Arquivos da Tag: TRE

TRE-PE barra uso de imagem de Campos

Blog da Folha

Pouco mais de uma hora antes da propaganda eleitoral gratuita ir ao ar, na tarde desta quarta-feira (20), o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) concedeu liminar favorável à família do ex-governador de Pernambuco e presidenciável Eduardo Campos (PSB), que deseja barrar o uso da imagem do socialista nos programas de rádio e televisão dos candidatos de outras coligações e partidos. O mandado de segurança foi impetrado em nome de Renata Campos e de seus cinco filhos: Maria Eduarda, João Henrique, Pedro Henrique, José Henrique e Miguel Campos.

“Defiro o pedido de liminar pleiteado, para determinar a suspensão imediata, in continenti, de toda a veiculação da imagem, nome, voz e demais valores inerentes à personalidade de Eduardo Campos na propaganda eleitoral de rádio e televisão dos candidatos, partidos e coligações requeridas”, diz o desembargador Alfredo Hermes Barbosa, em sua decisão. O magistrado ainda fixou multa de R$ 3 mil por cada ato de descumprimento. A equipe de comunicação do senador Armando Monteiro Neto (PTB), que encabeça a coligação Pernambuco Vai Mais Longe, informou que, pelo horário em que foi concedida a liminar favorável, o grupo não teria tempo hábil para mudanças.

TRE inaugura nesta quarta-feira dois cartórios móveis

Blog do Inaldo Sampaio

O Tribunal Regional Eleitoral vai inaugurar nesta quarta-feira, (20/08), às 10 horas da manhã, na sua antiga sede na Avenida Rui Barbosa, no Recife, dois cartórios móveis. A finalidade desses cartórios, segundo o presidente da Corte, desembargador Fausto Campos, é facilitar a vida dos eleitores no recadastramento biométrico. Os cartórios funcionarão em dois ônibus adaptados, cada qual com quatro kits biométricos, com capacidade para atender a cerca de 100 eleitores por dia.

O serviço, no entanto, só estará disponível a partir de 3 de novembro de 2014, data em que o sistema de cadastro eleitoral reabrirá após as eleições de 5 de outubro. Além da revisão biométrica, serão disponibilizados os mesmos serviços dos cartórios fixos: emissão do primeiro título, revisão de dados eleitorais (troca de nome, endereço, etc.), transferência eleitoral, segunda via de título, emissão de certidões eleitorais (certidões de quitação eleitoral, crimes eleitorais, filiação partidária) e outros.

Também será possível realizar consultas de processos e procedimentos eleitorais. Em Pernambuco, existem 151 cartórios eleitorais distribuídos em 123 cidades. Em 61 cidades não existe cartório eleitoral e o eleitor desses locais precisa se deslocar a outra cidade para ser atendido. Com o cartório móvel, será possível atender aos eleitores em seus próprios municípios, bairros ou vilarejos em períodos pré-determinados.

Presidente do TSE nega pedido para adiar início da propaganda eleitoral

(Material de campanha de Eduardo Campos foi retirado das ruas. Fernando Frazão/ Agência Brasil)

Agência Brasil

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dias Toffoli, rejeitou hoje (14) pedido do candidato à Presidência da República Eduardo Jorge (PV) para a adiar o início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, prevista para começar na terça-feira (19). Na decisão, Toffoli afirmou que não é possível adiar o início da propaganda com base em um pedido individual de um candidato ou coligação.

“Em que pese a relevância das razões apresentadas, não há como postergar o início da propaganda gratuita, pois a matéria é estabelecida pela legislação eleitoral e não por ato de vontade da Justiça Eleitoral”, decidiu. Mais cedo, em entrevista coletiva, o presidente do TSE já tinha adiantado que o pedido não prosperaria e que o adiamento depende de consenso entre as coligações que disputam a Presidência da República.

No pedido, protocolado no início da noite, Eduardo Jorge alegou que o adiamento é necessário para permitir que a coligação de Eduardo Campos possa adaptar os programas que seriam veiculados. Campos morreu ontem (13) em acidente aéreo no litoral paulista.  “Essa medida significa respeito ao luto das famílias atingidas pela tragédia e ao pesar do povo brasileiro. Podemos ter, assim, um intervalo necessário para se dar início ao debate político tão essencial à nossa democracia”, defendeu o candidato.

Prazo para solicitar voto em trânsito termina na próxima semana

Agência Brasil

O prazo para o eleitor que pretende votar fora de sua cidade nos dias 5 e 26 de outubro, primeiro e segundo turno das eleições gerais, fazer o pedido à Justiça Eleitoral termina no dia 21 de agosto. O voto em trânsito permite que ele vá às urnas em municípios com mais de 200 mil eleitores, mas só para escolher o presidente da República.

Para estar apto a votar em outra cidade, o eleitor deverá procurar o cartório eleitoral, indicando onde estará no dia da votação. Para fazer o pedido, é preciso levar um documento oficial com foto. Após o cadastramento, o cidadão fica impedido de votar na seção de origem, mas poderá pedir o cancelamento até o fim do prazo. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, 86 cidades terão voto em trânsito.

A lista das cidades pode ser verificada na página do tribunal na internet.

Confira os 10 candidatos mais ricos de Pernambuco

Cláudia Ferreira – Esp. para o Diario de Pernambuco

Se nas pesquisas de intenção de votos ao governo de Pernambuco Armando Monteiro Neto (PTB) aparece com larga vantagem sobre seu principal adversário, Paulo Câmara (PSB), no quesito patrimônio, não tem para ninguém. Detentor da maior fortuna em bens declarados ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), o petebista poderia considerar-se vencedor se a disputa dependesse apenas de seu poder aquisitivo.

Depois de Armando, o ranking dos 10 mais ricos entre os 760 candidatos registrados em Pernambuco é composto por nomes que concorrem à eleição proporcional. Há quatro representantes socialistas e apenas dois petebistas. Duas lideranças da Zona da Mata Norte do estado figuram na relação em lados opostos, mas possuem em comum o hábito de guardar em casa grandes quantias em dinheiro vivo.

(Ilustração / Reprodução/ Diário de Pernambuco).

 

Número de candidatos nas eleições cresce 120% em 20 anos

(R7) – As Eleições 2014 devem contar com 25 mil candidatos, mais do que o dobro (120%) das 11.378 pessoas que se candidataram a cargos públicos nas eleições de 1994, 20 anos atrás. No mesmo período, o número de eleitores cresceu 50%, de 95 milhões para 142,8 milhões. O maior crescimento no número dos candidatos é entre os que disputam vagas na Câmada Federal — o número de candidatos a deputado federal subiu de 3.008, em 1994, para 7.018 neste ano, num aumento de 133%. Para os cargos majoritários de presidente e governador, contudo, a variação é muito pequena.

O crescimento no número total de candidatos se deve, entre outros fatores, ao aumento da relevância regional dos partidos políticos, segundo Roberto Gondo, professor do Mackenzie e presidente da Politicom. Segundo ele, hoje há mais partidos interessados a montar uma lista de candidatos do que durante a década de 1990. Além disso, “pode haver um número maior de cidadãos que queiram fazer uso das candidaturas federais e estaduais para se fortalecer nas candidaturas do município”, dois anos depois.

Saiba mais AQUI.

TSE mantém mandato de Julio Lossio

(Foto: Marcio Souza / A Voz da Vitória).

Blog da Folha

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reverteu, nesta terça-feira (5), a cassação do prefeito de Petrolina, no Sertão, Julio Lossio (PMDB). O peemedebista foi acusado de conduta vedada a agente público nas eleições de 2012 para a Prefeitura do município. Por unanimidade, os ministros consideraram que não houve entrega de lotes em evento, promovido em maio daquele ano, em que o gestor assinou lei de regulamentação fundiária no município.

A ação contra o prefeito foi movida pelo PSB municipal, que afirmou que Lossio teria prometido e distribuído lotes a eleitores em evento com o intuito de favorecer sua futura candidatura à reeleição. De acordo com a ministra Laurita Vaz, relatora do recurso, não existe nos autos do processo prova de que o peemedebista “teria levado a cabo qualquer distribuição de lotes” no evento ou depois dele. Ao fornecer o recurso, a ministra disse que “para concluir-se, de fato, que ocorreram as condutas vedadas, é imprescindível a verificação quanto à ocorrência ou não de efetiva doação dos lotes”.

Paulo Victor é eleito para o TRE-PE

Blog da Roberta Jungmann

O juiz Paulo Victor Vasconcelos de Almeida foi eleito nesta segunda-feira (5) para tomar assento como desembargador no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE). A votação foi apertada. Após um empate com Maria Auri, houve uma recontagem de votos e ele levou por 22 a 21.

A eleição ocorreu em uma sessão extraordinária do Tribunal Pleno, na sala desembargador Antônio de Brito Alves, no Palácio da Justiça, e foi realizada porque chegou ao fim o primeiro biênio do desembargador eleitoral Junduhy Finizola da Cunha Filho. O juiz Paulo Victor irá tomar posse no TRE-PE no dia 3 de setembro.

Disque Denúncia Eleitoral já está disponível para a população

(Foto: Elza Fiúza / ABR)

A partir desta terça-feira (5), eleitores de todo o Brasil poderão denunciar irregularidades nas campanhas políticas por meio do Disque Denúncia Eleitoral. O serviço, que está em sua quinta edição e recebeu mais de 4 mil denúncias no pleito de 2012, encaminhará as denúncias à Procuradoria Regional Eleitoral.

As denúncias mais comuns nas eleições anteriores foram relacionadas à propaganda irregular e ao uso de bens públicos na campanha, com muitas delas evoluindo para processos judiciais. A maioria das ligações foi feita da cidade de São Paulo, mas também houve participação de cidades do interior e de outros Estados.

“Neste ano, por serem eleições gerais, acreditamos que teremos que responder a cerca de 10 mil questionamentos”, afirmou Mario Ernesto Humberg, primeiro coordenador geral do Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE), uma das entidades responsáveis pelo serviço. “Financiamento eleitoral é uma das principais fontes de corrupção do País. Esse é nosso esforço para diminuir um pouco os desvios, mas só será possível mudar a situação quando tivermos uma reforma política eleitoral”, acrescentou.

Para estas eleições, o serviço firmou parceria com a Associação de Bares e Restaurantes de São Paulo para uma divulgação mais intensa do Disque Denúncia. “O tema corrupção está muito forte na cabeça do eleitor. Estamos tentando aperfeiçoar o processo político, assim como fizemos com a Lei da Ficha Limpa. O poder público tem suas limitações e nós também temos que dar nossa contribuição”, ressaltou Luciano Santos, representante do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE).

O serviço faz uma triagem inicial das denúncias – feitas de forma anônima – antes de encaminhá-las à Procuradoria e o cidadão pode acompanhar o processo com um número de protocolo. O horário de atendimento do Disque Denúncia é de segunda a sexta-feira das 8h às 20h e aos sábados das 8h30 às 14h. Os telefones são 4003-0278 para capitais e regiões metropolitanas e 0800 881 0278 para demais regiões.

Do Estadão Conteúdo.

Ibope/TV Globo: Armando lidera com 43%, contra 11% de Paulo Câmara

Na disputa ao Senado, João Paulo também segue na frente, com 37%

Passado quase um mês da campanha nas ruas, Armando Monteiro (PTB) lidera com ampla margem a disputa pelo governo de Pernambuco. Pesquisa Ibope, divulgada pela TV Globo nesta quarta-feira (30), mostra que se a eleição fosse hoje Armando teria 43% dos votos, ou seja, 32 pontos percentuais acima do segundo colocado, Paulo Câmara (PSB), que registrou apenas 11%.

Os demais candidatos tiveram as seguintes pontuações: Zé Gomes (PSOL) aparece com 2%, Miguel Anacleto (PCB), Jair Pedro (PSTU) e Pantaleão (PCO), com 1% cada um. Brancos e nulos somam 19% e os entrevistados que não souberam ou não responderam, 22%.

Armando Monteiro, apesar de mais conhecido do eleitorado, é o candidato com a menor taxa de rejeição. Apenas 14% dos eleitores dizem rejeitá-lo, contra 20% de Paulo Câmara. Pantaleão tem 26%; Zé Gomes, 24%; Jair Pedro, 21%; e Miguel Anacleto, 19%. Os entrevistados que disseram que não rejeitariam nenhum dos candidatos totalizam 15%, e os que não souberam ou não responderam, 35%.

JOÃO PAULO LIDERA – Na corrida pelo Senado, o candidato da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, João Paulo (PT), também lidera a disputa contra o candidato Fernando Bezerra Coelho (PSB). Segundo a pesquisa Ibope, João tem 37% das intenções de voto, contra apenas 16% de Fernando Bezerra. Simone Fontana (PSTU) tem 3% e Albanise Pires (PSOL), 1%. Oxis (PCB) não alcançou o percentual mínimo. Os indecisos somam 25% e os que declaram que vão votar branco ou nulo são 17%.

Para Armando Monteiro, a pesquisa deve ser analisada com tranquilidade. “Recebemos com absoluta serenidade e com humildade, por entender que isso é o registro de um momento, mas ao mesmo tempo não posso deixar de dizer que é algo que nos estimula. Demonstra que estamos no rumo certo. Vamos intensificar o nosso trabalho, vamos aumentar cada vez mais esse contato com a população. Vamos seguir elevando o nível do debate, apresentando as nossas propostas ao povo de Pernambuco. Aguardando que, com o desdobramento da campanha, a gente também possa mostrar que o nosso projeto aponta para o futuro de Pernambuco”, comentou Armando.

A pesquisa Ibope/TV Globo ouviu 1.204 pessoas, entre os dias 26 e 28 de julho, em 57 municípios de todas as regiões de Pernambuco. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confianças é de 95%. O estudo foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o número PE-00012/2014.

 com informações da Assessoria.

 

Candidato pernambucano guarda quase R$ 4 milhões “embaixo do colchão”

(Marinaldo em comício na Mata Norte de Pernambuco. Foto: Henrique Paparazzo)

Blog do Jamildo

Assim como a presidente Dilma Rousseff (PT) afirma guardar em casa 152 mil Reais em espécie, o ex-prefeito de Timbaúba, na Mata Norte, e atual candidato a deputado federal Marinaldo Rosendo (PSB) declarou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) manter em casa a elevada quantia de 3,8 milhões de Reais. Apesar do hábito ter caído em desuso, face às alternativas para salvaguardar as “economias”, muitos políticos ainda recorrem à alternativa para acumular os bens. De fato, a cifra do deputado socialista, que disputa mandato na Câmara dos Deputados, salta aos olhos por causa dos zeros à direita.

Procurado pela reportagem para saber os motivos que o levaram a adotar tal hábito, o candidato informou – via assessoria – que não poderia atender a solicitação. “Marinaldo Rosendo está numa agenda corrida neste momento e a entrevista não será possível. O candidato não fará considerações sobre o assunto”, informou a nota. No início do ano, o ex-prefeito de Timbaúba licenciou-se do cargo para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. Ele é cotado como uma das promessas para sentar em uma das 24 cadeiras em Brasília.

Antes de se eleger prefeito da cidade, Marinaldo Rosendo era um “homem de negócios” e tinha participação em quase todas as empresas da cidade da Mata Norte. Ele estava à frente da distribuidora da Schincariol no Estado. Em 2008 e 2012, na declaração de bens para disputar uma vaga na prefeitura, o socialista foi o candidato a prefeito a declarar as maiores quantias. Iniciado na vida política pelas mãos do ex-governador Eduardo Campos (PSB), que disputa uma vaga para presidente da República, Marivaldo receberá o padrinho político no próximo domingo (3).

Eduardo irá a Timbaúba participar de um comício. O encontro terá participação da chapa majoritária da Frente Popular de Pernambuco – Paulo Câmara, Raul Henry e Fernando Bezerra Coelho – e do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Guilherme Uchoa, candidato à reeleição. De Timbaúba, o ex-governador e a comitiva da chapa majoritária em Pernambuco seguem para Caruaru, no Agreste do Estado.

Brasil tem 142.822.046 eleitores, diz o TSE

O Tribunal Superior Eleitoral informou nesta terça-feira que o eleitorado brasileiro cresceu 5,17% nos últimos quatro anos, saltando de 135.804.433 votantes, em 2010, para 142.822.046 eleitores, em 2014. Como das vezes anteriores, a região Sudeste é a que concentra o maior número de eleitores: 62.042.794 (43,44% do total). Em seguida vem a região Nordeste com 38.269.533 eleitores (26,80%), seguida pela região Sul com 21.117.307 (14,79%), a região Norte com 10.801.178 (7,57) e o Centro-Oeste com 10.238.058 (7,17%).

Com apenas 898 eleitores, a cidade de Araguainha (MT) tem o menor colégio eleitoral do país. Já São Paulo, com 8.782.406 eleitores, tem o maior colégio eleitoral em termos municipais. Segundo o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, a maioria do eleitorado brasileiro é formada por mulheres: 74.459.424 (52,13%). Os homens totalizam 68.247.598 (47,79%). Em 2010, as mulheres eram 70.252.943 (51.82%) e os homens, 65.282.009 (48,07%).

Com informações do Blog do Inaldo Sampaio.

Mulheres são a maioria entre os brasileiros aptos a votar, segundo TSE

(Público feminino representa 52,13% dos brasileiros aptos a votar. O perfil divulgado pelo TSE aponta ainda que o Sudeste concentra a maior parte da população que vai às urnas em outubro - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

Ana Pompeu – Correio Braziliense

André Shalders – Correio Web

O “eleitor padrão”, o mais comum no cenário brasileiro, é do gênero feminino, morador da Região Sudeste e tem entre 45 e 59 anos. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), são 74,5 milhões de mulheres aptas a votar este ano, o que corresponde a 52,13% do total. Houve um aumento de 5,81% em relação a 2010, quando elas eram 70,2 milhões.

A vendedora Eliana Silva, 50 anos, moradora de Brasília, está na faixa etária que engloba a maioria dos eleitores e se lembra da primeira vez que votou. Foi em 1982, ainda no regime militar, na primeira eleição direta para governador desde os anos 1960. Em 1989, ela participou da escolha presidencial. “Acompanhei a redemocratização e votar foi uma grande conquista”, conta.

Desde então, Eliane acredita que não foi apenas o perfil do eleitor que se modificou, mas a forma como a população percebe o sufrágio. “Mudou bastante no sentido da consciência na hora do voto. Agora, o cidadão sabe que um voto mal pensado provoca um resultado ruim lá na frente.” Para a vendedora, os anos de democracia deram experiência ao eleitor brasileiro.

Dos 513 deputados, só 398 estão em campanha à reeleição

Blog do Inaldo Sampaio

Segundo levantamento feito pelo DIAP (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar), dos 513 deputados federais eleitos em 2010 apenas 398 estão em campanha à reeleição. Além de ser a menor taxa de deputados que tentarão a reeleição em relação a outras eleições, a Câmara perderá personagens que há anos influenciam e comandam os destinos da Casa.

Estão fora da reeleição, entre outros, Inocêncio Oliveira (PR-PE), José Chaves (PTB-PE), José Augusto Maia (PROS-PE), Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), Beto Albuquerque (PSB-RS) e Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Gastos com campanhas crescem quase quatro vezes em 20 anos

(R7) – Os 11 candidatos que vão concorrer à Presidência da República registraram no início de julho o limite de despesas de R$ 916 milhões para as campanhas deste ano. Embora se trate de uma previsão, o número representa um aumento de 382% em relação à disputa de 1994, a primeira na qual empresas puderam financiar as campanhas, quando os oito postulantes ao Palácio do Planalto gastaram R$ 190 milhões em valores atualizados.

Entre 1994 e 2010, o custo das eleições presidenciais cresceu 85%, de R$ 190 milhões para R$ 352 milhões. Se comparado com a eleição de 1989, quando as doações de pessoas jurídicas eram proibidas por lei e 17 dos 22 candidatos registraram gastos de R$ 74 milhões em valores de hoje, o teto estipulado pelos partidos em 2014 representa um aumento de 1.138%. No mesmo período, o eleitorado brasileiro dobrou dos 70 milhões que foram às urnas em 1989 para 142 milhões aptos a votar no dia 5 de outubro.

Saiba mais AQUI.

Página 2 de 5012345102030...Última »