Ceclin
Maio 14, 2021 0 Comentário


Dias 16 e 23 de janeiro de 2022 são possíveis datas do ENEM, diz Inep

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, o Inep, responsável pela realização do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, está trabalhando internamente para realizar o Enem nos dias 16 e 23 de janeiro do ano que vem. No dia 3 de maio, por meio de um ofício circular, Alexandre Gomes da Silva, diretor de Avaliação da Educação Básica, DAEB, informa a data a outros diretores do órgão.

“Em consonância com as informações do Senhor Presidente do Inep apresentadas na Reunião de Diretorias ocorrida hoje, 03 de maio às 09 h, encaminho para ações decorrentes deste Gabinete e das respectivas Diretorias, ratificando que os dias 16/01/2022 (domingo) e 23/01/2022 (domingo) são as datas definidas para as aplicações das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) regular em sua edição 2021”, escreveu Gomes da Silva.

O documento informa ainda que o Enem Digital, em que os alunos fazem a prova em computadores, será realizado na mesma data do exame regular.

© INEP – ENEM/Divulgação ENEM 2018

O Inep vem sendo criticado por não definir as datas do exame que é utilizado como critério para ingresso em quase todas universidades públicas  do País e afeta a vida de cerca de cinco milhões de estudantes. Tradicionalmente o exame é aplicado em novembro. A edição de 2020, pela primeira vez ocorreu no ano seguinte, em virtude da pandemia. O atraso afeta diretamente as matrículas e o início do ano letivo nas universidades.

Oficialmente, o órgão ainda não se manifestou sobre as datas. Na última quinta-feira, em reunião do Conselho Nacional de Educação, CNE, o presidente,  Danilo Dupas, informou os conselheiros que a edição de 2021 do Enem não deveria acontecer esse ano. Entre as metas apresentadas pelo Instituto para 2021 consta apenas a realização de planejamento do exame e não sua aplicação.

O recursos para realização do Enem estão contingenciados pelo Ministério da Economia. O orçamento de 2021 disponibilizou cerca de 200 milhões de Reais para esse ano, cerca de um terço do valor que costuma ser empregado na operação.

Por meio de nota, o Inep diz que “tem orçamento suficiente para realizar o Enem 2021 e que tentar antecipar a divulgação da data de realização do exame com base em documentos preparatórios é desinformar a população”.