Ceclin
jun 22, 2011 0 Comentário


“Lampião” tenta matar delegado

ISABELLA FABRÍCIO

Um homem com apelido de Lampião quis mostrar valentia. Ameaçou um policial, tentou matar um delegado e voltou pa­ra cadeia pouco mais de duas horas depois de ter deixado o presídio. Essa história, que parece tirada de filme de cangaceiros, aconteceu no município de Casinhas, no Agreste.

Há cinco meses Sebastião Teixeira da Silva, 25, conhecido por Lampião, foi preso e autuado na Lei Maria da Penha, após agredir a companheira. Um policial, que teria participado da ação que prendeu Sebastião, foi até o Presídio de Surubim, buscá-lo para prestar depoimento. Quando o acusado viu o policial disse que quando saísse do presídio iria matá-lo. Segundo a assessoria da Polícia Civil, o agente foi até uma delegacia e prestou queixa da ameaça o que gerou um TCO.

Porém, ontem, às 17h, devido um alvará de soltura, Sebastião foi solto e mandado direto para a Delegacia de Casinhas, cumprir o que havia prometido. Chegando lá, perguntou ao delegado José Raimundo, que estava de plantão, onde estava o policial o prendeu. O delegado disse que o policial não estava na delegacia. Foi quando Lampião, que estava armado de uma faca peixeira, disse para o delegado “então vai vo­cê mesmo”, e partiu para cima do delegado.

Dois policiais que estavam na delegacia conseguiram deter Lampião. O delegado foi ferido com duas facadas, mas passa bem. Sebastião foi encaminhado o plantão da Delegacia de Limoeiro, onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio. Esse inquérito somará aos outros oito que Sebastião já responde.

(Folha de Pernambuco).