Arquivos da Tag: Stevam Rios

Após Reversão Tubária, mulher de Chã Grande conquista segundo bebê


Mônica Siqueira é destaque novamente no Blog A Voz da Vitória para marcar o nascimento de mais um filho após fazer a Reversão Tubária, procedimento pioneiro no interior de Pernambuco que possibilita que mulheres arrependidas de terem feito suas laqueaduras tenham condições de serem gestantes novamente

familia 02

Desde 2012 a vida de Maria Mônica da Silva Siqueira mudou. Hoje, com 38 anos, ela faz sonhos para o futuro de seus filhos, pelo qual é mãe de dois e após religar as trompas, vieram mais dois.  Mônica é casada com André Alves Siqueira, seu segundo casamento. Sua história como mãe parecia ter encerrado alguns anos atrás quando fez uma laqueadura, porém com o novo casamento, Maria Mônica desejava engravidar novamente, entretanto, com a “ligação das trompas” essa possibilidade era zero, pelo menos até então.

Naquele ano, ela procurou o Ginecologista e Obstetra Stevam Rios, no Centro Clínico da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata do Estado, descobrindo a possibilidade de sonhar novamente usando uma técnica avançada, denominada de Reversão Tubária, uma das especialidades desenvolvidas por Rios, pioneiro no interior pernambucano.

A reanastomose tubária (reconecção das tubas uterinas) é um procedimento realizado através de uma mini-laparotomia por um cirurgião especialista em Medicina Reprodutiva, como é o caso do médico do CECLIN. É removida a porção bloqueada e suturada novamente as duas extremidades, agora pérvias, das tubas uterinas. Por não conhecer o procedimento, a moradora de Chã Grande, no Agreste do Estado, pensou bastante antes de realizá-lo, tendo hoje a plena certeza de que foi uma das importantes decisões de sua vida.

“Estou muito feliz e posso dizer que essa é uma das melhores surpresas da minha vida. Graças a Deus, eu pude realizar meu sonho de ser mãe novamente e devo agradecer também ao Doutor Stevam. Hoje, estou realizada”, atestou a gestante.  Através da Reversão, Maria Mônica voltou a engravidar tendo o nascimento de José Alves (o primeiro filho nesta condição – Confira AQUI).

Atualmente, quase três anos depois, veio um segundo bebê ao mundo, resultado do êxito da Reversão Tubária que havia feito.  A menina nasceu no último dia 16 de março na Maternidade APAMI / Vitória, sendo o parto mais uma vez conduzido pelo Dr. Stevam Rios.

Obstetra fala do caso de Mônica e do aumento na procura pela Reversão Tubária. 

Tais fatos se somam aos outros registrados, conforme pode ser também conferido clicando AQUI. O número de Reversões Tubárias cresceu consideravelmente em Vitória de Santo Antão, segundo Stevam Rios. Em 2012, cerca de dez casos eram conhecidos na cidade. Contudo, em 2015, o médico registra 22 cirurgias deste tipo efetuadas.  “Tivemos um aumento muito relevante deste procedimento na região de Vitória. Essa ascendência se dá devido à sua eficiência. É uma operação que requer cuidados e para que isso ocorra a paciente deve estar gozando de boa saúde. Usamos materiais modernos e com isso temos a certeza de uma cirurgia segura”, salientou.

stevam rios

SERVIÇO

Centro Clínico da Vitória de Santo Antão – CECLIN

Dr. Stevam Rios: Obstetrícia, Ginecologia, Colposcopia, Citologia Oncótica, Reversão Tubária.

Rua Melo Verçosa, 306, Matriz – Vitória.

Fones: 81. 3523.6996 / 2874.

 

 

Leitora que conseguiu engravidar agradece ao Blog e ao Dr. Stevam Rios


Stevam-RiosLeitora do Blog, Mônica Bezerra dos Santos, conta seu relato a respeito do procedimento da Reversão Tubária feita pelo Ginecologista e Obstetra Stevam Rios, do Centro Clínico da Vitória de Santo Antão (CECLIN). Ela entrou em contato com a nossa redação e agilizou uma consulta com o médico. Hoje, após o sucesso da operação, ela agradece ao A Voz da Vitória e aos profissionais que lhe ajudaram, que foram os doutores Stevam Rios e Flávio Sodré.  A Reversão Tubária é um procedimento pioneiro no interior de Pernambuco que possibilita que mulheres arrependidas de terem feito suas laqueaduras tenham condições de serem gestantes novamente.

Meu nome é Mônica Bezerra dos Santos, tenho 35 anos e gostaria de contar um pouco da minha história. Aos 15 anos de idade engravidei da minha primeira filha, Nathaly Monik, já aos 17 anos engravidei da minha segunda filha Nathayany Graziella, e aos 19 anos engravidei do meu terceiro filho Erasmo Neto.  Quando saí da sala de parto, ainda inacordada, meu pai que não está mais entre nós, pediu ao médico para ligar minhas trompas. Chorei muito pois esta não era minha vontade.

Quando meu filho estava com 04 anos em 2004, comecei a fazer tratamentos e exames na maternidade da Encruzilhada – Recife, com Doutor Flávio Sodré. Então, após 02 anos de luta consegui marcar minha cirurgia para religar as trompas. Fiz todos os exames, passei por psicóloga, anestesista, e junta médica, e ninguém viu nada errado nos meus exames.  (…) Não quiseram me internar pois alegaram que eu estava com infecção urinária e por este motivo não iriam me operar. Fui arrasada para o carro e chorei muito. Deixei para lá este assunto por um bom tempo.

Em 2008, voltei a me consultar e me tratar novamente na Maternidade da Encruzilhada, então vi que tinha muita dificuldade, e meu ex-marido adoeceu e novamente desisti. Em 2012 voltei novamente a me tratar no hospital, mas o hospital começou uma obra absurda que nunca terminava e eles começaram a adiar todas as cirurgias marcadas e a botar as mais urgentes na frente. Logo em 2013, em uma consulta com Doutor Flávio Sodré, perguntei se ele fazia esta cirurgia particular e quanto custava. Ele falou que estava sem hospital para operar, foi quando o mesmo me indicou Doutor Stevam Rios.

stevam riosProcurei uma consulta com este doutor na Maternidade da Encruzilhada, mas como estava em reforma a agenda dele estava fechada. Foi quando pesquisando um consultório do Doutor Stevam Rios, encontrei ele no Blog A Voz da Vitória, e liguei para vocês, falei com o dono mesmo do blog que foi meu anjo da guarda, mas que infelizmente não lembro seu nome (neste caso foi Lissandro Nascimento).   Ele com muita paciência, atenção, e educação me deu o contato do consultório e, fez melhor, ligou para o doutor e ele marcou para a segunda feira próxima. Então, este anjo do Blog me ligou e fiquei muito feliz, agradecida, e tão ansiosa que nem via a hora de chegar esta bendita segunda-feira para esta consulta divina.

Chegando lá deixei marcada a minha cirurgia. Esta cirurgia me custou 10 dias de trabalho em uma festa de rua – a festa do Morro da Conceição, em Casa Amarela – Recife, pois trabalho lá no período da festa e foi o dinheiro mais suado e mais bem pago da minha vida.

Saí da festa do Morro da Conceição no dia 09/12/2013 e me operei no dia 13/12/2013. Foi o dia mais feliz da minha vida. Dia 21/12/2013 fui tirar os pontos e ele já mandou eu ir praticando para tentar ter bebê. Me operei na Apami em Vitória com Doutor Stevam Rios e Doutor Flávio Sodré. Vejam como é a vida…  Após tirar meus pontos, comecei a praticar e fui para minha revisão com Doutor Stevam na Ceclin em Vitória de Santo Antão, quando ele me mandou fazer um exame das trompas chamado Histerossalpingografia. Fiz o exame e foi a minha decepção, pois descobri que minhas trompas estavam obstruídas e sem mais esperanças.

Adiante, fui mostrar o exame a Dr. Stevam Rios e ao chegar ele me falou que minha cirurgia foi um sucesso, mas que minhas trompas tinham realmente obstruído, e que para eu engravidar só por um milagre. Deixei pra lá e fui viver minha vida!

Precisamente no dia 11 de outubro de 2014 minha menstruação veio 01 dia e foi embora, e no mês seguinte não veio mais. Não acreditei, mas estava realmente GRÁVIDA. E hoje escrevo para contar minha história, pois vocês participaram dela. Primeiramente Deus, segundo vocês e Doutor Stevam Rios e Doutor Flávio Sodré. 

Agradeço muito a vocês do A Voz da Vitória por ter me ajudado. E peço que vocês continuem  com este trabalho de humanidade com o próximo. (…) Sem mais, muito obrigado!

Hoje estou com a 15ª semana de gestação graças ao bom Deus e ao bom coração de pessoas como vocês”.

Mônica Bezerra dos Santos.

Saiba mais sobre a Reversão Tubária:

Vitória de Santo Antão pioneira em reversão tubária

 

reversaoANTES-645x483

 

 

No Carnaval, beijar na boca requer cuidados


Dr. Stevam Rios – Ginecologista e Obstetra do Centro Clínico da Vitória de Santo Antão (CECLIN), alerta com relação aos cuidados que o folião deve tomar a fim de evitar doenças que se tornaram corriqueiras na Festa de Momo.


Hoje é aniversário do Dr. Stevam Rios


O Ginecologista e Obstetra do Centro Clínico da Vitória de Santo Antão (CECLIN), Dr. Stevam Rios, completa nesta quarta-feira (19), mais um ano de vida. Stevam Rios vem há vários anos exercendo um excelente trabalho no Município, atendendo em seu consultório, localizado na Rua Melo Verçosa, nº 306, no Bairro Matriz da Vitória.

Especialista em Colposcopia e Citologia Oncótica, o ginecologista também realiza a Reversão Tubária, procedimento pioneiro no interior do Estado que possibilita que mulheres arrependidas de terem feito suas laqueaduras terem a condição de ser gestante novamente. Dr. Stevam Rios, através do Centro Clínico da Vitória, foi o primeiro empreendedor que acreditou no trabalho do projeto editorial do A Voz da Vitória, tornando-se um parceiro importante do nosso trabalho. No ano de 2009, Stevam Rios recebeu o título de Cidadão Vitoriense.

Nós que fazemos o A Voz da Vitória prestamos esta homenagem a este renomado médico em Vitória de Santo Antão e região, o qual tem muito a somar na sociedade vitoriense.

Parabéns!! Que esta data reproduza em dobro o sucesso até então alcançado.

Conheça a trajetória do Dr. Stevam Rios clicando AQUI.

 

Vitória de Santo Antão pioneira em reversão tubária


O procedimento só foi possível perante a implantação de um núcleo médico conduzido pelo ginecologista e obstetra Stevam Rios, que desde 2006 disponibiliza as mulheres arrependidas de terem feito suas laqueaduras terem a condição de ser gestante novamente.

Seis anos após a realização da primeira cirurgia de reversão tubária, referência no Interior de Pernambuco, Vitória de Santo Antão acaba de se tornar a pioneira neste tipo de cirurgia no Interior do Estado, tendo em vista que a cidade já é polo em saúde e referência na prestação de serviço obstétrico. Na última segunda-feira (26), Maria Mônica da Silva Siqueira, de 36 anos, moradora de Chã Grande, após doze anos sem poder ter mais filhos devido a sua laqueadura, teve a chance de rever sua decisão dando à luz ao bebê José Alves, após ter realizado com sucesso no Centro Clínico da Vitória em parceria com a Maternidade APAMI, a religação de suas trompas, permitindo uma terceira gravidez no seu segundo casamento.

Há quase uma dezena de casos como este na cidade. Aproximadamente 1% das mulheres que fazem laqueadura tubária irão futuramente requerer sua reversão. A reanastomose tubária (reconecção das tubas uterinas) é um procedimento realizado através de uma mini-laparotomia por um cirurgião especialista em Medicina Reprodutiva, como é o caso do Dr. Stevam Rios, do CECLIN. É removida a porção bloqueada e suturada novamente as duas extremidades, agora pérvias, das tubas uterinas.

Antes da reversão tubária uma avaliação da fertilidade é feita para assegurar que a ovulação ocorre regularmente e que não teria uma causa secundária de infertilidade.

Ilustração cirúrgica

A escolha entre a cirurgia e realização de FIV depende principalmente da idade da mulher e da característica dos espermatozoides. Após a reanastomose não há limite do número de gestações conseguidas através de relação sexual. Já o número de FIV geralmente é limitado principalmente pelo custo.

O procedimento só foi possível perante a implantação de um núcleo médico conduzido pelo ginecologista e obstetra Stevam Rios, que desde 2006 disponibiliza as mulheres arrependidas de terem feito suas laqueaduras terem a condição de ser gestante novamente.

Tudo aconteceu com o nascimento no dia 23 de julho de 2007 de Maria Carolina, na APAMI em Vitória de Santo Antão, entrando para a história do município como o primeiro bebê nascido após sua genitora ter realizado uma cirurgia de recanalização tubária nesta cidade. Quando Gislaine de Oliveira Menezes decidiu em 2006, fazer uma religação das trompas uterinas após sete anos, experiência que colocou Vitória de Santo Antão em destaque na medicina pernambucana. “Uma grande vantagem para estas pacientes é já terem um dia engravidado, o que funciona como o melhor teste de todo o aparelho reprodutor feminino”, relata Stevam Rios.

A estória de Maria Mônica da Silva Siqueira é singular. Ela é a quinta mulher na Zona da Mata de Pernambuco a passar por esta “religação” apesar da retirada de 10 miomas em uma cirurgia delicada conduzida por este núcleo médico. “Ligada” há 12 anos, desde o seu primeiro casamento, Mônica decidiu se casar pela segunda vez com o novo companheiro André Alves Siqueira, ambos de Chã Grande. O casal, já tem dois filhos de seus primeiros casamentos, contudo, sentiam a necessidade de ter um bebê desta união. Ela tem um filho de 14 anos e uma garota de 12 anos e agora com esta experiência conta com o bebê José Alves. “Eu não aconselho fazer a laqueadura, fiz a minha com 23 anos e me arrependi. Acho um pecado a mulher interferir nesta dádiva materna”, opina Mônica Siqueira.

“A possibilidade de ser mãe novamente mim fez procurar Dr. Stevam Rios. Ele é um profissional completo que ajudou a realizar o sonho de meu novo casamento. Desde sempre sua atuação foi humana e nos possibilitou encarar tudo com fé. Foi um prêmio! Um presente! que ele nos ajudou a alcançar”, sentenciou a genitora sob o olhar da avó do bebê, a Dona Maria, acompanhante na Maternidade APAMI. Este trabalho tem sido importante para dezenas de mulheres da região que fizeram suas laqueaduras desde jovem e agora podem retomar sua função materna. “Dos sete casos até agora, seis conseguiram engravidar. Os casais que desejarem analisar as possibilidades de ter novos filhos poderão contar com o nosso serviço”, ressalta o ginecologista e obstetra. Com a técnica, é possível garantir a tranquilidade de todo o processo de gestação, além de reduzir possíveis efeitos colaterais para a paciente.

Fotos: Marcio Souza.

SERVIÇO

Centro Clínico da Vitória de Santo Antão – CECLIN

Dr. Stevam Rios: Obstetrícia, Ginecologia, Colposcopia, Citologia Oncótica, Reversão Tubária.

Rua Melo Verçosa, 306, Matriz – Vitória.

Fones: 81. 3523.6996 / 2874.

 Confira o relato deste caso com Stevam Rios, assista o vídeo…

 

Usuários de plano de saúde ficam sem atendimento em Vitória de Santo Antão


(Imagem: Internet)

Folha de Pernambuco

Usuários do plano América Saúde em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata do Estado, estão tendo dificuldades para agendar exames e consultas médicas. Reclamações feitas à Folha de Pernambuco dão conta de que consultórios e hospitais estão sendo descredenciados e que a empresa estaria passando por um processo de falência. Uma das usuárias que procurou a Folha, e pediu para não ser identificada, disse que chegou a ligar para o escritório do plano em Vitória e foi informada de que o município está sem cobertura. “Está metade suspenso e metade cancelado”, disse.

Outro usuário afirmou que é associado há dez anos e, até então, não havia tido problemas com o plano, mas esta semana foi informado de que teria que procurar atendimento no Recife, porque o plano está descredenciando os médicos em Vitória. Duas clínicas do município, o Centro Hospitalar Santa Maria e o Centro Clínico da Vitória (CECLIN), informaram por telefone que o atendimento pelo plano está suspenso.

A partir de reclamações, a reportagem procurou responsáveis pelos serviços da VIP Saúde (nome jurídico da América), que desmentiram as informações de descredenciamento e falência, e afirmaram que o serviço está funcionando normalmente. Sobre as clínicas, o América Saúde respondeu que o Santa Maria assina renovação de contrato hoje e que o CECLIN será contatado para informar os motivos da suspensão do serviço.

Sobre o caso, a Agência Nacional de Saúde (ANS), órgão público responsável pela saúde suplementar no País, disse que não há registro de falência ou suspensão do serviço da América Saúde. Os usuários desses e de outros planos que tiverem problemas devem procurar a Agência pelo Disque ANS ou através do formulário de atendimento no site. A Agência atende também pela Central de Atendimento ao Consumidor ou pessoalmente nos núcleos do órgão espalhados pelo Brasil. Em Pernambuco, a ANS atende no Recife, na avenida Lins Pettit, 100, Ilha do Leite.

O coordenador geral do Procon Pernambuco, José Rangel, disse que casos como esse, quando há falta de atendimento, os usuários de planos de saúde também devem procurar o órgão para denunciar. A reclamação deve ser feita diretamente ao setor de fiscalização do Procon.

 

Stevam Rios aborda “Gravidez de Risco” no Mesa Redonda


Pode-se considerar uma gravidez de risco quando ocorre na gestação qualquer doença materna ou condição sócio-biológica que pode prejudicar a sua boa evolução. Na gestação de alto risco existe risco maior para a saúde da mãe ou do feto. Para tratar sobre este assunto, contou-se com a presença do Ginecologista e Obstetra Dr. Stevam Rios, do Centro Clínico da Vitória de Santo Antão (CECLIN), no Mesa Redonda do Programa A VOZ DA VITÓRIA, no início da tarde da sexta-feira (04), pela Rádio Tabocas FM (98,5).

Dependendo dos fatores envolvidos, o mais importante é sempre fazer o acompanhamento mais rigoroso segundo Stevam Rios. “A melhor maneira de se evitar uma gravidez de risco é seguindo corretamente as orientações dadas pelo médico no pré-natal”, aconselhou. Existem alguns fatores que podem ou não determinar se essa gravidez possa ser de risco. Como o fato da mulher ser mãe com menos de 17 anos ou maior de 35, altura menor do que 1,45m, exposição a agentes físico-químicos nocivos e estresse, má aceitação da gestação pelos envolvidos, situação conjugal insegura, vulnerabilidade no perfil sócio-econômico, peso maternal  inadequado, dependência de drogas lícitas ou ilícitas. “Mas o ideal mesmo é que a mulher faça a prevenção antes de engravidar”, conclui.

Há outros fatores que implicam na complexidade do caso, deve-se levar em conta o crescimento uterino maior ou menor do que o esperado, gestação múltipla, não realização do pré-natal, hipertensão associada à gestação, diabetes, ganho de peso excessivo, ruptura prematura de membranas e doenças correlacionadas ao sangue.

Quanto a registro de abortos provocados que envolvem inclusive decisões judiciais, como os comumente noticiados na mídia a exemplo dos fetos anencéfalos, Rios destacou que há outros casos que se assemelham as razões de desestruturação do feto. “Há problemas relacionados a ausência do Rim, bem como problemas relacionados com formações cardíacas importantes, dentre outros. O registro de anencéfalos são mais comuns”, salientou.

Na oportunidade, foi abordado ainda a importância da realização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe H1N1, sobretudo voltado ao público infantil e da terceira idade. Foi explicado a atenção que precisa ser redobrada quando se trata dos bebês prematuros, em virtude destes deterem um sistema imunológico ainda baixo. Do mais, comentou-se ainda o registro de uma década das ‘Quadrigêmeas da Vitória de Santo Antão’ completados em abril deste ano, pelo qual Stevam Rios é o padrinho destas quatro meninas que ele acompanha desde o parto. “Elas estão bem! Tão estudando e bem de saúde. Conta com ajuda de algumas pessoas. É bom que assim continue em razão delas terem se tornado um cartão de visita da Vitória de Santo Antão”, finalizou.

 

Stevam Rios no Mesa Redonda desta sexta-feira


O Programa Mesa Redonda do A VOZ DA VITÓRIA pela Rádio Tabocas FM (98,5), fará nesta sexta-feira (04), a partir das 13h, o debate sobre “Gravidez de Risco” com o Ginecologista e Obstetra Dr. Stevam Rios, do Centro Clínico da Vitória (CECLIN).

Dúvidas podem ser direcionadas para o e-mail: avozdavitoriape@hotmail.com. 

Se preferir você poderá participar por telefone – (81) 3523.3304 e também ouvir pelo áudio da internet através do Portal da emissora www.tabocasfm.com.br.

Contamos com sua participação!

A Equipe.

 

Stevam Rios no Mesa Redonda desta sexta-feira


O Programa Mesa Redonda do A VOZ DA VITÓRIA pela Rádio Tabocas FM (98,5), fará nesta sexta-feira (20), a partir das 13h, o debate sobre “Gravidez de Risco” com o Ginecologista e Obstetra Dr. Stevam Rios, do Centro Clínico da Vitória (CECLIN).

Dúvidas podem ser direcionadas para o e-mail: avozdavitoriape@hotmail.com

Se preferir você poderá participar por telefone – (81) 3523.3304 e também ouvir pelo áudio da internet através do Portal da emissora www.tabocasfm.com.br.

Contamos com sua participação!

A Equipe.

Atualizado em 19/04/12 às 19h

O Mesa Redonda com o Dr. Stevam Rios foi remarcado para uma data posterior, em virtude do mesmo estar impossibilitado de comparecer ao Programa devido a uma cirurgia delicada marcada no mesmo horário. 

Agradecemos a compreensão de nossos ouvintes!

Quadrigêmeas da Vitória de Santo Antão completam uma década


As quadrigêmeas da Vitória de Santo Antão comemoraram na tarde deste domingo (15), 10 anos de existência

Elas recepcionaram os convidados na Escola Municipal Mariana Amália, onde estudam. A mãe das garotas, dona Josefa, agradeceu de público o apoio que recebeu das pessoas amigas, sobretudo do Padrinho das meninas, Dr.Stevam Rios, Ginecologista e Obstetra do Centro Clínico da Vitória (CECLIN).

Maria Paula, Maria Estefane, Maria Rayane e Maria Vitória, todas são personalidades reconhecidas nacionalmente, sobretudo devido a sua aparição no Programa do SBT, pelo qual a família foi contemplada com uma casa própria totalmente mobiliada no Mário Bezerra, em Vitória.

Desde sempre, Dr.Stevam Rios acompanha as quadrigêmeas garantindo inclusive assistência, somado as contribuições de alguns empresários e políticos simpáticos a história de vida desta família.

Confira as fotos…

Saiba mais sobre as meninas clicando

AQUI / AQUI / AQUI

 

Celebridades Vitorienses


Diário de Pernambuco

Com destaque, o Diário de Pernambuco de domingo (18) trouxe matéria intitulada – Quatro Marias de Ouro – onde dava um amplo destaque as quadrigêmeas vitorienses, Maria Estefane, Maria Rayanne, Maria Paula e Maria Vitória. A Dona Josefa, mãe das meninas, diz que as doações para as quadrigêmeas nunca param de chegar, sendo assim uma benção de Deus.

Fotos: Blenda Souto Maior - DP/D.A.PRESS - Edição Diário de Pernambuco

No dia 10 de abril as meninas irão completar 10 anos, o médico e padrinho das meninas Dr. Estevam Rios está organizando a comemoração das “celebridades” mirins de nossa cidade. Dr. Stevam é o conceituado médico que comanda o CECLIN (Centro Clínico da Vitória), situado na rua Melo Verçosa, 306 – no bairro da Matriz da Vitória de Santo Antão.

Foto: Blenda Souto Maior - DP/D.A.PRESS

Com informações do Blog do Pilako

 

Rede de proteção para crianças e adolescentes é articulado em Vitória


 

Fotos: FACOL

A Brasil Brasil Foods e Childhood em parceria com a Faculdade Osman da Costa Lins – FACOL, Casa da Criança, IVH e Prefeitura da Vitória de Santo Antão, realizou no dia 17/08, um Seminário sobre “Os Desafios do Sistema de Garantia de Direitos no Enfrentamento à Violência Doméstica e Sexual contra Crianças e Adolescentes”, batizado de LAÇOS DE PROTEÇÃO.

O evento realizado no Campus da FACOL no Teatro Tabocas, contou com a presença de algumas autoridades registrando Túlio Albuquerque Vice-Diretor da FACOL, Tarciana Castelo Branco – Presidenta do Fórum das Entidades, Madalena Fuças – Presidenta do Fórum Estadual DCA, Henrique Filho – Vice-Prefeito da Vitória de Santo Antão, a Promotora Vera Rejane, Luciana Lanzoni , representante da Brasil Foods e o Palestrante do dia Dr. Estevam Rios, entre outros.

Capacitação de Profissionais

 Após o Seminário, será realizada uma capacitação para 100 profissionais do Sistema de Garantia de Direitos da Vitória de Santo Antão, nos dias 30 e 31 de agosto.

O curso será de 20 horas e tem por objetivo aprofundar a temática de proteção à infância e habilitar esses profissionais a desenvolverem uma atuação mais qualificada na identificação e atenção integral às situações de violência doméstica e sexual contra crianças e adolescentes em Vitória.

 CONFIRA AS FOTOS

 

Plantando a Semente


O poeta e farmacêutico Carlos Drumond de Andrade, em um dos seus poemas, verseja: “mês de agosto é mês de chuva/ mês de agosto lava a alma a mágoa”. Os supersticiosos acreditam que é o mês do desgosto. Todavia, agosto do ano prestes a findar ficará marcado de maneira especial em minha agenda, por ter nascido mais um membro da nossa família.

O nascimento de Anita Gabriela (nome escolhido pelo irmão mais velho, Paulo Rafael), embora antes da data prevista, nem por isso deixou de vir acompanhado de saúde e proliferação de alegria nos familiares e amigos. Sua chegada ao mundo foi acompanhada pelos médicos Stevam Rios, Lara, Maria José Leopoldina e Paulo Rietra, profissionais zelosos e competentes.

Embora estejamos vivendo em uma época onde os valores e o respeito ao ser humano sejam cada vez mais difíceis, o nascimento de um novo ser produz uma profunda reflexão em relação ao nosso papel em uma sociedade com as características preconizadas por Aldous Huxley. Infelizmente, a busca pelo poder e, consequentemente, o prazer em ver o semelhante como objeto da história, conduziu o chamado homem pós-moderno a assumir determinadas formas de conduta mais próximas da pré-história do que da era do ápice da tecnologia.

Sendo genitor, é meu dever alertar em relação ao que será enfrentado por você, mas não devo deixar para ti apenas uma mensagem com sentimentos franckfurtianos, já que é possível viver de forma digna e feliz.

Aprenda com o grande Mestre da Galiléia e nunca esqueça que seus ensinamentos servem de padrão a todos nós, e tenho plena convicção de que sem o Seu consentimento nenhum de nós estaríamos aqui.

Por mais avançada que esteja a ciência, ela não conseguiu presentear ao homem o que ele mais almeja, ou seja, a eternidade. Mas uma coisa posso garantir a você: enquanto eu estiver aqui na terra, você será eterna em meu coração, e, embora não tenha procuração para falar por sua genitora, suas avós e seu irmão, tenho certeza de que eles compartilham o mesmo sentimento.

Por Hely Ferreira,
Cientista político.

"Amor próprio evita contaminação", alerta Stevam Rios



O Mesa Redonda do Programa A VOZ DA VITÓRIA, transmitido pela Rádio Tabocas FM (98,5) em Vitória de Santo Antão, no início da tarde da sexta-feira (03), contou-se com a participação do Ginecologista e Obstetra Dr. Stevam Rios, e da Coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA da Vitória, Lindalva Carneiro.
Ambos debateram os aspectos da Saúde da Mulher, bem como as DST’s/AIDS e as bactérias que hoje preocupam a medicina.

Na Semana Mundial de Prevenção à Aids, o apresentador Lissandro Nascimento, destacou a luta incansável do Dr. Stevam Rios, onde o mesmo vem ao longo dos anos desenvolvendo um projeto social muito interessante, prestando palestras em instituições públicas, sobre as doenças sexualmente transmissíveis.


Segundo Dr. Stevam Rios “este trabalho vem sendo desenvolvido há vários anos, em escolas, comunidades, igrejas, universidades e na imprensa; e com muito orgulho hoje se pode afirmar, que este acesso está sendo muito amplo, pois quando falamos de DTS’s, não falamos só do vírus HIV, mas sim também de outros tipos de infecções bacterianas, que se alojam no corpo e são transmissíveis através dos atos sexuais”, assinalou.


Lissandro Nascimento indaga ao Dr. Stevam Rios, como vem sendo desenvolvido ao longo dos anos no Brasil à prevenção do vírus HIV. “Quando o SUS foi criado em 1998, foi entendido que saúde é um direito de todos, pois esse desenvolvimento das políticas de prevenção começaram a se intensificar bastante; em 1980 eram contabilizados 6 meninos para cada menina infectada, especificamente pelo vírus HIV, entre adolescentes de 13 à 19 anos; e isto foi desenvolvido ao longo do tempo, onde os homossexuais começaram a se prevenir cada vez mais, e o grupo dos heterossexuais não. Achando que a doença era específica daquele grupo, já hoje comparado aquele tempo, encontramos uma incidência de 8 meninos para cada 10 meninas heteros. Percebemos que houve uma incidência do vírus HIV propagados nas mulheres, por motivo de muitos homens não gostarem de se prevenir usando preservativo. Temos que entender que as doenças sexualmente transmissíveis são doenças de comportamento e não de grupos sociais ou sexuais”.

De acordo com Lindalva Carneiro – Coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA da Prefeitura da Vitória de Santo Antão, explica: “Hoje o Centro mantém uma grande parceria para estar realizando campanhas em todas as comunidades e entidades do Município, realizando palestras e coletas. No dia 1º de dezembro foi lançado o Plano de Feminilização de Combate a Aids, onde começamos com um seminário seguido por toda a semana. Sabemos que todas as gestantes em seu pré-natal vão as unidades de saúde da família, é pedido todos os exames que possa ser acompanhado por toda sua gestação, o qual fornecemos uma boa notícia de que já está implantado o teste rápido dentro do CTA, pois toda gestante que chega em nossa unidade
realiza o teste e sai com seu resultado no mesmo dia”.

Para Stevam Rios, o período de propagação de algum sintoma de uma DST é muito imprevisível, um período de evolução pode chegar durar até 6 meses, já o segundo estágio pode durar em torno de 5 anos. “É quando o paciente não apresenta nenhum sintoma, porém os testes já dão positivos, então não existe momento exato para uma incubação, pois existem fatores que podem desencadear uma situação de alguma propagação”, salientou.

Para o médico, aconteceu uma inversão no quadro de prevenção, onde as mulheres estão se contaminando mais e os homens menos. “A contaminação acontece por existir um grande vilão o “AMOR”, pois se não existe amor próprio, ou seja, se as mulheres se amassem mais, existiria menos contaminação”, comparou.



Apresentação: Lissandro Nascimento.
Produção: Jáder Siqueira, Emerson Lima.
Assistente: Apolo Oliveira.

Stevam Rios no Mesa Redonda desta sexta-feira


Nesta sexta-feira (03), o Mesa Redonda vai contar com a participação do Ginecologista e Obstetra Dr. Stevam Rios, pelo qual vai abordar os aspectos da Saúde da Mulher, bem como as DST’s/AIDS, e as bactérias que hoje preocupam a medicina.

O Programa vai contar também com a presença de Lindalva Carneiro – Coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA da Vitória de Santo Antão.


Acontece em novo horário, às 13 horas (após o programa esportivo), pela Rádio Tabocas FM (98,5), em Vitória de Santo Antão, mediado por Lissandro Nascimento.

Participação do ouvinte pelo telefone 81.3523.3304, ou as perguntas podem ser direcionados pelo e-mail: avozdavitoriape@hotmail.com


Para quem estiver fora da Vitória de Sto. Antão poderá ouvir o Mesa Redonda no portal da Tabocas FM pelo áudio da internet no endereço: http://www.tabocasfm.com.br/



NÃO PERCA! Esperamos por você!



a produção.


Página 1 de 212