Arquivos da Tag: UPE

UPE adota Enem e sistema seriado como formas de ingresso


coeltivaNeste ano, a Universidade de Pernambuco (UPE) realiza, pela primeira vez, um processo seletivo sem o vestibular tradicional. Agora, os candidatos vão concorrer a uma vaga na instituição através do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) ou através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os detalhes foram divulgados em coletiva de imprensa, no Recife, na manhã desta terça-feira (28).

O número de vagas não foi alterado: serão 3.460, divididas em 11 campi e 54 cursos, nas regiões Metropolitana, Mata Norte, Mata Sul, Agreste e Sertão do Estado. Metade das vagas, um total de 1.730, será ofertada aos candidatos através do SSA, enquanto a outra metade será destinada ao Sisu. Nas duas modalidades, 20% das vagas serão reservadas para o sistema de cotas. O candidato pode se inscrever nas duas modalidades de seleção, seja para o mesmo curso ou para cursos diferentes.

Para os candidatos que pretendem concorrer às vagas pelo SSA, as inscrições já começam na próxima segunda-feira (3), exclusivamente pela internet. Por meio da seleção, alunos de qualquer lugar do Brasil podem concorrer, fazendo provas anuais, no 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio. No processo seletivo de 2016, as provas para os alunos de 1º e 2º anos serão nos dias 13 e 14 de dezembro. Já para os estudantes de 3º ano, as avaliações serão nos dias 22 e 23 de novembro. As inscrições custam R$ 85 e seguem até 2 de setembro.

De acordo com o reitor da UPE, Pedro Falcão, a UPE era a única universidade no Nordeste que ainda mantinha o vestibular tradicional. Com o fim da modalidade, medida que já tinha sido anunciada em 2014, os candidatos que participarão da seleção precisam estar inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e realizar as provas, que serão nos dias 24 e 25 de outubro.

Mudanças
Além das novidades sobre o processo seletivo da instituição, a UPE também divulgou nesta terça (28) algumas alterações em cursos de graduação. No campus Camaragibe, o curso de direito passará a ser ofertado apenas na segunda entrada. Já a graduação em gestão e logística será apenas no turno diurno em três campi: Salgueiro, Palmares e Nazaré da Mata. Também em Palmares, o curso de serviço social também foi alterado, sendo ofertado apenas no horário da manhã.

G1/PE

 

 

UPE lança processo de ingresso 2016


As oportunidades são para auxiliares, assistentes e adjuntos (Foto.UPE/Divulgação)

(Foto.UPE/Divulgação)

Diario de Pernambuco

A Universidade de Pernambuco (UPE) lança na próxima terça-feira o Processo de Ingresso 2016 na instituição. A entrevista coletiva está marcada para as 10h, no gabinete da Reitoria, na Avenida Agamenon Magalhães, Santo Amaro. Na ocasião, serão apresentadas todas as mudanças e novidades para a seleção deste ano.

Processo de Ingresso 2015 - Este ano, um total de 39.494 candidatos se inscreveram para o vestibular e 11.878 para o SSA 3 da UPE. A instituição ofereceu 3.460 vagas nos 53 cursos de graduação, sendo 2.074 vagas no vestibular e 1.386 no SSA. Os cursos são distribuídos nos campi Recife, Camaragibe, Mata Norte, Mata Sul, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Serra Talhada, Salgueiro e Petrolina.

O curso de direito em Camaragibe foi o mais concorrido no sistema universal, com 139,29 candidatos na disputa de uma vaga. Em segundo lugar veio medicina em Serra Talhada, com 92,10 candidatos por vaga e, em terceiro, medicina em Garanhuns, com 84,25. No sistema de cotas do vestibular o mais disputado foi o curso de direito em Camaragibe com 149,75 feras concorrendo a uma vaga, seguido do curso de medicina em Serra Talhada com 117,50 candidatos por vaga e, em terceiro, o de odontologia em Arcoverde com 86,50.

Na terceira fase do Sistema Seriado de Avaliação (SSA) o curso mais concorrido entre os não-cotistas foi o de Direito em Camaragibe com 66,80 candidatos por vaga. Na segunda colocação ficou medicina em Serra Talhada, com 30,17. E na terceira posição, direito em Arcoverde candidatos por vaga 20,10. Entre os cotistas o mais disputado foi o de Direito do campus da UPE em Arcoverde com 54,00 candidatos por vaga. Em segundo lugar veio direito em Camaragibe, igualmente com 54,00 candidatos por vaga e, em terceiro, o de medicina em Serra Talhada, com 37,50.

 

 

UPE decreta sete dias de luto por morte de Tota Figueira


totaA reitoria da Universidade de Pernambuco (UPE) decretou sete dias de luto pela morte do diretor da Faculdade de Ciências Médicas, mastologista Antônio Figueira, ocorrida nesta segunda-feira (20/07). O corpo ainda está no Hospital Memorial São José, no Recife, onde o médico tratava um quadro infeccioso.

“O Brasil perdeu uma grande referência. Antônio Figueira foi o primeiro brasileiro a dirigir a Sociedade Internacional de Mastologia. Era um humanista, referência no ensino e no tratamento do câncer de mama”, enfatizou Ênio Cantarelli, ex- diretor do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc) e colega de turma do mastologista.

Para a médica Carla Limeira, diretora do Centro de Oncologia do Huoc, Antônio Figueira deixou um legado enorme, tanto para a mastologia, quanto para o ensino médico. Ele também era consultor científico do Instituto Materno Infantil de Pernambuco (Imip), instituição que foi fundada pelo seu tio, Fernando Figueira. Tota era viúvo, deixa quatro filhos e quatro netos.

Com informações do JC Online. 

 

 

UPE divulga lista do 5º remanejamento da segunda entrada


fb2f23e04fbb0dc38a2620ee3aec952bA Universidade de Pernambuco (UPE) divulgou, nesta sexta-feira (10), o resultado do 5º  remanejamento do Processo de Ingresso 2015 para a segunda entrada. No total, 96 candidatos foram remanejados, sendo: 53 no Vestibular e 43 no Sistema Seriado de Avaliação (SSA3). Os remanejados deverão realizar as matrículas no próximo dia 15, nos locais determinados no Edital. Aqueles que não efetivarem suas matrículas nessa data serão eliminados automaticamente.

Para os candidatos aprovados para os campi Benfica, Camaragibe e Santo Amaro, as matrículas serão realizadas, no horário das 8h às 13h, no Pátio de Convivência da Reitoria da UPE, situado na Rua Tupinambás, s/n, Santo Amaro. Já os candidatos classificados nos cursos oferecidos no Interior deverão se dirigir às unidades correspondentes aos cursos ao qual se inscreveram.

No ato da matrícula, o candidato deverá apresentar duas fotos 3×4 atualizadas, e ainda, original e fotocópia ou, apenas, cópia autenticada dos seguintes documentos: RG, CPF, certidão de nascimento ou casamento, título de eleitor e comprovante de votação. Para homens, prova de quitação do Serviço Militar, se maior de 18 (dezoito) anos.

Também será necessário apresentar certificado de conclusão do ensino médio com respectivo histórico escolar. Para o cotista, o histórico escolar deve comprovar que estudou os três anos do ensino médio e os anos finais do 6o ao 9o (antiga 5ª a 8ª séries) do ensino fundamental em escola pública estadual ou municipal do Estado de Pernambuco.

NE/10

 

 

Inscrições abertas para cursos das Escolas Técnicas Estaduais


São 3.510 vagas disponíveis, sendo 70% (2.457 vagas) oferecidas para alunos de escolas públicas Foto: Hélia Scheppa/Acervo JC Imagem

São 3.510 vagas disponíveis, sendo 70% (2.457 vagas) oferecidas para alunos de escolas públicas – Foto: Hélia Scheppa/Acervo JC Imagem

JC Online

Até o dia 16 de julho, estudantes que já concluíram o ensino médio podem se inscrever para os cursos das Escolas Técnicas Estaduais. São 3.510 vagas disponíveis, sendo 70% (2.457 vagas) oferecidas para alunos de escolas públicas.   O único meio para se inscrever é o site Secretaria de Educação do Estado, www.educacao.pe.gov.br. O exame é realizado por meio da Secretaria Executiva de Educação Profissional. Os candidatos que não possuírem acesso à internet pode contar com um local de apoio nas escolas técnicas, das 10h às 12h, de segunda a sexta, exceto feriados. Não há taxa de inscrição.

Os cursos estão distribuídos em 23 Escolas Técnicas Estaduais, em 21 cidades pernambucanas. Cinco instituições ficam no Recife. Os cursos oferecidos são administração; manutenção e suporte de informática; redes de computadores; segurança do trabalho; logística; eletrotécnica; eventos; comércio; meio ambiente; enfermagem; prótese dentária; saúde bucal; análises clínicas; comunicação visual; química; edificações; modelagem do vestuário; e agropecuária.

As provas objetivas terão questões de matemática e língua portuguesa, com questões de múltipla escolha. Os exames acontecem entre os dias 20 e 27 de julho. O resultado do concurso deve começar a ser divulgado no dia 30 de julho, com matrículas abertas a partir do dia 31 deste mês. Os resultados vão ser disponibilizados no site da Secretaria de Educação.

Para realizar a matrícula, os alunos precisam levar Ficha 19 (histórico escolar do ensino médio), certidão de nascimento, carteira de identidade (original e cópia) e CPF (original e cópia). Eles também devem preencher a ficha de matrícula fornecida pela instituição, solicitando a matrícula. As aulas nas Escolas Técnicas Estaduais estão programadas para iniciar em 19 de agosto.

O edital pode ser conferido neste link

Programa de Línguas e Informática da UPE abre inscrições na segunda-feira


upenetA Universidade de Pernambuco abre nesta segunda-feira (6) as inscrições para o seu Programa de Línguas e Informática (Prolinfo).  Qualquer pessoa pode se inscrever nos cursos de inglês, espanhol,português, informática e computação gráfica por meio do site www.prolinfo.com.br. Para este semestre, são 6 mil vagas ofertadas. O Prolinfo não cobra mensalidades, apenas uma taxa para a matrícula, que é válida para o semestre letivo. A taxa é de R$ 220 para todos os cursos, com exceção de computação gráfica, cujo investimento é de R$ 320.

O material didático é gratuito e é disponibilizado para download antes do início das aulas. Há turmas de segunda-feira a sábado, oferecidas das 7h30 às 19h30, com três horas de aulas semanais. O Prolinfo está presente atualmente nas cidades do Recife, Nazaré da Mata, Camaragibe, Garanhuns e Petrolina. Os cursos de inglês, espanhol e português são oferecidos em todos os municípios, sendo que informática e computação gráfica são ministrados apenas na capital pernambucana. Para informações sobre horários, níveis,locais de oferta e teste de nivelamento os interessados devem procurar no edital de matrículas,também disponível no site do Prolinfo.

Contatos Prolinfo/UPE

(81) 3033.7384 / 3033.7385 (Campus Recife)

(81) 9219.8803 (Campus Mata Norte)

(87) 3761.8228 (Campus Garanhuns)

(87) 3866.6484 (Campus Petrolina).

 

Com informações da assessoria

 

Terminou neste domingo (21) o 40º Congresso da União dos Estudantes de Pernambuco (UEP)‏


DSC_3783Terminou neste domingo (21) o 40º Congresso da União dos Estudantes de Pernambuco (UEP), realizado de 19 à 21 de junho, em Garanhuns, agreste do Estado. Uma nova diretoria foi eleita e a presidência ficou com a estudante do curso de Dança da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Flor Ribeiro.  Com 23 anos de idade, Flor já foi do Diretório Acadêmico (D.A) IDENTIDADE – Enfermagem UPE, da direção de cultura do DCE UPE, presidente do DCE UPE e também diretora de políticas educacionais e diretora do CUCA Pernambuco durante a gestão da UEP 2013-2015.

O site do congresso recebeu mais de 600 inscrições, e a diretoria da entidade diz que mais de 500 estiveram presentes. Os estudantes universitários saíram de diversas partes de Pernambuco em direção a Garanhuns, no último dia 19. A mesa de abertura e a plenária final aconteceram no auditório do Sesc Garanhuns, que ficou lotado nos dois dias. No dia 20 os grupos de debate, as apresentações dos mais de 30 trabalhos científicos, as oficinas e todos os trabalhos do 40º Congresso da UEP foram na Universidade de Pernambuco (UPE), no campus Garanhuns. Os estudantes ficaram alojados na Escola Professor Antônio Gonçalves Dias CAIC.

DSC_3799Muitos temas foram debatidos sobre educação e seus pilares, como a pesquisa científica dentro das instituições, a questão da permanência do estudante do âmbito escolar, além de temas sociais, como o transporte público e a cultura e a arte. Grande nomes participaram do evento, como Hercília Melo, da ANPG, o secretário de Cultura de PE, Marcelino Granja, o presidente do Sinpro, Helmiton Bezerra, o deputado estadual, Aluísio Lessa, a presidente da UNE, Carina Vitral e a deputada federal, Luciana Santos.

A nova gestão deve comandar a UEP durante o biênio 2015-2017. Confira as metas estabelecidas pela nova gestão no http://congressodauep2015.com.br/.

 

 

Assembleia aprova Passe Livre estudantil e progressões para servidores


06.19-PLENARIA-JB-181-de-2572-300x200A Assembleia Legislativa de Pernambuco aprovou em Primeira e Segunda Discussão, durante Reuniões Plenárias Extraordinárias realizadas ontem, o projeto de lei que cria o Passe Livre paraestudantes de unidades da rede estadual, localizadas na Região Metropolitana do Recife. Ainda durante votação das matérias, o Plenário concedeu pareceres favoráveis a propostas que garantem progressões de carreira para professores do Estado e servidores do Poder Judiciário. Todos os textos foram acatados por unanimidade.

O Projeto de Lei nº 278/2015, do Poder Executivo, que institui o Passe Livre Estudantil no serviço metropolitano de transporte público coletivo, assegura a gratuidade aos alunos do Ensino Fundamental, Médio e Técnico, matriculados na rede estadual, com frequência comprovada, e aos cotistas da Universidade de Pernambuco (UPE). O valor creditado no VEM será correspondente a até 44 viagens mensais para cada pessoa, conforme a tarifa do anel A. O benefício será estendido, ainda, aos acompanhantes de estudantes com deficiência.

Durante a Reunião Plenária, o líder da Oposição,Sílvio Costa Filho (PTB), retirou de pauta emenda de sua autoria, que estendia o benefício aos cotistas da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia em Pernambuco (IFPE) e Programa Universidade Para Todos (Prouni). “Estamos fazendo um encaminhamento ao governador Paulo Câmara para que possa atender a esta demanda e enviar um projeto de lei com estas alterações”, justificou.

O líder do Governo, Waldemar Borges (PSB), afirmou que, por gerar gastos adicionais para o Estado, a emenda seria inconstitucional. “Certamente há outros que necessitam desse tipo de ajuda, mas há limites para a despesa. A proposta original só beneficia mesmo os alunos vinculados à rede estadual”, observou.

Ainda referente à área educacional, o Projeto de Lei Complementar nº 293/2015, do Poder Executivo, recebeu parecer favorável na Alepe. O texto garante até três progressões horizontais automáticas, no exercício de 2015, para os servidores do quadro do sistema estadual de Educação e Esportes. Elas ocorrerão nos meses de junho, agosto e outubro, de acordo com critérios que serão definidos em decreto, a ser elaborado em até 30 dias, a partir da publicação da nova norma. A matéria estabelece, ainda, gratificação para professores que atuam no sistema prisional.

Também acatado no encontro de ontem, o Projeto de Lei Ordinária nº 292/2015, do Poder Judiciário, assegura e estabelece princípios para a progressão funcional dos servidores do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e aumenta em 8% o vencimento base dos cargos comissionados, além de reajustar gratificações e auxílios.

A iniciativa viabiliza ainda a criação de uma remuneração única, com a incorporação das gratificações de exercício e incentivo à produtividade ao vencimento base. Outra matéria do Poder Judiciário aprovada pelo Parlamento foi o Projeto de Lei Complementar nº 291/2015. A proposição reduz a diferença entre os subsídios dos juízes de primeira entrância (Interior) e terceira (Capital), de 10% para 5%, de forma escalonada, até 2017. Durante as Reuniões Extraordinárias, foram acatadas, ao todo, 19 proposições.

O líder do Governo, Waldemar Borges (PSB), afirmou que, por gerar gastos adicionais para o Estado, a emenda seria inconstitucional. “Certamente há outros que necessitam desse tipo de ajuda, mas há limites para a despesa. A proposta original só beneficia mesmo os alunos vinculados à rede estadual”, observou.

Ainda referente à área educacional, o Projeto de Lei Complementar nº 293/2015, do Poder Executivo, recebeu parecer favorável na Alepe. O texto garante até três progressões horizontais automáticas, no exercício de 2015, para os servidores do quadro do sistema estadual de Educação e Esportes. Elas ocorrerão nos meses de junho, agosto e outubro, de acordo com critérios que serão definidos em decreto, a ser elaborado em até 30 dias, a partir da publicação da nova norma. A matéria estabelece, ainda, gratificação para professores que atuam no sistema prisional.

Também acatado no encontro de ontem, o Projeto de Lei Ordinária nº 292/2015, do Poder Judiciário, assegura e estabelece princípios para a progressão funcional dos servidores do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e aumenta em 8% o vencimento base dos cargos comissionados, além de reajustar gratificações e auxílios.

A iniciativa viabiliza ainda a criação de uma remuneração única, com a incorporação das gratificações de exercício e incentivo à produtividade ao vencimento base. Outra matéria do Poder Judiciário aprovada pelo Parlamento foi o Projeto de Lei Complementar nº 291/2015. A proposição reduz a diferença entre os subsídios dos juízes de primeira entrância (Interior) e terceira (Capital), de 10% para 5%, de forma escalonada, até 2017. Durante as Reuniões Extraordinárias, foram acatadas, ao todo, 19 proposições.

 

 

Com Informações da Assessoria.

Sai edital de concurso para professor da UPE


As oportunidades são para auxiliares, assistentes e adjuntos (Foto.UPE/Divulgação)

As oportunidades são para auxiliares, assistentes e adjuntos (Foto.UPE/Divulgação)

A Universidade de Pernambuco (UPE) abriu concurso público para docentes. No Diário Oficial do Estado desta terça-feira (16), saiu o edital de abertura do processo seletivo que oferece 52 vagas para a função. As inscrições já estão abertas e devem ser realizadas presencialmente no horário das 8h às 12h e das 14h às 16h. O prazo vai até o dia 15 de julho de 2015. Uma taxa de participação no valor de R$ 180 é cobrada ao interessado. O processo seletivo é válido por dois anos após a homologação do resultado final, prorrogáveis por igual período. São várias as especialidades.

Vencimentos

Para os educadores auxiliares, o vencimento inicial é de R$ 2.791,20; para os assistentes, de R$ 3.554,29; e para os adjuntos, de R$ 4.638,02. Há, ainda, gratificações por titulação de 15%, 25% e 50% respectivamente. O candidato nomeado pode pedir regime de dedicação exclusiva. Nesse caso, há acréscimo de R$ 2.095, R$ 2.670 e R$ 3.480 em gratificações aos auxiliares, assistentes e adjuntos concomitantemente.

Etapas

Os candidatos passarão por várias etapas. De caráter eliminatório, haverá provas escritas e didática (onde o concorrente deverá apresentar uma aula expositiva. De caráter classificatório, haverá o plano de trabalho e avaliação de títulos.

UPE
Vagas: 52
Cargo: professor
Nível: superior
Salário: de R$ 2.791,20 a R$ 8.118,02
Inscrições: de 16/06/2015 até 15/07/2015
Taxa: R$ 180
Prova: indefinidas (cronograma a ser divulgado a partir de 17/08/2015)
Mais informações: www.upe.br/portal/concursos/academicos/

Resultado final de concurso público de Garanhuns é divulgado em site


CONCURSOG1PE

Foi divulgado o resultado final do concurso público 2015 para o provimento de 253 vagas em Garanhuns, Agreste de Pernambuco. A prova de título foi realizada em 23 de março. A convocação para nomeação seguirá a ordem de classificação dos aprovados. Estes serão avisados mediante o recebimento de correspondência com Aviso de Recebimento (AR), no endereço informado no formulário de inscrição para o certame.

“Os nomeados serão regidos pelo Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos do Estado de Pernambuco – conforme a Lei número 6.123/1968 e suas alterações, exceto os nomeados para os cargos de Guardas Municipais – regidos pela Lei Municipal número 3.926/2013 do Estatuto e Regimento Disciplinar da Guarda Municipal de Garanhuns”, conforme esclarece a assessoria de imprensa da prefeitura.

O resultado e a lista de documentos necessários para o ato de nomeação estão disponíveis no site www.upenet.com.br - da Universidade de Pernambuco (UPE). O concurso terá dois anos de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

 

 

 

UPE reabre inscrição em concurso a partir de hoje


As inscrições são presenciais

As inscrições são presenciais

Blog dos Concursos

As inscrições no concurso público de provas e títulos para professor assistente e adjunto do quadro de pessoal da Universidade de Pernambuco (UPE) serão reabertas a partir de hoje (25) até o dia 25 de junho. A seleção visa o preenchimento de oito vagas ociosas do edital inicial da Portaria SAD/UPE nº 18, de 13 de março de 2015, que oferecia 49 oportunidades. Para participar, os interessados devem se inscrever presencialmente em uma das unidades de ensino onde há vagas (campi Mata Norte, Petrolina ou Benfica) no horário das 8h às 12h e das 14h às 16h, em dias úteis.

A previsão é que as provas tenham início no dia 27 de julho, de acordo com o local e cronograma definido por cada unidade. A taxa de inscrição custa R$ 180. O resultado final do concurso será divulgado a partir de 31 de agosto.

Acesse o novo edital (Portaria Conjunta SAD/UPE nº38, de 21 de maio de 2015) aqui. Acesse o edital inicial (Portaria SAD/UPE nº 18, de 13 de março de 2015) aqui.

 

 

Professores, alunos e servidores fazem greve de 24h na UPE


Alunos da Poli fizeram um protesto na semana passada para denunciar problemas na universidade Foto: Divulgação DA

Alunos da Poli fizeram um protesto na semana passada para denunciar problemas na universidade – Foto: Divulgação DA

Não haverá aula nesta quarta-feira nas unidades acadêmicas da Universidade de Pernambuco (UPE). Os ambulatórios dos três hospitais ligados à instituição – Oswaldo Cruz e Procape, em Santo Amaro, e Cisam, na Encruzilhada, todos na capital – estarão fechados. Suspender as atividades por 24 horas foi a maneira que alunos, professores e servidores encontraram para denunciar problemas como déficit de pessoal, infraestrutura precária e contigenciamento de recursos por parte do governo estadual.

Uma passeata sai do Oswaldo Cruz, por volta das 10h, em direção ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Poder Executivo, no bairro de Santo Antônio, Centro do Recife. Lá, representantes do Sindicato dos Servidores, Associação dos Docentes e Diretório Acadêmico dos Estudantes entregarão ao governo uma pauta de reivindicações. “Com o orçamento que a UPE tinha até o ano passado (R$ 24 milhões) já estava difícil se manter, imagine agora com os cortes prometidos pelo Estado. Não podemos permitir que a universidade fique ainda mais sucateada”, diz a presidente do DCE, Thaynnara Queiroz.

Saiba mais AQUI.

 

Convocado o 40° Congresso da União dos Estudantes de Pernambuco


Logo UEPFoi convocado o 40° Congresso da União dos Estudantes de Pernambuco – Cândido Pinto (UEP), entidade que representa os estudantes do Estado na busca por uma educação de qualidade. Fundada em 1944, a UEP comemora em 2015 os 10 anos da reconstrução da União, que em 1984 se desintegrou, voltando a ressurgir em 2005. O ato deve reunir grandes nomes que passaram pelo movimento, como a atual presidente da UNE, Vic Barros.

Nos últimos anos a UEP obteve conquistas como o Prouni Municipal, o Passe Livre Municipal, a participação em audiências na Assembleia Legislativa sobre o Plano Estadual de Assistência Estudantil, o aumento no número de bolsas para o Proupe, de 9.000 para 12.000, entre outras.

“Se você é estudante universitário pernambucano, precisa está por dentro de grandes batalhas que ainda estão por vir. Durante a última gestão, nós priorizamos a Reforma Política Democrática, por acreditar que o sistema atual é excludente e que ele propicia a corrupção através do financiamento empresarial de campanha. É preciso que os estudantes se posicionem politicamente e estejam cada vez mais inseridos na construção de um país democrático”, salientou a atual presidente – Melka Pinto.

 

 

Ônibus universitário de Vitória: futuro incerto!


onibus vitoria universitarioPor Elias Martins

Uma ideia plantada a forcepes pelo então prefeito da Vitória de Santo  Antão José Aglailson (PSB), em 2002, com recursos utilizados indevidamente da conta do FUNDEB, para a compra de 09 ônibus, que inegavelmente contribuiu com a evolução de muitos vitorienses.              Cabia punição pelo utilização indevida de recursos, mas o Ministério Público só aplicou um TAC – Termo de Ajuste de Conduta.

Esse assunto já foi e continua sendo uma rinha de debates, os mais acalorados, em especial pelos verdadeiros usuários do sistema.

Muitas distorções existem ainda hoje, apesar de atitudes mais justas tomadas pela atual administração em anos não eleitoreiros, onde só aí é que vê o tamanho do custo desse sistema da forma como é administrado.

Aos nove ônibus adquiridos por José Aglailson, foram adicionados mais dois (alguns dizem 4) em 2012 pelo atual prefeito de Vitória Elias Lira (PSD).  O problema está no sucateamento da frota, quanto mais velha, mais cara sua manutenção, e manutenção nunca foi o forte do Governo Aglailson, e na mesma linha segue o de Elias Lira.   Se partirmos da premissa de que são necessárias reposições no mínimo a cada 03 anos, poderia se ter feito uma programação ao longo dos últimos doze anos, onde hoje o ônibus mais velho teria seis anos de uso.

Temos aí um problema que praticamente pouco se discute: SEGURANÇA!  Quantas histórias de rodas quebrando, batidas, quebraduras nos percursos seja de ida ou de volta, sobretudo na rodovia BR 232.

Outro e maior problema está no perfil dos usuários. Tirando os legítimos Universitários (sem condições de arcar com os custos de transporte), temos: Trabalhadores da metropolitana, Alunos de Ensino Fundamental, Médio e Superior, pagos (cursos disponíveis em nossa cidade) que estudam em escolas da Elite na Capital, Universitários cujos pais pagam com recursos próprios mensalidades pomposas pela educação de seus filhos.  Trabalhadores que usam o sistema são prejuízos em dobro para o Município (perda de ICMS + custo transporte); Do Ensino Fundamental, Médio e Superior, pagos (cursos disponíveis em nossa cidade) estão desestimulando maiores investimentos dos empresários do ramo.

Em 2014, diante de uma projeção inicial de R$ 770.000,00, foram gastos R$ 804.983,38 com Ensino Superior (leia-se Ônibus Universitário).   Para esse ano estão  projetados R$ 777.450,00 dos quais, R$ 657.000,00 para combustível e R$ 120.450,00 para manutenção.  Cadê o custo de Motoristas?  Estima-se R$ 370 mil ano.

São hoje algo em torno de 10 ônibus com capacidade legal de 440 pessoas sentadas.  Com um sistema de transporte mais esquisito ainda – os 10 veículos percorrem algo em torno de 800 km diários. Vão pra Recife no início da manhã e voltam vazios para fazer o segundo percurso as 11h30, voltando com o pessoal da manhã, vão com pessoal da noite, voltando com o pessoal da tarde, fazendo a ultima viagem do dia, seguindo vazio para Recife e voltando com os estudantes da noite.

Quatro viagens diárias representariam algo em torno de 1.300 alunos dia. Pelas lotações estima-se algo em torno de 2.000.    A pergunta é: Temos esse volume de universitários carentes na cidade?  Os Grupo Escolar Aglaires, CAIC e Escola Rotary representaram 1.954 alunos nos dois turnos em 2014.

Por fim, é necessário pedir algo em troca aos Universitários, que compense parte dos gastos do Poder Público com todo este volume de recursos para encaminhá-los ao mundo profissional.        Por enquanto, só presenciamos cobranças por parte dos estudantes.

É interessante lembrar que essas atitudes de apoio são discricionárias ao Poder Público –  Livre de Condições, a ele cabe decidir fazer ou não, pois o recursos utilizados são Próprios do Tesouro Municipal – Não existe nenhum recurso Federal ou Estadual atrelado à este Programa.

                Querem transformar isso em Lei – Acho improvável.

                Acredito em outra solução, com compromisso de ambas as partes.

 Martins Colunista

 

Por Elias Martins, colunista do Blog.

 

 

 

 

Provas para delegado da PCPE ocorrem neste domingo


Blog dos Concursos

ConcAs avaliações objetivas do concurso público para delegado da Polícia Civil do Estado (PCPE) ocorrem neste domingo (26) em Recife e na Região Metropolitana (RMR). Para conferir o local de provas, o candidato precisa acessar o site do Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco (IAUPE/ UPENet): www.upenet.com.br.

São oferecidas 100 oportunidades para a função, que exige, entre outros requisitos, bacharelado em Direito em instituição de nível superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração inicial é de R$ 9.069,81.

PCPE
Vagas: 100
Cargo: delegado
Nível: superior
Salário: R$ 9.069,81
Prova: 26/04/2015
Mais informações: www.upenet.com.br.

 

 

Página 2 de 1712345...10...Última »