• Ceclin
jul 01, 2009 24 Comentários


1ª FÉRIA DO ANO NA CÂMARA

As 20:17 hs do dia 30.06.2009 o Presidente Mano Holanda faz a convocação aos vereadores, para dar início à 23ª Sessão plenária da Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão, que antecede ao RECESSO parlamentar de meio do ano, com duração de aproximadamente 30 dias.

Presentes: Sylvio Goes (PSB), Saulo (PSB), Novo da Banca (PSB), Irmão Duda (PSDC), Everaldo (PSDB), Mano Holanda (PMDB), André de Bau (PMN) e Frazão (PR).

Ausentes: pela quarta vez consecutiva, José Queralvares – PSB (mais uma vez alegando problemas de saúde, Geraldo Araújo – PSB (desta vez por alegação de problemas de saúde na família) e Pedro Queiroz – PPS (em viagem à Alemanha).

O 1º Secretário Vereador Everaldo Arruda, faz a chamada e a leitura de ata anterior da Câmara.

As 20:21 hs o presidente colocou em votação a leitura da ata anterior, aprovada unanimemente pelos presentes.



As 20:22 hs inicia-se o Pequeno Expediente com a leitura dos extratos da Saúde, 13 requerimentos , direcionados à Sec. de Obras, 21º Batalhão, Sec. Def. Cidadão e SDS-Estado. Também houve a leitura de apresentação de quatro projetos de lei, sendo dois do Executivo (Auxílio Financeiro ao Vera Cruz – R$ 40.000,00 e Criação do Sistema de Controle Interno) em cumprimento as exigências do TCE-PE. Dois do Legislativo (Nominação de Rua no Bairro Lídia Queiroz e também criação do SCI da Câmara).

As 20:35 hs, tem início o Grande Expediente, subindo o primeiro inscrito vereador Dr. Saulo, fazendo uma breve avaliação dos 6 meses das atividades da Câmara. Falou de seu descontentamento em ver que o Executivo pouco valoriza os requerimentos aprovados em plenário.

Falou de sua presença nas festas juninas do Município, e requereu verbalmente um voto de aplauso ao Secretário de Turismo, Cultura e Esportes – Dr. Paulo Roberto, recebendo a interferência do Presidente, para subscrever o voto do vereador. Falou da questão do vereador Geraldo Araújo, com os problemas de saúde de sua Genitora e agora também sua irmã. E finalizou falando da ausência da TV Mentira 58, que parece só cobrir a presença do Vereador José Queralvares.

As 20:44 hs, vai a tribuna o vereador André de Bau, e pegando uma carona no discurso do Dr. Saulo, levantou uma proposta de se abrir os canais da Câmara, até para transmissão ao vivo das sessões plenárias. Falou das críticas que estão sendo apresentadas em canais de mídia da cidade, sobre os gastos de R$ 450 mil reais, que o fato deve-se ao cumprimento de exigências do PAR – Programa de Ações Articuladas, que o governo atual resolveu cumprir integralmente este item do programa. Foi vencedora a empresa que apresentou a melhor proposta, para entrega de 82 bibliotecas, com 288 títulos didáticos, para amplo incentivo da leitura aos alunos da rede municipal do ensino fundamental.

Falou sobre o projeto de auxílio ao Vera Cruz e também da necessidade de maior apoio pelo Poder Executivo aos esportes amadores, tendo um aparte do Vereador Novo da Banca, que idealizou a formação de uma comissão para conversar com o atual secretário, aproveitando para falar de seu trabalho desde 1997, com a manutenção de escolinha de futebol com 152 crianças e que poucos conhecem o trabalho.
André parabenizou também o Secretário Dr. Paulo Roberto, pela organização do São João da Vitória, devolvendo o Município as tradições juninas, há muito esquecida e apresentando requerimentos para calçamentos no Alto José Leal, Cohab, e que uma das bibliotecas sejam direcionadas a escola do Cajueiro. Finalizou, falando do projeto de Doação de terreno à UFPE, e que gostaria que este terreno se destinasse a construção de Casa do Estudante.

As 21:01 hs deu-se início a Ordem do Dia.

O presidente paralisou a Sessão por 10 minutos, convocando os membros da Comissão de Redação e Justiça, para fechamento do parecer sobre os projetos apresentados.

As 21:11 hs subiu a tribuna o Vereador Novo da Banca para leitura do parecer do projeto de doação do Terreno à UFPE.

As 21:16 hs, em discussão o parecer, o Vereador Sylvio Góes subiu a tribuna para falar que ainda bem que a TV 58 não estava presente para pegar a Câmara de “saia justa”, com a questão de apresentação de pareceres às pressas, mais que mesmo assim era favorável ao projeto (que incoerência Sylvio!).

As 21:18 hs, foi aprovado o parecer e conseqüentemente o projeto.

As 21:21 hs após a leitura do parecer do projeto de nominação da rua em Lídia Queiroz, posto em votação, foram também aprovados o parecer e o projeto.

As 21:23 hs foi lido o parecer do projeto de Auxilio Financeiro ao Vera Cruz.

Em discussão o projeto, as 21:24 hs subiu a tribuna o Vereador Dr. Saulo, para parabenizar a atitude dos vereadores em relação ao projeto do Vera Cruz e lembrar da questão da Insalubridade dos Agentes de Saúde;

As 21:27 hs subiu a tribuna André de Bau, para criticar algumas colocações do Vereador Sylvio Góes; Em seguida, Sylvio sobe a tribuna para lembrar que no final da legislatura passada o projeto de Insalubridade apresentado pelo Executivo anterior, foi rejeitado pela Casa.

As 21:31 hs é votado o parecer e o projeto de auxílio financeiro, com aprovação unânime dos presentes.

As 21:33 hs, a um custo acumulado de R$ 1.736.127,90 nos seis meses deste mandato, o Presidente dá encerramento a Sessão, convocando os vereadores para o próximo mês de agosto, no horário regimental as 20:00 hs.

por Elias Martins,
Colunista do Blog.