• Ceclin
dez 30, 2008 3 Comentários


2009 de grandes perspectivas

Por Isaltino Nascimento

Ao falar das perspectivas para 2009 não posso esquecer do que foi realizado no ano que se encerra amanhã. Fecho 2008 com o sentimento de dever cumprido. Não sem lembrar que todas as conquistas destes 365 dias foram possíveis devido à força e a perseverança daqueles que acreditam no meu mandato de deputado estadual e da equipe de assessores que me acompanha com muito fôlego e garra.
Muitos me conhecem e acompanham meu desempenho pelo fato de exercer a liderança do governo Eduardo Campos na Assembléia Legislativa, função que ocupo há dois anos com muito orgulho. Somando-se àqueles que estão atentos à minha trajetória desde que comecei a atuar no Legislativo – primeiro na Câmara do Recife (2001) e em seguida na Casa Joaquim Nabuco (2003), com mandato renovado em 2006.

E é para estas pessoas a quem me dirijo neste momento – com o consentimento dos atentos leitores deste espaço democrático, para o qual escrevo todas às terças-feiras.
Ao fazer o balanço do ano que finda, com tantas ações concretizadas, não poderia deixar de rememorar algumas delas. Principalmente àquelas empreendidas dentro da luta incansável em defesa dos direitos humanos e em apoio àqueles que apostam no livre pensamento e no respeito ao próximo para a construção de uma sociedade mais harmônica e igualitária.
Assim me mantive ao lado do segmento LGBT, cobrando a implementação de políticas públicas voltadas ao segmento homossexual; unido aos trabalhadores da saúde, sempre atento às reivindicações que minimizem as doenças relacionadas ao trabalho; solidário aos indígenas, ressaltando a necessidade da implementação de políticas públicas específicas para estes povos, vítimas de tantas mazelas, entre elas a violência; apoiando a luta dos seguidores de religiões de matrizes africanas, ainda tão discriminados; atento à luta dos quilombolas, que tentam recuperar suas terras; contra o preconceito racial, que atinge a tantos; e a favor dos servidores públicos, muitos deles vítimas de assédio moral.
Isso para resumir a minha permanente jornada em prol dos direitos humanos, tão bem representada este ano pela concessão pela Assembléia Legislativa, por minha proposição, da Medalha Zumbi dos Palmares à Associação Quilombola de Conceição das Crioulas (Salgueiro) e do Prêmio Herbert de Souza de Direitos Humanos ao Centro Luiz Freire (Olinda).
Não posso deixar de ressaltar algumas das leis aprovadas, como a que criou o Dia Estadual do Torcedor do Sport Club do Recife e as que denominaram Hospital Metropolitano Oeste Pelópidas Silveira e Hospital Metropolitano Sul Dom Hélder Câmara às unidades que o governo estadual está construindo no Recife e no Cabo de Santo Agostinho, respectivamente, e Centro Integrado de Ressocialização Tobias Barreto à futura instalação penitenciária a ser construída no município de Itaquitinga, na Mata Norte.
Neste ano, pela primeira vez em minha vida parlamentar, fui propositor de um título de cidadão de Pernambuco, com muito orgulho. Tadeu Alencar, procurador-geral do Estado, cearense de Juazeiro do Norte, mereceu a honraria pelos seus inestimáveis préstimos e amor ao nosso Estado, de tão ilustres lutas e personalidades. Não quero me alongar nas citações sobre 2008, afinal no começo deste texto coloquei como proposta tratar sobre as perspectivas de 2009.
Contudo lembro que não há passado sem presente e construção do dia de hoje sem perspectiva de futuro. É por isto que encontro otimista hoje, pelos resultados compartilhados com aqueles que comungam contra qualquer tipo de discriminação.

O mundo é livre e nosso pensamento idem!!
Feliz 2009 a todos!! (obrigado Lissandro e a todos que fazem A Voz da Vitória pelo espaço).

por Isaltino Nascimento,
deputado estadual pelo PT e líder do governo na Assembléia Legislativa, escreve para o Blog todas às terças-feiras.