• FAMAM
  • Ceclin
nov 21, 2018 0 Comentário


Técnicas do Iphan e Fundarpe visitam obra de restauração da estação ferroviária em Moreno

As visitas serão constantes até a conclusão da obra. Foto: Divulgação

As visitas serão constantes até a conclusão da obra. Foto: Divulgação

Na manhã da ultima segunda-feira (19.11), técnicas do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) vistoriaram a obra de restauração da antiga estação ferroviária, no Centro de Moreno. É de competência dos dois órgãos garantir legalmente a preservação do bens de interesse cultural nos níveis nacional e estadual.

Segundo o secretário municipal de Planejamento, Urbanismo e Desenvolvimento Sustentável, Jancleyton Andrade, as visitas serão constantes até a conclusão da obra. “Por se tratar de um processo de restauração é importante que os órgãos acompanhem a execução da obra”, explicou o secretário.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional foi representado pela arquiteta Cláudia Barbosa e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, pelas técnicas Nazaré Reis e Raphaela Rezende.

ESTAÇÃO

A Contrel Construções e Realizações Empresariais LTDA, com sede no Bairro de Boa Viagem, em Recife, foi a vencedora da licitação para as obras de restauração da antiga Estação Ferroviária de Trem do Moreno, situado no Centro da cidade. A homologação foi publicada no Diário Oficial da Amupe no ultimo dia 14 de maio, no valor de R$ 472.660,78. O destino do antigo prédio servirá para abrigar um Centro Municipal de Cultura.