Arquivos da Tag: Secretaria da Fazenda

Polícia apreende cinco milhões de cigarros em Lagoa do Carro

(Foto: Divulgação).

Cerca de 500 caixas de cigarros sem a comprovação de origem foram apreendidas em um depósito na zona rural de Lagoa do Carro, na Mata Norte. A ação teve início neste mês, mas os detalhes foram divulgados nesta quinta-feira (28). O material apreendido está avaliado em R$ 750 mil.

A equipe de autuação foi direcionada para o local, por meio de denúncias anônimas, e constatou que o tipo de cigarro encontrado era fabricado sem controle sobre os ingredientes utilizados, sendo extremamente prejudicial à saúde. A casa usada como depósito também não possuía nenhum tipo de documentação.

A apreensão, que foi realizada pela Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária (Deccot), em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz), é uma continuidade da Operação Alcatrão, realizada em outubro de 2013, que resultou na prisão de sete pessoas.

Folha PE, com informações da Assessoria.

Paulo destaca zelo na prestação do serviço público como marca da sua trajetória

Candidato foi homenageado por amigos de trabalho do TCE e do Estado

O zelo na prestação do serviço público sempre foi uma marca muito presente nas experiências acumuladas por Paulo Câmara (PSB) nos diferentes postos que ocupou. Nesta quinta-feira (28), cerca de 500 amigos do candidato da Frente Popular ao Governo do Estado organizaram um almoço, em uma casa de eventos no Recife, para homenagear a dedicação com a qual o socialista trabalhou para servir a população pernambucana.

Emocionado com o ato, Paulo prometeu seguir com o mesmo espírito que o credenciou a conduzir a Frente Popular na sucessão estadual. “Eu vou ser, a partir de 2015, governador de Pernambuco. Mas vou ser o que a vida, as minhas experiências me ensinaram a ser: um servidor público. Serei servidor do povo”, assegurou. O evento reuniu servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e das secretarias estaduais da Fazenda, Turismo e Administração.

Paulo Câmara fez questão de destacar que permanecerá contando com o apoio e a ajuda de todos os presentes no Governo do Estado. “Vocês vão me ajudar a governar Pernambuco. E a fazer como eu sempre gostei de fazer: olhando para o povo. Fizemos o programa de governo de uma forma muito simples, porém a mais correta de se fazer, que é ouvindo a população”, pontuou.

Os amigos de Paulo não escondiam a satisfação em ver uma pessoa tão próxima e querida assumindo uma responsabilidade tão grande quanto a de dar continuidade ao legado do ex-governador Eduardo Campos. “Estamos despidos de cargos e funções. Estamos aqui como amigos que foram cultivados por Paulo ao longo de suas tarefas no serviço público. Amigos cultivados pela forma como ele sempre trabalhou – com cuidado na prestação do bom serviço -, e pela leveza no trato. Tenho a certeza de que ele é o melhor candidato”, afirmou o chefe de gabinete da Presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Paulo Otávio Tavares.

com informações da Assessoria.

 

#ablogpe2014 “As mídias alternativas terão espaço no nosso governo”, assegura Paulo Câmara

Sabatinado nessa terça (26), Paulo Câmara teve acesso no momento ao resultado da recente pesquisa do Ibope

A série de entrevistas com os candidatos a Governador de Pernambuco seguiu nesta terça-feira (26/8) com Paulo Câmara, da Coligação Frente Popular de Pernambuco. As sabatinas estão sendo realizadas na sede da Associação dos Blogueiros do Estado de Pernambuco (AblogPE) no Centro do Recife, e transmitidas “ao Vivo” pelo youtube. Os Blogueiros presentes foram: Eudes PE Notícias, Edmar Lyra, Leo & Cia, Vicência Net, BIO ASC é vida, Barra News e Vicência Net.

Paulo Henrique Saraiva Câmara, 42 anos, recifense, formado em Ciências Econômicas, pós-graduado em Contabilidade e Controladoria Governamental, é mestre em Gestão Pública, todos pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Câmara enquanto profissional ocupa atualmente o cargo de auditor das Contas do Estado de Pernambuco. Foi nomeado Secretário de Administração de Pernambuco em 2007, Secretário de Turismo de Pernambuco em 2010 e Secretário da Fazenda de Pernambuco em 2011.

Hoje, Paulo Câmara filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), é candidato ao cargo de governador de Pernambuco tendo como vice Raul Henry (PMDB). Pretende em seu governo caso seja eleito, “elevar o nível de escolaridade e os índices de aprendizagem (Ideb e Idepe), com a universalização do acesso às Escolas em Tempo Integral. Ampliar e modernizar a oferta do transporte público com conforto, segurança e menor custo. Implantação do Bilhete Único, com tarifa única, além de construir quatro hospitais, sendo um na RMR e três no interior, requalificar o Agamenon Magalhães de Serra Talhada e o Hospital do Idoso”, dentre outros elencados nesta entrevista.

Enfático, Paulo Câmara fez questão de registrar logo no início, o acentuado crescimento de Pernambuco nos últimos anos, estimado em 14%, avaliando que o Brasil cresceu bem menos durante o mesmo período, ficando na marca dos 2%. Ele mencionou que uma de suas metas será cobrar do Governo Federal o início e a conclusão das obras inacabadas, focando sobretudo na transposição do Rio São Francisco para que finalmente minimize o problema de abastecimento d’água da população sertaneja.

Questionado quanto à correlação de forças de seu palanque, na medida em que precisará atender a todos os seus atuais aliados, Paulo prometeu instaurar uma relação de transparência em seu governo, sobretudo contemplando e ouvindo cada um dos 21 partidos da sua coligação, assegurando que vai instaurar um novo modelo de política, evitando o paternalismo e o clientelismo.

Indagado sobre o tratamento que dispensará na distribuição das verbas publicitárias do Governo do Estado, até então, monopolizadas pela Rede Globo de Televisão, Paulo Câmara assegurou que as mídias alternativas terão espaço no seu governo, reconhecendo que a blogosfera exerce hoje um papel imprescindível na disseminação da informação para toda a sociedade pernambucana.

Quanto ao seu crescimento vertiginoso na mais recente pesquisa divulgada pelo Ibope no momento que acontecia a entrevista, Paulo Câmara, sem demonstrar surpresa, afirmou que isso já estava previsto em razão da visão proposta pelo guia eleitoral na TV e principalmente após a perda trágica do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, motivos que segundo ele, contribuíram para intensificar a curiosidade do eleitor em saber qual o candidato que Eduardo apoiava para a sua sucessão.

Educação

O candidato espera chegar a 2015 com 40 novas escolas e uma faculdade técnica em pleno funcionamento, ressaltando a falta de mão de obra qualificada que vem sendo um problema gritante em Pernambuco, prometendo que irá reverter este quadro.

Quanto à qualidade do ensino, disse que provocará mudanças no tempo destinado ao ensino público, incentivando dentre outras ações a Escola Integral, onde deverá elevar a educação a um patamar de maior qualidade, abrangendo desde a educação infantil até ao ensino médio. Busca ainda ampliar o Projeto ‘Ganhe o Mundo’ para atingir diretamente 3000 (três mil) estudantes, além de revisar e melhorar a remuneração salarial dos professores da rede estadual.

Saúde 

“Saúde é um desafio diário”, sentenciou Paulo. Em tom de preocupação, garantiu que fará projetos inovadores que trarão melhorias à atenção básica, implantando o “Programa Medicamento em Casa”, onde deverá viabilizar uma logística de fornecimento doméstico dos medicamentos de rotinas àqueles que por algum motivo não podem se locomover até aos pontos de distribuição. Prometeu também que fará a construção de 06 novas UPAS especializadas, distribuídas nas cidades do interior, ressaltando que sua meta é chegar a 20 novas unidades, estimulando a contratação de mais 5 mil novos profissionais de Saúde, sendo que destes, 1.500 novos médicos, permitindo o devido funcionamento destas novas unidades de Saúde que haverá de construir.

FEM Social

Disposto em proporcionar uma maior integração entre as políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado e as das prefeituras, o candidato da Frente Popular, Paulo Câmara, instituirá, a partir de 2015, o FEM Social. A ferramenta – inspirada no Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), que destina recursos estaduais às gestões municipais para a realização de obras de infraestrutura – possibilitará que os serviços públicos funcionem com mais qualidade e alcancem um número maior de pernambucanos. A medida será gradativa, com um cronograma de implantação ao longo dos próximos quatro anos.

O FEM Social ajudará as prefeituras a desenvolverem iniciativas em áreas como educação, saúde, segurança, juventude e políticas de gênero, entre outras. O Governo comandará um estudo das demandas existentes nos municípios para poder ofertar parcerias específicas com cada um deles, melhorando, assim, a prestação de serviço local e a qualidade de vida da população beneficiada, resumiu.

Mobilidade

“A mobilidade tem se mostrado como problema constante e perturbador da paz da população”, reconhece Paulo. Ele frisou que deverá melhorar a mobilidade desenvolvendo em seu governo projetos de criação de corredores alternativos, a exemplo do Corredor Norte e Sul, seguindo ao longo da rodovia BR 101. “Ações que estimularão o Turismo e o desenvolvimento socioeconômico do litoral Norte de Pernambuco”, concluiu.

CALENDÁRIO

Os demais postulantes seguem as datas: dia 28 com Armando Monteiro (PTB), na sequência encerrando com Zé Gomes (PSOL) no dia 04 de setembro.

SERVIÇO 

AblogPE entrevista pela Web candidatos ao Governo de Pernambuco 

Todas as terças e quintas de agosto, das 19h às 20h.

Transmissão ‘ao Vivo’ pelo canal do youtube.com/ablogpe 

Site: www.ablogpe.com 

Face: /ablogpe

Twitter: /ablogpe

#ablogpe2014


 

 

 

Prazo para quitar débitos vencidos do IPVA termina na sexta, em PE

( Foto: Marcio Souza / A Voz da Vitória / Arquivo).

G1PE

O prazo para donos de veículos em Pernambuco pagarem o imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA) vencidos termina na sexta-feira (29). Ao contrário dos anos anteriores, os boletos de cobrança não chegam mais pelos Correios, precisando ser retirados exclusivamente pela internet.

Após o prazo final, os débitos não pagos recebem multa de 100% sobre o valor do imposto devido atualizado monetariamente, além dos juros, sendo assim transformados em Notificação de Débitos, publicada em edital Diário Oficial do Estado e no site da Sefaz.

Se em 30 dias após a publicação do edital o débito não for quitado, ele será inscrito na Dívida Ativa do Estado. Dúvidas e outras informações podem ser obtidas através do telefone da Secretaria da Fazenda: 0800-2851244.

O valor do IPVA é calculado com base no valor venal do veículo, sobre o qual aplica-se uma alíquota que varia de 1% a 2,5%. O pagamento do imposto pode ser feito de uma só vez ou em três parcelas consecutivas, com as datas de vencimento escalonadas de acordo com o final de placa.

Débitos com o IPVA 2014 devem ser quitados até 29 de agosto

( Foto: Marcio Souza / A Voz da Vitória)

Donos de veículos que possuem débitos de IPVA vencidos e não pagos do exercício 2014 terão oportunidade de quitar a dívida até dia 29 de agosto. Os boletos de cobrança não chegarão mais através dos Correios e devem ser retirados exclusivamente pela internet, através do site do Detran-PE.

A partir desta data estabelecida como prazo final, os débitos não pagos espontaneamente serão acrescidos de penalidade, que correspondem a 100% de multa sobre o valor do imposto atualizado monetariamente e juros, e transformados em processos de Notificação de Débitos por meio de publicação de edital no Diário Oficial do Estado e no site da Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz).

Caso não haja recolhimento do crédito tributário no prazo de 30 dias, a contar da data de publicação do edital, o débito será inscrito na Dívida Ativa do Estado. Para mais informações, a Sefaz disponibiliza o número 08002851244.

Via Folha PE, com informações da Assessoria.

 

Inscrições no concurso da Sefaz encerram-se nesta segunda-feira

Blog dos Concursos

As inscrições no concurso público da Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco (Sefaz), que oferece 25 vagas para o cargo auditor fiscal do tesouro estadual, encerram-se às 14h desta segunda-feira (18) pelo site www.concursosfcc.com.br.

A taxa de participação é de R$ 165,94 e a remuneração inicial equivale a R$ 11.821,43. Serão dois dias de provas objetivas: 27 e 28 de setembro.

Anote

Sefaz
Vagas: 25
Cargo: auditor fiscal do tesouro estadual
Nível: superior
Salário: R$ 11.821,43
Inscrições: de 21/07/2014 até 18/08/2014 (às 14h)
Taxa: R$ 165,94
Provas: 27/09/2014 e 28/09/2014
Mais informações: www.concursosfcc.com.br

Paulo Câmara ainda é desconhecido por 60% dos pernambucanos

Blog do Inaldo Sampaio

Embora tenha sido lançado candidato a governador há mais de cinco meses, o ex-secretário estadual da Fazenda, Paulo Câmara (PSB), ainda é desconhecido por 60% dos pernambucanos, diz pesquisa feita há uma semana pelo Instituto Maurício de Nassau.

De acordo com o mesmo levantamento, o senador e seu principal adversário, Armando Monteiro Neto (PTB), é desconhecido por 22% dos pernambucanos. Quanto aos candidatos a presidente da República, 65% dizem que “conhecem muito bem” Dilma Rousseff, 62% Eduardo Campos e 16% Aécio Neves.

Na inauguração do comitê, Henrique Queiroz falou que o governo de Vitória oculta fonte de verbas

Ao lado de Paulo Câmara durante a inauguração do comitê, Henrique Queiroz segue firme para o seu 10º mandato na Alepe e manda recado aos traidores de sua campanha

Durante a inauguração do comitê do deputado estadual Henrique Queiroz (PR), no bairro do Cuscuz – em Vitória de Santo Antão, a Frente Popular prestigiou, em peso, o “QG” do ‘decano’ da Assembleia Legislativa, contando com Paulo Câmara (PSB), Raul Henry (PMDB), candidatos a governador e a vice, respectivamente, bem como Fernando Bezerra Coelho (PSB), candidato ao Senado, além do deputado Federal Augusto Coutinho (Solidariedade), que faz dobradinha com Queiroz no Município.

Anfitrião, Henrique Queiroz destacou que Paulo Câmara foi, enquanto Secretário da Fazenda, fundamental para a chegada de empresas à Vitória. “Ele zerou os impostos e permitiu, com a atração desses empreendimentos, que muitos aqui garantissem seus empregos”, garantiu o deputado. O parlamentar lembrou que Paulo Câmara foi responsável por criar o Fundo Estadual dos Municípios (FEM), destinando cerca de R$ 22 milhões a Prefeitura da Vitória de Santo Antão, nos últimos dois anos. Henrique fez questão de frisar que o atual governo vitoriense prefere ocultar de quem realmente seria a fonte destes recursos, sugerindo que a Prefeitura de Vitória passa a ideia para a população de que é a detentora única dos recursos públicos responsáveis pelas obras na cidade.

Provando seu ceticismo à cor “amarela”, marca da campanha de Elias e Joaquim Lira (em Vitória), Henrique fez questão de colocar publicamente sua bandeira sob a camisa amarela do seu mestre de cerimônia que fazia a locução do palanque, pelo qual usava inadvertidamente o traje.

A festa começou às 9h da manhã, porém o atraso de Paulo Câmara fez estendê-la até às 14h. sob sol escaldante, onde nem água foi servida aos populares presentes, fato que ajudou a dispersar a multidão. Troncos de bananeira, antigo símbolo da campanha de seu finado irmão, Dr. Ivo Queiroz, foram espalhados pelas ruas próximas ao comitê.

Provando que está firme no propósito de conquistar seu 10º mandato como deputado estadual, o palanque montado fez questão de mostrar dezenas de vereadores e lideranças políticas dos municípios de Amaraji, Agrestina, Belo Jardim, Buíque, Capoeiras, Cortês, Catende, Caetés, Chã de Alegria, Camutanga, Passira, Primavera, Limoeiro, Lagoa do Carro, Lagoa de Itaenga, Vicência e Vitória. Ainda estiveram presentes, os Prefeitos de Chã de Alegria (Marcos da Roça – PCdoB) e o de Cortês (Genil).

Para provar que a família Queiroz está unida em torno de sua candidatura, sua cunhada, Marluce Queiroz, abriu as falas da inauguração, assegurando o apoio ao deputado e pedindo aos antigos eleitores do finado médico que sufraguem seus votos em Henrique no próximo dia 05 de outubro. Acostumado aos saldos positivos e negativos da política, Henrique Queiroz aproveitou para minimizar a traição de seus antigos aliados, parte deles cooptados pelo grupo do prefeito de Vitória Elias Lira (PSD). “Aos que nos traiu só posso dizer uma coisa: todos vocês verão minha vitória”, bradou.

Neófito e tentando se sair bem no meio dos calejados políticos presentes no palanque de Henrique, Paulo Câmara prometeu se eleito trazer para Vitória uma Unidade de Pronto Atendimento Especializada. “Vamos melhorar a Saúde. Teremos um serviço mais humanizado que inclua cada vez mais a população. E, pensando nessa melhoria, já trazemos em nosso programa de governo o compromisso de trazer uma UPAE para Vitória”, revelou Paulo Câmara, destacando que a iniciativa virá acompanhada de uma série de medidas para a melhoria da qualidade de vida da população local.

O candidato da Frente Popular frisou que a população do município da Mata Sul seguirá sendo beneficiada com a capacitação, por meio de escolas técnicas principalmente, para o aproveitamento dos postos de trabalho gerados pelas empresas que chegam ao município. Ele lembrou que ao longo do Governo Eduardo Campos (PSB), mais de 15 importantes empreendimentos aportaram em Vitória de Santo Antão.

Fernando Bezerra Coelho, que concorre à vaga de Jarbas no Senado, ressaltou o momento de prosperidade do município e a importância de se investir em qualificação dos jovens da região para ocupar esses postos de trabalho. Apostando na vitória de Paulo Câmara que foi Secretário da Fazenda, Fernando lembrou que a cadeira desta Secretaria é milagrosa, pois boa parte dos governadores recentemente eleitos na história de Pernambuco foram titulares da pasta.

Henrique durante inauguração do Comitê foi aclamado como o decano da Alepe. Fotos: Flávio Fox / A Voz da Vitória.

 

 

Paulo ressalta experiência em gestão pública em entrevista à rádio de Custódia

Candidato da Frente Popular ainda comandou grande carreata no município

Em entrevista à rádio Custódia FM, nesta sexta-feira (1º), o candidato da Frente Popular ao Governo Estadual, Paulo Câmara (PSB), voltou a rebater as críticas dos opositores, que contestam sua postulação, por nunca ter disputado uma eleição. O socialista ressaltou que tem uma experiência de mais de 20 anos no trabalho por um serviço público de qualidade e que, nos últimos sete anos e meio, foi responsável por três secretarias estaduais.

“Foi essa experiência na gestão pública que me levou a ser escolhido pela Frente Popular para continuar avançando com o trabalho iniciado por Eduardo Campos (PSB). Meu adversário não tem experiência na gestão pública, apenas na gestão privada. Como secretário, eu administrei R$ 27 bilhões nos últimos anos. Meu adversário, apenas administrou sua verba de gabinete. E mal, já que, dos três senadores de Pernambuco, foi o que mais gastou”, disparou Paulo.

Acompanhado de seu candidato ao Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB), Paulo ainda liderou uma grande carreata pelas ruas de Custódia na tarde desta sexta-feira. Comércio e área residencial pararam para ver a passagem do socialista, seguido por uma fila com dezenas de carros e mais de uma centena de motos, que se perdiam de vista.

No final, o candidato inaugurou o Comitê 40 na cidade e recomendou aos militantes que ganhassem as ruas para divulgar as candidaturas e ideias da Frente Popular. “Comitê só deve ficar cheio na inauguração e no dia da eleição, para comemorar a vitória. Daqui para 5 de outubro, não tem descanso”, decretou Paulo.

com informações da Assessoria.

 

 

Associação dos Revendedores de Veículos ​fecha com Paulo Câmara‏

Setor reconheceu a capacidade de diálogo do socialista e prometeu engajamento na campanha

A Associação dos Revendedores de Veículos de Pernambuco (Assovepe) anunciou, nesta quarta-feira (30), o seu alinhamento à candidatura de Paulo Câmara (PSB) ao Governo do Estado. “Estamos declarando nosso total apoio ao futuro governador de Pernambuco. O nosso apoio e o nosso engajamento”, afirmou o presidente da entidade, Antônio Selva, durante almoço em um restaurante da Zona Oeste do Recife. A representação possui 20 anos de atividades e congrega todas as concessionárias de veículos do Estado.

O setor de revenda de automóveis seminovos e usados, que atravessou grandes dificuldades nos últimos anos, foi beneficiado pela sensibilidade de Paulo Câmara, que se empenhou na recuperação do segmento. Quando esteve à frente da Secretaria da Fazenda, o socialista liderou um processo de discussão que resultou na isenção da alíquota de ICMS para as concessionárias.

“Discutimos com o setor e zeramos o ICMS para que as concessionárias pudessem competir no mercado”, lembrou Paulo Câmara, frisando que o segmento não recebe os mesmos benefícios federais destinados à venda de automóveis novos.

Aos mais de 150 representantes do segmento no evento, Paulo Câmara salientou o seu comprometimento em seguir ouvindo as pessoas e os setores para, a partir de 2015, governar com um enfoque coletivo. “É assim que a Frente Popular administra. Escuta, dialoga. Vou governar junto com vocês”, prometeu o socialista.

com informações da Assessoria.

 

Paulo Câmara anuncia José Francisco Neto como novo coordenador da campanha

Secretário de Administração do Estado substitui Renato Thièbaut 

O candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), anunciou, nesta quarta-feira (30), o advogado José Francisco Cavalcanti Neto como o novo coordenador geral de sua campanha. Atualmente à frente da Secretaria de Administração do Estado, o auxiliar do governador João Lyra Neto (PSB) se afastará da gestão para se dedicar à missão de comandar a caminhada de Paulo ao Palácio do Campo das Princesas. José Francisco Neto substitui Renato Thièbaut, que foi convocado pelo ex-governador Eduardo Campos (PSB) para integrar a coordenação de sua postulação presidencial.

“José Neto vai ter o desafio de conduzir a campanha até o final das eleições. Uma campanha que já está estruturada e bem planejada. Renato Thièbaut fez um trabalho muito competente e José Neto vai cumprir essa nova etapa. São os últimos 60 dias. O período no qual a gente vai mostrar à população as nossas ideias e nossas propostas”, ressaltou o candidato.

Paulo Câmara e José Neto colecionam parcerias na administração pública. Eles atuaram juntos, como servidores de carreira, no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e replicaram a experiência em diferentes pastas da gestão estadual. “Tem uma relação comigo de muito tempo. Somos auditores do TCE desde 1995. Ele desempenhou as funções de secretário executivo de Administração no Governo Eduardo Campos/João Lyra. Foi secretário executivo da Fazenda comigo durante três anos e três meses. Tem experiência no setor público, conhece da política, tem militância”, ressaltou Câmara. O candidato lembra que José Neto possui a política no DNA. “Logo ele trará uma grande contribuição para a nossa campanha. Uma contribuição que vai honrar o trabalho iniciado por Renato e que vai nos ajudar a conquistar uma grande vitória”, afirmou.

PERFIL - José Neto é formado em Direito pela Faculdade de Direito do Recife. É auditor do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), onde exerceu as funções de assessor técnico da Controladoria de Controle Externo e de diretor departamental, entre outros. Atuou, também, como assessor especial do Governo do Estado e como assessor do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

No Governo Eduardo Campos, exerceu o cargo de secretário executivo de Pessoal e de Relações Institucionais da Secretaria de Administração, no período de janeiro de 2007 a março de 2010, quando assumiu a titularidade da pasta exercida até dezembro de 2010. Foi Presidente do Conselho de Administração da Fundação de Aposentadorias e Pensões dos Servidores do Estado de Pernambuco – FUNAPE. Ocupou, de janeiro de 2011 a março de 2014, o cargo de secretário executivo de Coordenação Institucional da Secretaria da Fazenda e, com a posse do governador João Lyra Neto, passou a comandar a Secretaria de Administração.

 com informações da Assessoria.

 

Armando: “Pernambuco pode ampliar os seus investimentos”

O candidato a governador Armando Monteiro (PTB) defendeu nesta quarta-feira (30), durante encontro com publicitários do Fórum Empresarial de Propaganda de Pernambuco, no Espinheiro, Zona Norte do Recife, a ampliação dos investimentos no Estado. Ao lado do seu vice, Paulo Rubem (PDT), Armando afirmou que o ciclo positivo de crescimento econômico dos últimos anos poderia ter sido maior se o Estado tivesse melhorado a sua capacidade de investimentos com recursos próprios e criado um ambiente mais amistoso para a captação de parceiros privados.

“Nós poderíamos ter criado um espaço fiscal melhor para o investimento”, afirmou Armando. “Houve um crescimento extraordinário da receita, que coincidiu com o período que o Brasil cresceu e com o novo ciclo econômico no Estado”, reconheceu o senador licenciado, enfatizando que a arrecadação de impostos em Pernambuco cresceu 79%, entre 2009 e 2013. Mas as despesas com o custeio da máquina aumentaram 113%, mais do que a receita, o que impediu que o governo pudesse fazer investimentos de maior porte com recursos próprios.

“Pernambuco poderia ter uma poupança corrente de duas vezes e meia o que tem”, destacou Armando – o montante de recursos próprios para investimento do Estado varia de R$ 800 milhões a R$ 1 bilhão. “Mesmo se considerarmos os empréstimos, Pernambuco só investe, em média, 11% de sua recente corrente líquida. O Ceará, por exemplo, investe em torno de 22%. Pernambuco está abaixo da média do Nordeste nesta questão”, enfatizou.

Armando também defendeu uma mudança no modelo de captação de parceiros privados por meio do estabelecimento de um ambiente regulatório mais apropriado, seja pela questão tributária, seja pela criação de novos padrões de relacionamento no âmbito das Parcerias Público-Privadas (PPPs).

“Pernambuco não tem estrutura para gerir as PPPs. Se você não fizer desde o início algo que seja bem formulado, se você não identifica corretamente os parceiros e se você não tem estrutura para fiscalizar, a PPP pode ser um grande problema”, explicou Armando, sugerindo a criação da Empresa Pernambucana de Participações.

 com informações da Assessoria.

Em Ribeirão, Paulo Câmara lembra do início de sua carreira

Socialista iniciou sua carreira no serviço público no município

A campanha de Paulo Câmara (PSB) ao Governo do Estado registrou, nessa terça-feira (28), um dos seus momentos mais simbólicos. Mais de 20 anos depois de iniciar sua jornada no serviço público em Ribeirão, como caixa do Banco do Brasil, o socialista retornou ao município da Mata Sul na condição de líder da maior frente partidária já constituída em Pernambuco.

O próprio Paulo não conseguia esconder a emoção de poder voltar ao local onde iniciou sua carreira. “Ao chegar aqui, lembrei de como era vir a Ribeirão, há mais de 20 anos, todo dia às 7 h da manhã. Ajudei a abrir conta de alguns aqui e pude servir a população deste município”, resgatou, completando: “Como governador, poderei fazer muito mais ainda por vocês. É um compromisso”.

O retorno do “filho” a Ribeirão foi conferido pelas mais de três mil pessoas que lotaram o Clube da Maçonaria, que abrigou o evento. Paulo Câmara lembrou que foi nos Governos Eduardo Campos (PSB) que Ribeirão e todos os demais municípios da Mata Sul pernambucana deixaram de conviver com o medo de enchentes. Fenômeno que tanto castigou a região. “As barragens foram construídas e, hoje, vocês já não têm medo e as indústrias têm a segurança de vir para cá, gerando empregos”, frisou.

Representando a população local, a estudante Kassiana Ingrid Alves, de 20 anos, aproveitou também para questionar os interesses de adversários do socialista e seus históricos de opressão aos trabalhadores. “Usineiro não pode comprar a cidade. Não pode vir aqui, como há quatro anos, pegar nossos votos e só aparecer de novo na eleição”, bradou.

Os dois lados - O evento realizado em Ribeirão foi organizado por Marcelo Maranhão, segundo colocado nas eleições municipais de 2012. Ele destacou que trabalhará dia e noite para que Paulo conquiste uma vitória retumbante no município. “O povo sabe quem está com ele. E a Frente popular está”, pontuou.

Após o ato, Paulo, acompanhado pelo seu colega de chapa Fernando Bezerra Coelho (PSB), visitou a residência do prefeito Romeu Jacobina (PR), que também demonstrou engajamento na campanha. “Paulo é o melhor para Pernambuco. Ele tem as melhores ideias, e nós vamos nos dedicar inteiramente por sua vitória”, assegurou.

com informações da Assessoria.

 

 

Paulo se compromete em instalar a primeira escola técnica de panificação do Estado‏

Candidato participou, nesse domingo, do almoço em comemoração ao Dia dos Panificadores

Representantes da indústria de panificação ouviram, nesse domingo (27), uma boa notícia, vinda do candidato da Frente Popular ao Governo, Paulo Câmara (PSB). O socialista anunciou que implantará como governador uma antiga demanda do setor. “Assumo hoje com vocês o compromisso de instalar a primeira escola técnica de panificação de Pernambuco. Isso não impedirá, no entanto, que as outras escolas técnicas não especializadas — e serão 40 delas a partir de 2015 — também ofereçam capacitação dentro da atividade. Isso trará mais mão de obra qualificada para a produção, melhorando o serviço, gerando emprego e renda”, explicou o postulante.

O socialista participou do almoço em comemoração ao Dia dos Panificadores, promovido pela Epão, que reúne a Associação dos Industriais de Panificação de Pernambuco (AIPP), do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de Pernambuco (Sindipão) e da Cooperativa dos Industriais de Panificação, Confeitaria e Produtos Similares (Coopancosi). No evento, Paulo também informou a publicação do decreto do governador João Lyra Neto (PSB) que estabelece uma nova sistemática fiscal para o setor, elaborada quando o candidato ainda era secretário da Fazenda.

“A sistemática não atendia mais ao perfil da panificação atual, hoje, muito mais diversificado do que era antes. Construímos essa proposta junto com os empresários, sempre dialogando, e chegamos a um denominador comum, que atendia tanto aos interesses do Estado, quanto das panificadoras. Quando saímos da secretaria, em abril, deixamos uma proposta pronta e o governador teve sensibilidade de editar o decreto na semana passada”, lembrou Câmara.

O presidente da AIPP e da Coopancosi, José Cosme, afirmou que a categoria apoia a candidatura de Paulo Câmara como uma consequência lógica do que foi feito pelo Governo em benefício do setor nos últimos sete anos e meio. Ele citou a inclusão do pão na merenda escolar de toda a rede estadual de ensino como um exemplo dessa parceria. “A panificação em Pernambuco tem um compromisso muito forte com o Governo Eduardo Campos (PSB), que nos apoiou desde o primeiro dia de seu mandato. Entendemos que Paulo representa a continuidade desse trabalho e dessa parceria”, explicou o dirigente.

Paulo Câmara, por sua vez, garantiu que as ações vão continuar em seu Governo. “Vamos ampliar essa parceria. A inclusão do pão na merenda, por exemplo, será ampliada com a expansão das escolas de tempo integral, às quais terão acesso todos os alunos que quiserem se matricular”, exemplificou o socialista.

“Conhecemos Paulo como secretário e ele sempre demonstrou ser um técnico extremamente eficiente e firme, porém com muita sensibilidade. Ele prova que um técnico, um secretário de Estado, não precisa ser arrogante. Sempre nos recebeu com atenção e empenho, e eu passei a admirá-lo”, contou o presidente do Sindipão, Paulo Pereira.

Existem hoje em Pernambuco cerca de 4 mil estabelecimentos, que geram aproximadamente 40 mil empregos diretos e 120 mil indiretos. Apenas para o fornecimento para as merendas da rede estadual de educação, são produzidos atualmente 7 milhões de pães por mês.

 com informações da Assessoria.

 

Paulo Câmara destaca modelo de gestão do Estado e equilíbrio da máquina pública

Candidato participou, nesta terça (22), de debate promovido pelo Clube de Engenharia e ASSEMP

A máquina pública equilibrada e o momento especial que Pernambuco vive, iniciado há sete anos e seis meses, no Governo Eduardo Campos (PSB), foram apontados pelo candidato a governador pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), como fatores que lhe impulsionam para a disputa eleitoral. A afirmação foi feita nesta terça-feira (22), durante um debate com o adversário José Gomes Neto (PSOL), promovido pelo Clube de Engenharia de Pernambuco e pela Associação das Empresas de Planejamento e Consultoria Empresarial do Nordeste (ASSEMP).

“Como secretário em três pastas, eu participei da idealização, implantação e consolidação desse modelo de gestão, que mudou Pernambuco, provocando desenvolvimento, melhorando os indicadores sociais, e, ao mesmo tempo, reduzindo o endividamento, ampliando a poupança e a capacidade de investimento. Eu sei o Estado que vou encontrar”, explicou o socialista.

O socialista também ressaltou a capacidade de investimento do Estado. “Elevamos de R$ 800 milhões para R$ 3,7 bilhões a nossa capacidade de investimento na gestão de Eduardo. Pernambuco é o quarto Estado brasileiro que mais investe, e o primeiro, se levarmos em conta a proporção com a receita corrente líquida. Fizemos um Governo eficiente, com planejamento e regras claras; capaz de tirar as ações do papel, de fazer de Pernambuco um Estado competitivo, depois de 40 anos de declínio. Vivemos um novo momento”, avaliou o candidato.

Paulo citou, ainda, o aumento da participação do Estado no Produto Interno Bruto (PIB) da região Nordeste, de 21% para 24%; a atração de novas cadeias produtivas, que gerou um PIB industrial de 14,3%; e um total de R$ 64 bilhões de investimentos externos recebidos, neste período.

Segundo Paulo, a reformulação da máquina governamental e o crescimento econômico vieram acompanhados de melhorias também nos indicadores sociais, mostrando que o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida também são prioridades desse novo Pernambuco. “Nestes sete anos e meio, foram criados mais de 560 mil postos de trabalho, o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) vem crescendo acima da média nacional; a porcentagem de pessoas fora do racionamento de água cresceu de 13% para mais de 60%. Avançamos na saúde, com a construção de novos hospitais, das UPAs e das UPAs Especialidades; Pernambuco foi o único estado que reduziu ano a ano o número de homicídios”, relacionou o candidato.

Câmara afirmou que o sentimento que vem encontrando nas ruas desde que foi colocado como candidato é de reconhecimento dessas conquistas e da necessidade de continuar esse trabalho. “Mas Pernambuco ainda é um Estado pobre e ainda temos muito o que fazer. Vamos, por exemplo, levar as escolas de tempo integral a todo aluno que quiser se matricular, pois identificamos que esse é o caminho para uma formação mais completa; vamos complementar e humanizar o atendimento da rede estadual de Saúde, com mais consultas, mais exames e mais cirurgias; criaremos os escritórios de projetos, levando a experiência exitosa do Governo Estadual para ajudar os municípios a captarem recursos dos programas federais. O importante é que continuaremos nesse caminho de um Estado ágil e inovador, pensando naqueles que mais precisam”, garantiu o candidato.

 com informações da Assessoria.

 

Página 1 de 121234510...Última »