Arquivos da Tag: Heleno Araújo

SINTEPE – Reunião com o governo

Cumprindo o seu papel institucional e político, o SINTEPE provocou mais uma reunião junto ao Governo do Estado. A reunião aconteceu na terça-feira, 17, e o Governo de Pernambuco foi representado pelo Secretário de Educação e pelo Secretário Adjunto de Administração. Na pauta estiveram vários assuntos do interesse da nossa categoria profissional.

O Governo, como geralmente acontece, se colocou numa posição um tanto quanto evasiva. O SINTEPE, por sua vez, apresentou uma série de demandas que demonstra as dificuldades e os problemas enfrentados, no cotidiano, pelos trabalhadores em educação e pela comunidade escolar em geral. São situações que, na prática, precisam ser consideradas e resolvidas nas escolas e também no que diz respeito, mais especificamente falando, à vida funcional dos profissionais da rede estadual de educação.

Um dos assuntos tratados na reunião foi o bônus da Bienal do Livro. Em notícias divulgadas pela imprensa, o Governo afirmou que não iria conceder o bônus para os trabalhadores em educação na Bienal/2013, cujo valor em 2011 foi de R$ 200 para os professores. O SINTEPE não só cobrou a manutenção do bônus como também a ampliação do seu valor. Em resposta, o Governo informou que está verificando as possibilidades para assegurar o bônus da Bienal do Livro em Pernambuco. A Bienal vai ser realizada no próximo mês de outubro. Vamos continuar cobrando, aguarde mais informações.

O SINTEPE aproveitou também a oportunidade para denunciar o caso da Escola Cândida de Andrade Maciel, em Cajueiro Seco, Jaboatão dos Guararapes. A gestora da Escola pediu exoneração e hoje, a unidade escolar encontra-se com três gestores e muita confusão. Através do SINTEPE, a comunidade escolar exige do Governo uma reunião em caráter de urgência, para solucionar os problemas decorrentes do processo de municipalização do ensino, imposto pelo Estado.  Vamos aguardar, no sentido de que reunião aconteça esta semana. Fiquemos atentos.

O II Movimento Pedagógico Latino-Americano, homenageou quinta-feira (19), o educador pernambucano Paulo Freire, que na ocasião teve uma estátua erguida como sinônimo da sua luta por dias melhores.

Agenda

* 23 a 27/9 - Inscrições para o SPE, através do e-mail secgeral@sintepe.org.br e do fone: 81.2127 8852.

* 23/9 - Plenária Pré-Congressual dos delegados eleitos e sócios do Sintepe do Recife e Região Metropolitana, às 9h, no sindicato.

* 24/09 - Reunião dos Aposentados, a partir das 15h, no sindicato. No dia, serão escolhidos os delegados para o Congresso do Sintepe.

* 26/9 - Assembleia ASSEPE/SASSEPE, às 9h, no Sindifisco.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br

Congresso estadual é discutido em plenária do Sintepe

(Fotos: Marcio Souza / A Voz da Vitória).

Sindicalistas filiados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco  (SINTEPE) estiveram na tarde dessa terça-feira (17), na sede da Associação Comercial do Município da Vitória de Santo Antão (ACIAV), na Zona da Mata do Estado, para uma plenária envolvendo um debate pré-congressual. O intuito da reunião teve como mote fortalecer a pauta de discursos para o Congresso Estadual de Educação, que acontece entre os dias 25 e 27 de novembro, no Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife (RMR), além de abordar o momento em que vive a educação de Pernambuco.

Além de sindicalistas do município, se fizeram presentes filiados do Agreste do Estado, como Bezerros e Bonito, valendo destacar que encontro semelhante ocorreu também no período da manhã. Segundo a coordenação do sindicato, as plenárias municipais têm o intuito de fortalecer o discurso regional em relação às políticas nacionais de educação e preparar os delegados estaduais para a Conferência Nacional.

O Núcleo Regional é coordenado pelos professores Jeová Willians e Clícia Roberta. O Secretário para assuntos do interior, William Menezes, esteve na plenária abordando assuntos referentes as políticas educacionais, no tocante a conjuntura nacional e internacional. Ele ressaltou detalhes sobre a Conferência Nacional de Educação.

Confira na entrevista:

Pernambuco sediará o 2º Encontro do Movimento Latino-americano

De 19 a 21 de setembro, Porto de Galinhas sediará o Segundo Encontro Pedagógico do Movimento Latino-americano e o VIII Colóquio Internacional Paulo Freire. O primeiro evento é uma atividade do movimento sindical dos trabalhadores em educação, organizados, no Brasil, pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, na América Latina, pela Internacional da Educação para América Latina – IEAL e, no mundo, pela Internacional da Educação – IE.

O Colóquio, por sua vez, é uma ação promovida pelo Centro Paulo Freire Estudos e Pesquisas, com o apoio das universidades federais, sediadas em Recife, entidades acadêmicas, dos movimentos sociais e populares e agências de fomento.

 

SINTEPE – Homenagem a Paulo Freire

O II Encontro do Movimento Pedagógico Latino-americano e o VIII Colóquio Internacional Paulo Freire acontecerão aqui, em Pernambuco, entre os dias 19 e 21 de setembro.

No dia 19, a partir das 15h, haverá uma homenagem a Paulo Freire, a ser realizada na Universidade Federal de Pernambuco, no Lago do Cavouco, localizado entre o CCSA e o Centro de Educação, onde será inaugurada uma escultura de Paulo Freire, confeccionada pelo artista Abelardo da Hora.

Em seguida, apresentação de Maracatu e do Quinteto Violado, e depois, arrastão com Orquestra de Frevo.

PROFESSORES REVERTIDOS

Os professores revertidos, ao solicitarem exoneração, têm imediatamente o corte do pagamento no que se refere às aulas não mais ministradas. Até aí, há uma lógica. Porém, o problema está na implantação da progressão, por dentro do Plano de Cargos e Carreira, assegurada pela Lei Complementar 154/10, aos professores revertidos que pedirem exoneração. A progressão que deveria ser imediata, não acontece, demorando vários meses.

A FUNAPE culpa a Secretaria de Educação e a Secretaria de Educação culpa a FUNAPE, que acabam protagonizando mais uma trapalhada por dentro do Governo do Estado. No meio do ‘’vai e vem’’, sobra o problema para o ex-professor ‘’revertido’’, que mesmo contemplado pela Lei não recebe a progressão.

Na prática, os efeitos financeiros, assegurados pela legislação, acabam adormecendo, meses e meses, na Câmara de Política de Pessoal da Secretaria de Administração do Estado, gerando um incômodo e humilhante atraso.

O SINTEPE atento ao fato, vem buscando solução!

RECADASTRAMENTO DOS APOSENTADOS

A FUNAPE informou que o período para Recadastramento dos Servidores Aposentados do Estado, será divulgado em breve.

REUNIÃO URGENTE

O SINTEPE cobra uma reunião ao Governo, em caráter de urgência, para tratar assuntos do interesse da categoria, dentre eles, o bônus da Bienal do Livro.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br

 

SINTEPE questiona as escolas de referência

As Escolas de Referência foram criadas, em Pernambuco, como modelos de excelência em educação. Os governos, que idealizaram internamente os seus projetos, excluíram do debate segmentos importantes da área educacional. O SINTEPE, por exemplo, tem um enorme acúmulo em termos de conhecimentos e experiências que poderiam com certeza contribuir na construção de uma escola pública verdadeiramente de qualidade e para todos.

A falta de um debate consistente e mais aprofundado, considerando diferentes visões de mundo e de concepções sobre o processo educacional na esfera pública, contribuíram para fragilizar na prática a proposta governamental de escola em horário integral, nas “Escolas de Referência”.

A Escola Augusto Severo, em Piedade, Jaboatão dos Guararapes, é, segundo denúncias da própria comunidade escolar, um exemplo mal sucedido de “Escola de Referência”. Os problemas na infraestrutura, que não são de hoje, provocam muita insatisfação, deixando incomodados os trabalhadores em educação e os estudantes. Não é fácil para as quase 700 pessoas, entre educadores e estudantes, conviverem diariamente com ventiladores quebrados, falta de água para beber, banheiros sujos, além da falta de segurança dentro e fora da unidade escolar, considerando que duas professoras já foram vítimas de assaltos.

Os problemas nas “Escolas de Referência” não são exclusividade de um pequeno número de unidades, são vários os relatos que chegam quase que cotidianamente ao Sindicato. Nesse contexto, vale também lembrar que o SINTEPE vem propondo ao Governo do Estado um amplo debate sobre a educação pública que temos e a educação pública que a sociedade precisa e merece.

Não devemos e não podemos aceitar que a educação pública continue sucateada física e pedagogicamente. Não devemos e não podemos aceitar que a educação pública seja tratada como política de Governo e não como política de Estado. Não devemos e não podemos aceitar que o professor, que está na ponta do sistema e é o responsável direto pelo processo de ensino e de aprendizagem, continue desvalorizado, mal formado, mal assistido e mal pago. A educação de qualidade passa necessariamente pela valorização profissional e salarial dos trabalhadores em educação.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br.

 

“Mais atenção para a educação” – diz a nota do SINTEPE para esta semana

GREVE EM IPUBI

Na quarta-feira (28/8/13), a rede municipal de educação de Ipubi deflagrou greve por tempo indeterminado. A coordenação do SINTEPE no município informou que desde 2012 vem tentando negociar a reformulação do Plano de Cargos e Carreira (PCC) com a Prefeitura.

Apesar de várias reuniões, o Projeto de Lei discutido e acordado não foi encaminhado pela Prefeitura, que até hoje não justificou o fato. A Prefeitura também não fornece dados que comprovem a falta de recursos para a implantação do PCC. A paciência da categoria se esgotou e a greve foi deflagrada.

FATO INUSITADO NO PROCESSO DE MUNICIPALIZAÇÃO

Veja a que situação chegou a Escola Cândida de Andrade Maciel, em Cajueiro Seco, Jaboatão dos Guararapes. O Governo do Estado anunciou a municipalização da escola e na prática está impondo uma forma de gestão inusitada e fora de qualquer lógica educacional.

A Escola Cândida Maciel tem hoje uma situação interna que seria cômica se não fosse trágica. São três gestões dentro de uma mesma escola. O Município de Jaboatão com o ensino fundamental. A Escola Alzira da Fonseca, que fica a 1 km de distância, responde pelo ensino médio e pela educação especial. E para completar o quadro, mau “desenhado pelo Governo do Estado”, a Escola José Neves, a 2 km de distância, assume o Núcleo de Línguas e o Programa Travessia.

Achando pouco tudo isso, a Gestora da GRE/Metro Sul foi à escola e fez um verdadeiro “terrorismo”, aumentando a confusão dentro da unidade escolar. Diante dos fatos os trabalhadores em educação, lotados no estabelecimento de ensino, estarão nesta segunda-feira (2), na Secretaria Estadual de Educação, para definirem os seus futuros profissionais. O SINTEPE vai estar presente dando total apoio ao grupo.

REAÇÃO A MUNICIPALIZAÇÃO

A Escola Maria Cecília, em Surubim, reage contra o processo de municipalização. Na terça-feira (27) a comunidade escolar (estudantes, pais e trabalhadores em educação) realizou uma grande plenária na quadra esportiva.

O SINTEPE esteve presente e apoiou a iniciativa da escola no sentido de convocar, para uma reunião, os representantes da Secretaria Estadual de Educação, da Prefeitura e da Promotoria Pública para uma discussão sobre a municipalização.

AGENDA

04/09- Passeata em Defesa do SASSEPE, com concentração às 9h, no Derby, em frente ao IRH.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco –  SINTEPE

www.sintepe.org.br

 

Governo de Pernambuco: só problemas, afirma o Sintepe

O caos no Sassepe

O conjunto dos servidores está cada dia mais indignado. Está cada vez mais claro que o Governo do Estado está apostando na inviabilização do SASSEPE.

O FÓRUM dos servidores coordenado pela CUT, na última reunião da MESA GERAL, solicitou reunião específica para tratar da situação caótica em que se encontra o Sistema. A reunião foi solicitada para o dia 12, mas não aconteceu.

O caixa desequilibrado, o Governo participando com menos de 30% e os servidores com mais de 70% resultam em um déficit mensal em torno de R$ 3 milhões/ mês. O débito estocado está em torno de R$ 40 milhões. O quadro é crítico e é de falência.

A decisão da Assembleia do FÓRUM realizada no último dia 15, no SINDFISCO, foi denunciar à sociedade, como o Governo trata os servidores. Para o Governo, os servidores estaduais não devem ter direitos.

A Assembleia deliberou por um Ato Público com Passeata em Defesa do SASSEPE, no dia 4 de setembro, com concentração às 9h, no Derby, em frente ao IRH, o órgão responsável pela gestão do SASSEPE.

Vamos às ruas na luta, em defesa da mais importante conquista dos servidores, das últimas décadas, o SASSEPE. Exigimos reunião do Governo com o FÓRUM em caráter de urgência, urgentíssima. Saúde não pode esperar, é vida!

Histórias da Municipalização

A Escola Hortêncio Pereira Lima, em Trindade, funciona com ensino fundamental II, normal médio e ensino médio regular. A escola conta com 35 anos de funcionamento. Agora, o Governo quer jogar os estudantes em outra unidade escolar que não comporta a demanda e ainda em local de risco.

Alegam que a escola não tem prédio próprio, verdade, mas funciona num prédio cedido há 35 anos e ninguém tem pretensão de tomar. Alegam não haver demanda, tudo conversa fiada, há demanda sim, para até três escolas.

O Governo do Estado quando assumiu prometia mais escolas, na prática foi tudo ao contrário. No caso da Escola Hortêncio Pereira de Lima, até um terreno já foi doado para a construção de um prédio próprio, porém, estão empurrando para outra esfera administrativa.

A comunidade escolar está emocionalmente abalada e o processo de ensino e de aprendizagem comprometido. A comunidade pede a solução imediata do problema e reclama: “Nós somos gente e não objetos para sermos jogados de um lado para outro”.

AGENDA

28/08 – Assembleia Extraordinária para alteração da data do Congresso, às 14h, no SINTEPE.

29/08 – Seminário do SPE, 8h30 às 17h, Centro de Form. dos Servidores Públicos.

30/08 – Paralisação. Vem para luta!

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br  

Continuamos atentos, atesta o SINTEPE

Mais investimentos

O projeto que destina 75% dos royalties do petróleo para a Educação e 25% para a Saúde, foi finalmente aprovado na última quarta-feira (14), em Brasília. Os parlamentares aprovaram o projeto original da Câmara dos Deputados.

A aprovação do Projeto veio depois de muitas pressões, reuniões, debates, atos políticos e como resultado da reivindicação popular e da mobilização de diversas entidades, inclusive a CNTE, à qual o SINTEPE é filiado.

Os 10% do PIB para a Educação, no Plano Nacional de Educação (PNE), e a vinculação de recursos dos royalties do petróleo representam passos importantes para atingirmos as condições necessárias de investimentos que possam assegurar a educação pública de qualidade que almejamos e pela qual tanto lutamos.

A CNTE, afirma ser fundamental que os recursos se tornem realidade e estejam vinculados às metas do PNE e ainda, que haja a correta e necessária fiscalização no tocante a aplicação do dinheiro.

Municipalização

O Governo do Estado vem tentando impor a municipalização sem discutir com as comunidades escolares. A mobilização e a luta dos trabalhadores em educação, dos pais e dos alunos, com o apoio do SINTEPE, conseguiu reverter o processo de municipalização nas seguintes escolas do Recife: Motta e Albuquerque (Casa Amarela), Carlos de Lima Cavalcanti (Casa Amarela), Maria Amália (Casa Amarela) e Coronel Othon (Macaxeira).

Paralisação

30/08

Vem pra luta!

Pauta das Centrais Sindicais: 

*Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais sem redução de salários.

*Fim do fator previdenciário.

*10% do PIB para a Educação.

*10% do Orçamento da União para a Saúde.

*Transporte Público e de qualidade/mobilidade urbana.

*Valorização dos aposentados.

*Reforma Agrária.

*Suspensão dos Leilões de Petróleo.

*Contra o PL 4330 sobre a Terceirização.

Pauta da CNTE:

*Piso, Carreira e Jornada.

*Votação imediata do PNE.

*Profissionalização dos funcionários da educação.

*Contra a terceirização dos serviços públicos.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br 

SINTEPE – Sempre na luta

ASSEMBLEIA GERAL

Categoria aprova processo de negociação com o Governo do Estado:

1. Reajuste de 6,5% para os servidores do Quadro Técnico-Administrativo, a partir de setembro de 2013;

2. Retirada da ‘‘trava’’ de 5 anos para incorporação ao vencimento base da Gratificação de Curso Noturno (207), a partir de agosto de 2013, e retorno deste benefício aos servidores que, da edição da Lei Complementar nº 179/2011 até o momento, foram prejudicados quando da aposentadoria compulsória.

3. Concessão de progressões, a partir de agosto de 2013, para os servidores revertidos, que tiveram a sua reversão suspensa com a Lei Complementar nº 154/2010.

4. Adoção de medidas para a liberação do vale transporte aos servidores da Educação com exercício em Petrolina/PE.

5. Devolução dos valores referentes ao vale alimentação para os professores cedidos à Secretaria de Esportes, a partir de agosto/13.

6. Liberação de um adicional de R$ 2 milhões para pagamento dos processos que se encontram em atraso na SAD/CPP, a partir de dezembro/13, em 4 parcelas mensais e consecutivas de R$ 500 milhões. Já temos negociados R$ 5 milhões de agosto até dezembro.

SOS SASSEPE

Os jornais de grande circulação publicaram no dia 9/8, a caótica situação do SASSEPE. As informações tiveram base nos dados apresentados pela ASSEPE e pelo FÓRUM dos Servidores (coordenado pela CUT).

Os Servidores contribuem com mais de 70% e o governo com menos de 30% para compor o caixa do SASSEPE. Há um déficit mensal de 3 milhões e um débito estocado beirando os 40 milhões. O Hospital (âncora do Sistema), em obras há mais de um ano, está desabastecido e sem mão de obra para o seu pleno funcionamento. As consequências são as dificuldades que os beneficiários enfrentam em busca de consultas, exames, cirurgias e demais procedimentos.

A sustentabilidade do SASSEPE é urgente e de responsabilidade do governo e dos servidores. Nós assumimos a nossa, o governo precisa assumir a sua, para que o Sistema sobreviva.

Segunda-feira (12/08), reunião do FÓRUM dos Servidores e da ASSEPE com o Governo para tratar do caos.

Quinta-feira (15/08), Assembleia do FORUM dos Servidores (com todos os Sindicatos) e a ASSEPE, para avaliação e posicionamento diante da resposta do Governo.

MUNICIPALIZAÇÃO

SINTEPE acompanha escolas na GRE Metro Sul, nesta segunda-feira (12), e ao mesmo tempo, exige posicionamento oficial da Secretaria de Educação.

RECONHECIMENTO

SINTEPE/CUPIRA recebe voto de aplauso da Câmara de Vereadores.

PLENÁRIA DOS ADMINISTRATIVOS

16/08, no SINTEPE, às 9h.

PARALISAÇÃO NACIONAL

30/08/13

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br.  

Trabalhadores em educação participam de primeira assembleia

Os trabalhadores em educação participam da primeira assembleia do segundo semestre, realizada na manhã desta terça-feira (6). A atividade acontece no Teatro Boa Vista, centro do Recife. Para o diretor do Sintepe, Fernando Melo, o momento servirá para repassar a continuidade do processo de negociação com o governo, que é de interesse de todos os segmentos, professores, técnicos e administrativos.

Entre os pontos da pauta, que será debatida estão: Informes Gerais, Campanha Salarial, Congresso Estadual do SINTEPE, aprovação do prazo final para o recebimento dos contracheques dos aposentados, sócios do Sintepe, referentes aos meses de novembro de 1998 a maio de 2000, para encaminhamentos jurídicos referentes a devolução do desconto indevido do Ipsep.

Com informações da Assessoria/FolhaPE.

 

SINTEPE convoca Ato Público nesta terça

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE, convoca Ato Público nesta terça-feira (30), às 9h na Secretaria de Educação de Pernambuco, contra o processo de Municipalização imposto pelo Governo do Estado.

AGENDA:

30/07 – 15h. - Plenária dos Aposentados, no auditório do Sintepe – Recife;

30/07 - é a data limite para inscrições do Seminário de Formação do Projeto SPE. Tema: Diversidades Sexuais. Informações: 81.2127.8852.

06/08 – 9h. - Assembleia Geral, no Teatro Boa Vista, Recife.

www.sintepe.org.br

 

Cristina Buarque participa de programação do Dia da Mulher Negra no Sintepe

A Secretária Estadual da Mulher, Cristina Buarque, participou nesta quinta-feira (25), da mesa de abertura do III Seminário Mulheres Negras: Ancestralidade e Cultura, Garantindo Espaços Dentro da Sociedade. O evento ocorreu na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), em Santo Amaro e reúne mulheres ligadas aos movimentos de mulheres voltados para a igualdade racial, para debater temas referentes a este segmento da população, como a racismo institucional, saúde e a educação, entre outros.

O encontro ocorre pela terceira vez consecutiva, e homenageou o dia da Mulher Negra da América Latina e do Caribé. O evento é promovido pelo Coletivo de Mulheres Negras de Pernambuco, em parceria com o Coletivo de Entidades Negras – CEN e o Grupo Nacional de Gênero com Doença Falciforme e contou com o apoio da SecMulher – PE.

Cristina Buarque fez uma fala na mesa temática sobre “A Mulher Negra e as Políticas Públicas no Brasil e em Pernambuco”, onde destacou a importância do fortalecimento dos movimentos sociais no atual momento político brasileiro, o de negação do patriarcado e a desvalorização de modelos existentes. “Os movimentos sociais devem estar preparados para o novo”, diz a secretária.

Cristina Buarque também avaliou que as manifestações populares que vem ocorrendo em todo o País, não são inerentes apenas a juventude, mas a toda a população brasileira. A gestora disse que acredita na força de dois segmentos diferentes na construção deste momento político: as mulheres e a população negra. “Esse é um grande momento para a população negra, pois é um segmento comprometido com suas questões, que são inegociáveis, como a cidadania”, comenta a secretária.

Na primeira mesa do seminário, além da secretária estavam presentes as representantes do Coletivo de Mulheres Negras de Pernambuco, Lindacy Assis, do Movimento Negro Unificado – MNU- PE, Marta Almeida, e Coordenadora Estadual de Atenção à Saúde da População negra – PE, Miranete Arruda. Foram debatidos os temas Políticas de Atenção à Saúde da População negra e as Mulheres com doença Falciforme, no Brasil e em Pernambuco e Mulheres com Doença Falciforme : Avanços e Perspectivas. Após os debates, haverá uma rodada de negociações sobre um planejamento de ações permanentes, com a finalidade de fim de garantir a inclusão das Mulheres Negras nas Agendas Políticas Municipais e Estaduais, com a participação de várias mulheres que atuam com ações referentes ao segmento de mulheres negras.

Petrolina – A SecMulher-PE apoiou também o I seminário de Mulheres Negras, realizado em Petrolina pelo Coletivo de Mulheres Negras de Pernambuco, com o apoio da Comissão de Defesa e Direitos da Mulher. O evento contou com a presença de mulheres da zona rural e urbana dos municípios de Petrolina, Afrânio, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista. A Coordenadora Regional do sertão do São Francisco, Normeide Farias, esteve presente ao evento representando a SecMulher.

 

Sintepe – BDE e municipalização

Os dois principais assuntos da semana para os trabalhadores em educação da rede estadual de ensino foram: o Bônus de Desempenho Educacional (BDE) e a municipalização do ensino.

No caso do BDE, foram 519 escolas “contempladas”, o que representa 56% do total de instituições de ensino da rede estadual. O Governo de Pernambuco vai repassar R$ 60,1 milhões para 23 mil trabalhadores em educação que receberão, cada um, valores que vão variar de R$ 726,00 a R$ 3.873,00. Segundo o Governo, as escolas premiadas atingiram metas que foram pactuadas previamente.

O SINTEPE se posiciona contrário ao Bônus, defendendo que os recursos financeiros sejam utilizados para a melhoria do salário do professor, que é o pior do Brasil. Defendemos a utilização do dinheiro do Bônus, por dentro do Plano de Cargos e Carreira e na forma de salário, repercutindo também na aposentadoria e não apenas uma gratificação paga anualmente e com critérios nunca esclarecidos.

O SINTEPE discute também a eficácia do Bônus de Desempenho quando observa que não há crescimento no percentual de escolas que atingem, segundo o Governo, as “metas educacionais”, quando comparamos 2011 e 2012 (divulgado em 2013). Outro dado preocupante é a média do IDEPE, muito baixa, 3.4.

O nosso Sindicato propõe um amplo debate, envolvendo o Governo do Estado e a Sociedade, para discutirmos a educação em Pernambuco. Consideramos ser relevante o confronto sadio de ideias na perspectiva de encontrarmos saídas e tentarmos evitar que o Governo permaneça adotando medidas que não apontam para soluções concretas dos problemas educacionais.

A municipalização do ensino, outro assunto que dominou a nossa semana, tem se tornado um verdadeiro caso de violência contra as comunidades escolares entregues pelo Estado aos Municípios. Os professores, os técnicos, os funcionários e os estudantes, estão sendo tratados com total falta de respeito pelo Governo do Estado. A postura, em alguns casos, arrogante dos representantes do Governo chega a impressionar. Vamos colocar o assunto como um dos destaques da pauta da reunião com o Secretário de Educação, marcada para o próximo dia 24 de julho. Qualquer informação sobre o assunto entre em contato com o SINTEPE.

REPÚDIO

O SINTEPE repudia a atitude da GRE Metro Sul, que impediu a participação de dirigentes sindicais, na reunião que tratou sobre a municipalização das escolas, realizada no último dia 17.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br

Heleno Araújo, presidente do SINTEPE, aborda ensino público com Geraldo Freire

(Foto: Hivor Danierber/LeiaJáImagens).

O Debate da Rádio Jornal da quarta-feira (17/07), tocou num tema bastante polêmico: a educação pública no Brasil. O comunicador Geraldo Freire, da Rádio Jornal, conversou sobre os alunos, os professores, as escolas, a história do ensino público e as diretrizes das escolas do governo com o professor da UPE, Otto Benar, a deputada estadual Tereza Leitão (PT) e o presidente do Sintepe, Heleno Araújo.

Confira a entrevista completa clicando AQUI.

Sintepe realiza conselho de representantes

O SINTEPE realizou ontem (16) e dá continuidade hoje (17), ao Conselho Estadual de Representantes, na cidade de Gravatá, no Agreste. Essa importante instância do Sindicato está prevista no Estatuto da entidade e se constitui num importante e significativo momento de avaliação e de planejamento.

O Conselho de Representantes reúne a diretoria do SINTEPE, os representantes setoriais, os coordenadores de núcleos regionais e de núcleos municipais, além dos delegados municipais e da representação dos aposentados. Até o meio dia de ontem (16), mais de 150 integrantes se credenciaram para participar do Conselho, assegurando assim uma relevante representatividade política ao evento, que conta com a participação ativa da categoria, através de seus representantes, vindos de todas as regiões de Pernambuco.

Na manhã desse primeiro dia de Conselho, foi realizada uma Análise de Conjuntura. Na mesa de debate estiveram: a Deputada Estadual Teresa Leitão (PT), a Deputada Federal Luciana Santos (PCdoB) e o ex-vereador do Recife Múcio Magalhães (PT). As explanações sobre a conjuntura alcançaram o objetivo esperado e foram elogiadas pelos participantes do Conselho.

A análise de conjuntura serve de parâmetro para as avaliações que serão feitas e para a elaboração do planejamento do segundo semestre. Os trabalhos seguem até às 16h desta quarta-feira, segundo a programação.

 com informações da assessoria.

 

SINTEPE marca presença no Dia Nacional de Luta

O SINTEPE esteve presente nas ruas, dessa vez participando do Dia Nacional de Lutas convocado pela Centra única dos Trabalhadores (CUT) e por mais Centrais Sindicais. A manifestação aconteceu na quinta-feira, 11 de julho, ocupando o Centro do Recife. O SINTEPE participou defendendo as reivindicações gerais da sociedade e mais uma vez a pauta de reivindicações dos trabalhadores, bem como as questões específicas da educação pública.

A pressão exercida pelos movimentos sociais e pelo movimento sindical, com certeza leva a alguma mudança de postura dos governantes. O povo na rua, cobrando atitude dos que governam, é o caminho mais eficaz para a resolução dos graves e antigos problemas sociais brasileiros.

A nossa mobilização nos locais de trabalhão deve ser intensa após o retorno do recesso escolar, visando a importante Assembleia de nossa categoria marcada para o próximo dia 1º de agosto. Todos nós, professores, técnicos educacionais e funcionários administrativos, temos questões em comum e questões específicas que precisam de respostas efetivas e urgentes por parte do Governo do Estado.

As negociações marcadas com o Governo de Pernambuco estão pelo menos até agora confirmadas. No dia 22 de julho com o Secretário de Administração e no dia 24 com o Secretário de Educação.

Em cumprimento ao Estatuto do SINTEPE e como parte da nossa organização e forma de mobilização, será realizado o Conselho Estadual de Representantes de nosso Sindicato. Durantes dois dias, 16 e 17 de julho, vamos discutir coletivamente a conjuntura, avaliar o primeiro semestre e planejar o segundo semestre, dentre outras importantes questões que possam nortear a continuidade de nossa luta e de nossas ações.

Participam do Conselho de Representantes: a diretoria do SINTEPE, os representantes setoriais e coordenadores de núcleos.

 Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE

www.sintepe.org.br

Página 5 de 14« Primeira...3456710...Última »