o corregedor eleitoral Silvio Beltrão, sereuniu com 10 representantes da militância e esclareceu todas as dúvidas levantadas. Uraquitan disse que o protesto de deu por conta de “má informação plantada pelo grupo que perdeu”. Segundo ele, os manifestantes pediam para haver segundo turno no município. “Nós informamos que isso não é possível na cidade, já que esse processo cabe apenas em cidade com mais de 200 mil eleitores”, explicou.

Dedé assumiu a prefeitura em julho deste ano, depois que o prefeito José Aglaílson se licenciou para disputar uma vaga na câmara municipal, já que exercia seu segundo mandato e não poderia concorrer a reeleição como majoritário. O candidato derrotado não foi localizado para comentar o caso. Já o prefeito eleito, Elias Lira, classificou o fato como “inconformismo de quem perdeu”.
(Diário de Pernambuco).