• Ceclin
jul 12, 2018 0 Comentário


TESTE EM VITORIA: Funase passa a usar detectores de metal para varreduras no solo

Equipamentos, que foram emprestados pelo Exército, serão utilizados após capacitação intensiva feita com agentes socioeducativos. Foto: Funase/Divulgação

Equipamentos, que foram emprestados pelo Exército, serão utilizados após capacitação intensiva feita com agentes socioeducativos. Foto: Funase/Divulgação

A Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Pernambuco vai usar quatro detectores de metal de solo emprestados pelo Exército Brasileiro para reforçar a segurança de suas unidades em todo o Estado. O objetivo será aperfeiçoar a varredura dos terrenos dos Centros de Atendimento Socioeducativo (Case) e apreender objetos ilícitos que possam ter sido escondidos.

Nesta quinta-feira (12/7), os equipamentos foram empregados pela primeira vez durante uma revista de rotina no Case Abreu e Lima, no Grande Recife. A cessão dos detectores pelo Comando Militar do Nordeste (CMNE) foi condicionada à capacitação de um grupo de agentes socioeducativos, o que já ocorreu.

Os treinamentos foram realizados no Case Vitória de Santo Antão (em Pacas) e tiveram a participação de militares do Exército. Primeiro, foi feita uma ministração teórica. Depois, houve a aula prática em uma área delimitada.

Os equipamentos têm haste longa, apropriada para vasculhar o solo. Agentes de várias unidades, como Timbaúba, Caruaru e Garanhuns, participaram da formação, que teve certificados concedidos pelo Exército. A parceria foi formalizada por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), à qual a Funase é vinculada.

De acordo com o coronel Jonas Barbosa, coordenador de Segurança da Funase, a formação ocorreu de maneira intensiva, ao longo de dois dias, das 8h às 16h30, o que garantiu a qualidade da aprendizagem e um preparo especial dos agentes socioeducativos, que estão diretamente envolvidos com a manutenção da segurança nas unidades da instituição.

LEIA TAMBÉM:

Funase abre inscrições de seleção simplificada para 496 agentes socioeducativos 

- No Junho Verde, Funase Vitória e Compesa firmam parceria para implantar viveiro florestal em unidade socioeducativa