Arquivos da Tag: Eduardo Campos

Em Brasília, Dilsinho Gomes busca investimentos para Moreno

O prefeito eleito de Moreno, Dilsinho Gomes, viajou à Brasília para participar de um seminário promovido pelo PSB, com os gestores que vão assumir o cargo em janeiro. O partido foi o que mais cresceu nas últimas eleições, aumentou em 42% o número de prefeituras que irá comandar em 2013 no Brasil.

Em Pernambuco, Dilsinho foi o terceiro socialista que obteve a vitória com mais folga. Ele chegou a pouco mais de 88% dos votos válidos. A votação do seu principal adversário, o ex-prefeito Vavá Rufino, foi anulada por conta que sua candidatura estava impugnada.

Com o evento, o PSB pretende ajudar os novos prefeitos com as dificuldades iniciais de seus mandatos, tanto para que correspondam à responsabilidade que a sociedade atribuiu ao partido nas urnas, quanto para que possam expandir o jeito PSB de governar. “Vamos colocar à disposição deles experiências, ferramentas e subsídios que serão importantes não só para os que vão necessitar fazer a transição de outros governos, mas também para aqueles que já estão nos mandatos e foram reeleitos” destacou o presidente nacional da sigla, o governador de Pernambuco Eduardo Campos.

 

Servidores estaduais de Pernambuco começam a receber salário de novembro nesta quarta

NE10

Os servidores aposentados e pensionistas do Governo de Pernambuco recebem o salário de novembro nesta quarta-feira (28). Esse é o primeiro grupo a ter o pagamento, que segue até a sexta (30), depositado.

Os funcionários ativos da Secretaria de Educação recebem nesta quinta (29). Na sexta, é a vez de todos os outros servidores. Os mais de 220 mil contracheques têm impacto de R$ 600 milhões aos cofres públicos.

 

Alepe libera mais R$ 400 milhões para o Governo do Estado

Blog do Jamildo

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou, na última quarta-feira (21), novo projeto de lei de autoria do Executivo autorizando o Governo a contratar operação de crédito com a Caixa Econômica Federal no valor de R$ 400 milhões. Na condição de antecipação de um empréstimo de mesmo montante a ser contratado no Exterior e já autorizado em outubro (Lei nº 14.798/2012) pela Assembleia Legislativa.

Na justificativa, o governador Eduardo Campos (PSB) diz que os recursos antecipados pela Caixa “terão a mesma destinação” dos R$ 400 milhões que serão contratados junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) até agosto de 2013.

“A linha de crédito foi disponibilizada pelo Governo Federal para possibilitar que os Estados acelerem o ritmo dos seus investimentos”, adianta Eduardo. Os projetos são em mobilidade, recursos hídricos e transportes.

 

Lula Cabral, Prefeito do Cabo, está de malas prontas para o PSC

Blog do Jamildo

O prefeito do Cabo de Santo Agostinho – no Grande Recife -, Lula Cabral, recebeu um convite do vice-presidente nacional do PSC, Everaldo Pereira, para assumir o comando da legenda em Pernambuco, cargo ocupado atualmente pelo deputado federal Carlos Eduardo Cadoca. O prefeito está sem partido há cerca de seis meses, quando deixou o PTB. Em entrevista na rádio JC/CBN Recife nesta quarta-feira (21), o prefeito disse que está analisando a proposta e, antes de aceitar, vai conversar com o governador Eduardo Campos (PSB); o secretário estadual da Casa Civil, Tadeu Alencar; e Cadoca.

“Não quero tomar espaço de ninguém, fui convidado e estou analisando a possibilidade. Vou para o PSC se tiver o aval do governador. Se não, vou para o PSB”, ponderou. O encontro com Cadoca deve ocorrer nesta quinta (20).

Lula já vai participar de um encontro nacional do sócios-cristão para discutir o balanço das eleições municipais deste ano e definir articulações para os próximos nesta sexta (23) e sábado (24).

Questionado sobre seu rumo político no ano que vem, quando deixará a Prefeitura após ter eleito seu atual vice-prefeito, Vado da Farmácia (PSB), ele desconversou. Apenas disse que vai estudar inglês em janeiro para se aperfeiçoar.

O prefeito saiu do PTB após ter defendido a candidatura de Guilherme Uchôa (PDT) para presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) – nome bancado também pelo seu irmão, o deputado estadual Everaldo Cabral -, enquanto o PTB discordava.

Apesar da discordância, ele disse que “não tem nada contra” o senador e presidente estadual dos petebistas, Armando Monteiro. “Se o governador Eduardo Campos disser que o candidato do grupo a governador é Armando, vou subir ladeira em campanha para ele. Ele [Armando] tem todo o direito de pleitear uma candidatura”, comentou, sobre a eleição de 2014.

 

“Estou à disposição para servir a Pernambuco”, diz André de Paula

Folha de Pernambuco

Com projeto de retornar à Câmara Federal em 2014, o presidente do PSD, André de Paula, não descarta assumir uma secretária no governo de Eduardo Campos (PSB) em 2013. Fora do cenário político, o ex-deputado disse estar pronto para servir ao Estado e aguarda a decisão do socialista junto com a Frente Popular nas próximas semanas. “Eu estou pronto para servir a Pernambuco de qualquer forma, seja como secretário ou suplente. Meu projeto é voltar para Câmara daqui a dois anos, se isso acontecer vou ficar muito feliz, mas isso depende do governador Eduardo Campos”, afirmou o ex-parlamentar, durante entrevista à Rádio Folha FM 96,7, ontem. André já teve o nome cogitado para a pasta da Agricultura, da qual já foi titular no Governo de Jarbas Vasconcelos (PMDB).

Em busca de uma maior legitimidade no cenário político de Pernambuco, o PSD também pretende ingressar no governo de Geraldo Julio (PSB) em 2013. Sem nenhum representante na Câmara dos Vereadores no próximo ano, o partido almeja um cargo importante na Prefeitura do Recife para ajudar no crescimento da legenda. “Eu acho que política cumpre etapas, esse novo programa que Geraldo Julio pretende implantar vai ser o retrato das novas forças políticas que fazem parte do projeto. E queremos fazer parte da Frente Popular e estaremos ao lado do novo prefeito”, relatou.

No cenário nacional, o PSD tem a possibilidade de comandar um ministério no Governo Dilma (PT), mas, diferentemente da política local, o partido não deve ficar preso ao projeto petista para as eleições de 2014. “Eu acho que não há nenhum problema em participar do Governo Dilma, ela viabilizou a constituição do nosso partido, mas isso não impede de termos um projeto político independente nos próximos anos”, destacou o ex-deputado. Ele referiu-se ao apoio à outra candidatura presidencial, como a do governador Eduardo Campos (PSB), a quem aponta como o maior aliado na construção da sigla pessedista.

O ministério especulado seria o das Micro e Pequenas Empresas que Dilma planeja criar e entregar ao prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD). André de Paula, contudo, não vê com muita simpatia, já que a pasta não teria tanta estrutura para o partido deixar a sua marca.

De acordo com André de Paula, o maior desafio do PSD, depois das eleições deste ano, é manter a unidade entre os partidários eleitos e os que não conquistaram mandatos. “Muitos que não tiveram sucesso no pleito saíram fortalecidos, eles podem ser candidatos a deputados federais e estaduais. Nossa pretensão é construir uma chapa, e a manutenção da unidade é imprescindível”, concluiu.

 

Lei que determina lojas a cumprirem prazo de entrega de mercadorias é sancionada em PE

As lojas com sede física em Pernambuco serão obrigadas a cumprir os prazos de entrega de mercadorias aos seus clientes. O governador Eduardo Campos (PSB) sancionou a Lei nº 14.823/2102, que obriga as lojas a fixarem, no ato da compra, a data e o turno para entrega do produto. A lei foi publicada no Diário Oficial dessa terça-feira (6). Agora, as terão o prazo de 60 dias para se adaptar à norma.

A Lei foi sugestão do deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB), após constatar o aumento no número de queixas de consumidores em relação a atrasos no serviço de entrega de mercadorias oferecido pelos estabelecimentos comerciais. Ele contou com a colaboração do Procon-PE para elaborar o projeto.

Segundo o deputado, o foco principal da proposta é não omitir informações ao consumidor, evitando transtornos e aborrecimentos para todos os envolvidos, cliente e fornecedor. “A data e o turno para entrega fica a critério da loja. A nossa preocupação é que o prazo seja cumprido. É um direito do consumidor e que deve ser respeitado”, explica o petebista.

De acordo com a nova Lei, caso o tempo determinado pela loja não seja cumprido, o responsável receberá uma advertência e, havendo reincidência, uma multa que varia de R$ 1 mil a R$ 10 mil por entrega. A Lei vale apenas para compras presenciais, ou seja, aquelas efetuadas pessoalmente pelo consumidor nas lojas com sede física, não abrangendo compras pela internet.

Com informações do Blog do Jamildo.

 

João Lyra ficará à frente do governo estadual até o próximo dia 26

O vice-governador João Lyra Neto (PDT) assumiu sábado à noite o comando do governo estadual em razão da viagem do governador Eduardo Campos à Italia para descansar com a mulher e os filhos.

João Lyra compareceu ao Aeroporto dos Guararapes em companhia da chefe do Cerimonial, Ângela Pragana, para assinar o livro de posse.

Antes de viajar, o governador passou a limpo as suas relações políticas e pessoais com a presidente Dilma Rousseff e acertou com o prefeito eleito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), os quadros que iria ceder-lhe para composição do governo municipal.

Foram cedidos o secretário do planejamento Alexandre Rebelo e os presidentes da Cehab (Nilton Mota), do Condepe/Fidem (Antonio Alexandre) e da Ad-Diper Márcio Steffan

 

Eduardo convida ministro do Supremo para se filiar ao PSB

Blog do Inaldo Sampaio

Informa o JC desta quinta-feira, na coluna do jornalista Cláudio Humberto, que o governador Eduardo Campos convidou o presidente do STF, ministro Carlos Ayres Britto, para se filiar ao PSB a fim de disputar uma vaga no Senado por Brasília na eleição de 2014. Ayres Britto, que é sergipano de Propriá, já pertenceu ao PT antes de chegar ao Supremo.

Ele vai se aposentar compulsoriamente no próximo dia 19, data em que estará completando 70 anos, e será substituído no cargo pelo “belicoso” Joaquim Barbosa, que ontem voltou a bater boca no plenário da Corte com seus colegas Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski.

 

Ranilson Ramos deve substituir Romário Dias no Tribunal de Contas

A próxima vaga a ser aberta no Tribunal de Contas do Estado (TCE), com a aposentadoria do conselheiro Romário Dias, que pendura as chuteiras em maio, deve ser ocupada pelo secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, homem forte do governador Eduardo Campos. A cadeira pertence à Assembleia, mas não tem que ser necessariamente um deputado.

Para Ranilson ser emplacado, no entanto, sua indicação tem que contar com o apoio de 25 deputados, que subscrevem a indicação com o respaldo do presidente da Casa, Guilherme Uchôa (PDT). O deputado Clodoaldo Magalhães (PTB) andou se movimentando, mas já recebeu o sinal do Palácio de que o governador vai bancar Ranilson. (Blog do Magno).

 

Governador bate forte na Celpe

Jornal do Commercio

Os moradores de Serra Talhada e algumas cidades vizinhas levarão mais um mês sem receber a água da Adutora do Pajeú porque não foi instalado o sistema elétrico do empreendimento devido à dificuldade de assinar um contrato para a prestação desse serviço entre a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e o Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs). O fato irritou o governador Eduardo Campos, que criticou a postura da distribuidora.

“A procuradoria do Dnocs entendeu que a Celpe colocou algumas cláusulas abusivas. Entramos em contato com a empresa para retirá-las e recebemos um e-mail informando que não era possível”, explicou a coordenadora estadual do Dnocs, Rosana Bezerra. A região passa por uma grande estiagem.

Segundo Rosana, a procuradoria do Dnocs considerou cláusula abusiva o fato da Celpe colocar um prazo máximo de 10 dias para o pagamento do serviço depois da sua conclusão e também a exigência que o Dnocs teria que pagar uma quantia por perdas e danos à Celpe, caso esse prazo não fosse cumprido.

Anteontem, quando o governador Eduardo Campos (PSB) estava visitando as obras da Adutora do Pajeú, em Serra Talhada, a coordenadora estadual do Dnocs entregou a Eduardo uma cópia do contrato que a Celpe desejava que o órgão assinasse.

Depois disso, o governador criticou publicamente a Celpe por não fazer obras para os pobres e estar contribuindo para o atraso das obras dos governos estadual e federal. “Ela (Celpe) não pode tratar o governo federal como um cliente, é um acinte, um achincalhe com a lei, porque uma empresa privada, que pertence a um fundo de pensão de um banco público, não pode constranger um órgão público que quer levar água a quem está morrendo de sede”, disse.

De acordo com informações do governo do Estado, a Celpe receberá R$ 3,48 milhões e deverá executar a implantação do sistema elétrico num prazo máximo de 120 dias na 1ª etapa do sistema, que vai de Floresta até Serra Talhada. A Celpe e o Dnocs passaram um mês sem chegar a um entendimento sobre a assinatura do contrato. Inicialmente, a água chegaria a Serra Talhada em novembro. Com a demora, isso só ocorrerá em dezembro.

Após os comentários do governador, a Celpe retirou as cláusulas abusivas e o contrato de instalação do sistema elétrico foi assinado entre a Celpe e o Dnocs ontem pela manhã.

A assessoria de imprensa da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informou que a empresa reconhece a importância e a urgência da obra do sistema adutor do Pajeú e que, desde julho, adquiriu e vem transportando para a região todo o material necessário ao projeto (70 toneladas de cabos, 42 quilômetros de rede e 600 postes).

Ainda de acordo com a Celpe, para o cumprimento das suas responsabilidades, a empresa aguardava as condições legais que foram obtidas ontem por meio de contrato assinado com o Dnocs dentro das normas da Aneel.

 

Leitor do Blog mostra-se revoltado com a situação da PE-45

( Foto: Arthur Xavier)

Por Arthur Xavier, leitor do Blog

“Veja como o nosso imposto está sendo aplicado na rodovia PE-45, que liga Escada à Vitória de Santo Antão. Há mais de um ano, e por incrível que pareça, encontra-se do mesmo jeito: muito buraco.

Na semana passada três carros (Corolla, Fox e Corsa) capotaram devido à presença de brita na pista. Gostaria que o Secretário de Transportes, Isaltino Nascimento, se pronunciasse sobre esta situação, pois os acidentes estão acontecendo constantemente. Os valores destinados para a restauração foram na casa dos R$ 23,3 milhões. Observação: e para restauração de 34,4km?

Eu dependo todo santo dia dessa Rodovia para ir pro meu colégio que fica em Vitória, gostaria que o governador e seu Isaltino viessem andar no ônibus que eu ando, se arriscando todo santo dia para ter uma boa educação não só sou eu não, são também crianças.

Como o Governador Eduardo Campos está dizendo por aí que vai ser o presidente… se para dominar uma Rodovia tá assim, imaginem se estiver na presidência.

Acorda Governador, a PE-45 Acabou!”

por Arthur Xavier.

 

Pernambuco sanciona lei que exige tabela nutricional dos restaurantes fast food

Diário de Pernambuco

O governador Eduardo Campos sancionou uma lei estadual nessa quarta-feira (31), determinando que os restaurantes de Fast Food devem informar aos consumidores os índices nutricionais e calóricos dos alimentos oferecidos pelo estabelecimento. As especificações devem ficar em uma tabela afixada em local visível e de fácil acesso.

A lei passa a entrar em vigor a partir desta quinta-feira (1º) diante da sua publicação no Diário Oficial do Estado de Pernambuco. A empresa que descumprir a lei receberá uma advertência na primeira autuação. Se durante a segunda fiscalização a situação ainda não estiver regularizada, o estabelecimento pode receber uma multa que varia entre o valor de R$ 100 a R$ 100 mil, graduada de acordo como o porte do estabelecimento e o grau de reincidência.

 

Servidores estaduais fazem paralisação de advertência nesta quinta

Vários serviços públicos estaduais devem ser interrompidos nesta quinta-feira em Pernambuco por conta de uma paralisação de advertência dos servidores. As categorias envolvidas no movimento reivindicam vários pontos que, segundo eles, estão sendo negligenciados pelo governo do Estado. Além da paralisação de advertência, o Fórum dos Servidores do Estado está planejando um ato público no cruzamento da Rua da Imperatriz com a Rua do Hospício, no centro do Recife, a partir das 9h.

Até agora, entidades como o Sindicato dos Servidores Públicos Civis do Estado de Pernambuco (Sindserpe), o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Seguridade Social no Estado de Pernambuco (Sindsaúde-PE) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) confirmaram participação na paralisação de advertência e no ato público. Outras categorias, porém, também estão se mobilizando para participar das atividades.

Para que sejam implantadas no dia 1º de janeiro (data base da categorias), as mudanças devem ser encaminhadas pelo Governo à Assembleia Legislativa de Pernambuco até metade do mês de novembro. Caso isso não ocorra, não há tempo hábil para que os projetos sejam votados na Alepe.

Com informações do Diário de Pernambuco.

 

Cientista político vê vitórias localizadas

HELY: Eduardo está sendo falado nacionalmente

O debate das eleições de 2014 está entre os principais assuntos dos líderes nacionais dos partidos que mais cresceram no pleito deste ano. PMDB, PSDB, PT e PSB devem articular nos próximos meses suas possíveis coligações para a próxima corrida eleitoral.

Para o cientista político Hely Ferreira, cada partido cresceu ao seu modo, conseguindo importantes vitórias nas eleições. “Cada um tem seu cres­cimento diferenciado: o PT conseguiu sair vencedor do principal colégio eleitoral do País (São Paulo); o PSDB conseguiu vencer em algumas cidades importantes como Maceió e Manaus; o PMDB tem o maior número de prefeituras; e o PSB também teve um crescimento significativo, principalmente em Fortaleza, onde venceu uma briga com o PT”, analisou o sociólogo, durante entrevista à Rádio Folha FM 96,7, ontem.

Sobre a possível ruptura do governador Eduardo Campos (PSB) com o PT para concorrer às eleições presidenciais, o cientista político acredita que o socialista deve ser um dos postulantes ao pleito, independente da relação que terá com os petistas nos próximos anos. “Não acho que ele (Eduardo Campos) pode ser chamado somente de um líder político local. Ele está sendo falado nacionalmente. Acredito também que a oposição tenha que mostrar soluções, e o governador pode mostrar falhas que nenhum outro aliado teria coragem de apontar e no momento que as ideias do PSB criar um mal-estar pode haver um rompimento entre os partidos”, avaliou.

Ao contrário do que muitos analistas afirmam, Hely Ferreira comenta que Fernando Haddad (PT), vencedor das eleições do município de São Paulo, não surgiu do nada para concorrer ao pleito.

“O problema é que as pessoas pensam que o candidato do PT tem que ser militante esquerdista, sindicalista, mas o partido está mudando de perfil, já perdeu essa cara faz tempo”, comentou Hely. Em relação à vitória de Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM) em Salvador (BA), Hely comentou que o democrata ganhou o pleito mais pela representatividade de sua família do que pela importância partidária. “O DEM ganhou uma sobrevida com a vitória de ACM Neto, mas é preciso analisar também a influência familiar na sua vitória em Salvador”, ressaltou.

 

1º de novembro haverá Paralisação Estadual, convoca o Sintepe

Atenção

Servidores Públicos e População de Pernambuco

No Governo Eduardo Campos…

- O salário base pago a parcela dos servidores é menor que o salário mínimo nacional;

No Governo Eduardo Campos…

- É negado o direito ao vale transporte a uma grande parte dos servidores;

No Governo Eduardo Campos…

Há mais de três anos permanece o mesmo valor de R$ 7,00 para a alimentação diária do servidor;

No Governo Eduardo Campos…

- As diárias dos motoristas e outros servidores não cobrem as despesas das viagens à trabalho;

No Governo Eduardo Campos…

- O Estado acumula dívidas com médicos, clínicas e hospitais credenciados ao Sassepe, prejudicando a saúde dos servidores;

No Governo Eduardo Campos…

- Acumula-se uma dívida de trabalhos realizados pelos servidores num valor já superior a R$ 20 milhões;

No Governo Eduardo Campos…

São publicadas medidas que interferem na organização de classe dos servidores.

Denúncia e protesto

Contra omissões e descasos, convocamos greve de 24h, no dia 1º de novembro, com ato público às 9h, na Rua da Imperatriz, em Recife. Exigimos pleno atendimento da pauta de reivindicações, entregue em maio deste ano.

Fórum dos Servidores do Estado – Coordenado pela CUT-PE.

Agenda:

29 e 30/10 – Dia 29, Plenária dos Administrativos, às 9h, no auditório G2 da Universidade Católica. Nesse mesmo dia, começa às 14h, o VII Encontro de Funcionários da Educação Estadual. A atividade termina no dia 30 e tem como tema: “Quem éramos, quem somos e quem queremos ser?”

30/10 – Reunião dos/as aposentados/as, às 15h, no Sintepe (Participação da Assessoria Jurídica).

Falecimento

É com pesar que informamos o falecimento do ex-funcionário as APENOPE e do SINTEPE, o nosso companheiro Manoel Alves de Siqueira (Responsável pela Gráfica), ocorrido no último dia 25/10.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – Sintepe

www.sintepe.org.br.

 

 

Página 20 de 44« Primeira...1018192021223040...Última »