Arquivos da Tag: As Virgens

Neste domingo, será a vez das Virgens de Glória do Goitá

O Bloco Jogo das Virgens de Glória do Goitá, na Zona da Mata Norte pernambucana, esbanja irreverência quando os ‘marmanjos’ se vestem de mulher para bater um bolão em campo de futebol. Espontâneas, ‘as virgens’ brilham com desenvoltura, batom, muita purpurina e salto alto quando entram em campo.

As Virgens glorienses prometem sacudir o Carnaval 2014 de Glória do Goitá. Um dos Blocos carnavalescos mais irreverentes do Carnaval da cidade desfila neste domingo, dia 02 de março, a partir das 9h da manhã, saindo da Arena Bonsucesso, percorrendo as principais ruas da cidade. A atração principal ficará por conta da Banda Axé e Swing e conta também com Orquestra de Frevo. As melhores performances (fantasia, irreverência e adereços), ganharão premiação.

 com informações de Valdir Luiz, da Rádio Goitacaz FM.

 

Bloco das Virgens anima os foliões na prévia do Carnaval de Vitória‏

Vânia América teve que parar de cantar várias vezes por conta da falta de estrutura durante o desfile

O tradicional desfile em sua 31ª edição tomou as ruas de Vitória neste sábado e contou mais uma vez com a apresentação da cantora Vânia América

O Bloco das Virgens de Vitória de Santo Antão completa 31 anos de criatividade, irreverência e tradição. O evento do último Sábado (22), partiu da Praça do Livramento e seguiu até o Pátio de Eventos, conforme o novo percurso definido pelo Poder Público. Quem ficou responsável pela animação dos foliões foi a cantora Vânia América.

Cerca de 20 mil pessoas acompanharam as irreverentes “virgens” de Vitória. As virgens mais belas do desfile contaram com premiações do 1º ao 3º lugar.

PERCURSO

Grande parte das pessoas contactadas pelo Blog A Voz da Vitória durante o desfile desaprovaram o novo percurso para os Blocos de Trios Elétricos. Além disso, mais uma vez a Prefeitura da Vitória de Santo Antão não se organizou para a festa, pois era notório a escuridão nas ruas e sobretudo na Rua Rui Barbosa, no Centro. A multidão reclamou e vaiou dois grandes intervalos em que o trio elétrico parou nas proximidades do hospital. Há uma determinação do som parar nestes casos, contudo a distância do trio para o hospital era imensa, ou seja, a passagem do desfile em toda a extensão da Rua Melo Verçosa parecia procissão. Virou uma rua morta para o Carnaval! Valendo frisar que os trios elétricos sempre respeitaram em outras edições quando da passagem defronte à hospitais.

Brigas e consumo de entorpecentes eram vistos em pontos escuros do percurso. Não se via ainda um aparato médico suficiente para aquela multidão, somado ao fato das correntes usadas para a interdição das vias serem ineficazes para socorro e ou fuga da multidão. Moradores do trajeto ficaram impedidos de guardar seus veículos em casa, pois a Prefeitura não havia disponibilizado os adesivos de permissão de passagem, foram registrados muito “bate boca” entre moradores e guardas dos pontos interditados.

Desabafando no Facebook de nossa página, o leitor Leonardo Freitas resumiu o sentimento geral: “Faltou mais organização na mobilidade! Entrei anteontem na cidade de Vitória e quase não saia mais, total falta de respeito com o cidadão, ruas interditadas, ninguém para dar informação, e o cidadão que paga seus impostos tem seus direitos negado. LAMENTÁVEL!”.

A ausência de banheiros químicos era gritante. Apesar da forte presença da Polícia Militar, podia-se notar a insegurança quando o desfile passava em ruas estreitas. De pronto, provou-se que o desfile das Virgens requer atenção do Poder Público como um todo. Não se pode permitir que um evento de grande porte como este seja pormenorizado. Além destes impactos, a ausência de gerenciamento dos problemas estruturais foi notadamente percebida.

Os fios elétricos e os semáforos não foram devidamente isolados para a passagem dos trios. Sem contar os carrinhos de mão com vendas de bebidas que atrapalhavam de palmo a palmo a passagem dos foliões. Finalizando, propaganda eleitoral extemporânea foi registrada quando todos os cordeiros estavam uniformizados com o nome de um pretenso candidato a deputado estadual.

 

 

ABTV propõe união de blocos e troças para dinamizar o Carnaval de Vitória

Bruno, Pierre, Nildo e Jonatha garantiram a pluralidade musical da Feijoada da ABTV. Fotos: A Voz da Vitória/Equipe

Abrindo os preparativos para o Carnaval 2014 da Vitória de Santo Antão no último sábado (1º), no Restaurante Gamela de Ouro, a Associação de Blocos de Trio Elétrico da Vitória (ABTV), promoveu a 3ª edição de sua festiva Feijoada. O evento contou com a participação da imprensa local, artistas da terra, orquestra de Frevo, patrocinadores e foliões, além dos dirigentes de Blocos e Troças do Carnaval vitoriense.

Um dos momentos mais esperados do evento foi a entrega das homenagens a grandes personalidades do passado e do presente, entre eles os carnavalescos falecidos recentemente, Sérgio Tarso e Lêda Costa, assim como o artista Duda da Passira, através de seus familiares, receberam as devidas homenagens. O Clube de Fados Taboquinhas, representado pela sua diretoria, recebeu uma estatueta simbolizando a passagem dos seus 90 anos. Os atuantes carnavalescos Elminho Ferrer (Troça ETsão) e José Varela (Clube dos Motoristas) também foram festejados pelos relevantes serviços prestados ao Carnaval de Vitória.

Para Charles Romão, presidente da ABTV, espera-se que o Carnaval 2014 da Vitória de Santo Antão cumpra sua histórica função de assegurar sua identidade cultural. Romão teceu críticas a forma como vem sendo conduzida as decisões em torno da logística do Carnaval vitoriense, lamentando que as troças carnavalescas que são exemplos de organização e compromisso com a genuína Festa de Momo, estejam subordinadas a uma entidade inerte para intervir junto ao Poder Público. Ele se referiu a Associação do Carnaval Tradicional Vitoriense (ACTV) que perdeu sua legitimidade após a morte do seu fundador Paulinho Oliveira. “Seria bom e urgente que as troças se unissem para ter uma entidade mais forte, pois só assim, a ABTV poderia ter mais um aliado para todos termos um carnaval plural e mais participativo”, avaliou Charles Romão. Vários dirigentes criticaram a condução que vem sendo tratado o percurso do desfile dos blocos e troças e aguardam uma reunião para definir a respeito no próximo dia 05 de fevereiro.

Nenhum representante do Poder Executivo vitoriense compareceu ao evento. Do Poder Legislativo estavam presentes Dr. Saulo Albuquerque (SDD), Novo da Banca (PSD) e o Prof. Edmo Neves (PMN) – Presidente da Câmara de Vereadores da Vitória.

Durante a feijoada, quem comandou a festa foram os artistas que teve Bruno e Márcia Barros como cicerones. Um dos momentos mais emocionantes foi quando se formou o quarteto entre Bruno, Nildo Ventura, Pierre e Jonatha Chocolat, interpretando grandes sucessos do Frevo pernambucano. Vale destacar ainda a presença da Orquestra Ciclone, do Maestro Givaldo Barros, que agradeceu com muito frevo a homenagem prestada neste sábado, pelo que se tornou na atualidade a tradicional Troça ETsão e ETsuda no sábado de Zé Pereira em Vitória, sempre arrastando uma grande multidão pelas ruas da cidade e é hoje uma das maiores e melhores Troças do Carnaval de Vitória. Para Elminho Ferrer, presidente do ETsão, este declarou em seu pronunciamento na Gamela de Ouro, o fato da Troça hoje ser um patrimônio do povo de Vitória. “Antes o divisor do carnaval vitoriense era a Girafa, Cebola Quente e Camelo, hoje não se consegue registrar o Carnaval de Vitória se não tivermos o ETsão. O fato é que hoje o sábado de Carnaval com o ETsão representa uma legítima agenda para brincar os outros dias em Vitória e região”, avaliou Elmo Ferrer, anunciando que em 2014 a Troça vai contar com duas orquestras: Ciclone e A Venenosa.

Ciente que hoje há uma dependência dos Trios Elétricos em paralelo com as Troças com Orquestras de frevo, o Carnaval de Vitória vai se redesenhando para um novo formato, e isso se desenvolve à margem do Poder Público. Quem sempre fez e continua fazendo o tradicional carnaval de Vitória é o povo. Sabendo desta singularidade, as entidades que congregam os guerreiros diretores destas agremiações precisam se unir e discutir os novos desafios que se colocam diante do Carnaval da Cidade, para evitar em médio prazo que nós percamos um dos grandes patrimônios da Terra das Tabocas.

Confira as imagens…

 

 

Feijoada da ABTV abre oficialmente o Carnaval da Vitória de Santo Antão

Foi dada no último sábado (12), no Restaurante Gamela de Ouro, em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata do Estado, à largada para o Carnaval 2013 no município através da Associação de Blocos de Trio da Vitória (ABTV), que realizou a 2ª edição de sua festiva Feijoada. O evento contou com a participação da imprensa local, orquestra de Frevo, patrocinadores e foliões, além dos dirigentes de Blocos e Troças de nosso Carnaval.

Um dos momentos mais esperados do evento foi a entrega das homenagens a grandes carnavalescos do passado e do presente, entre eles Paulo Oliveira o “Paulinho da ACTV” (ex-presidente da Associação do Carnaval Tradicional da Vitória – In memorian), e o empresário Antônio Tibúrcio (“Sitonho do Posto” –  In memorian). Além destes, Guilherme Pajé (comunicador), Orlando de Souza Leão (folião), Joel Neto (desportista), Henrique Rodrigues de Lima (dirigente do Clube dos Motoristas “O Cisne”), e Arijaldo Carvalho (jornalista), também foram agraciados.

Para Charles Romão, presidente da ABTV, espera-se que o Carnaval 2013 da Vitória de Santo Antão seja o melhor de todos os tempos, pois reuniões rotineiras estão sendo realizadas desde o ano passado, onde foi definida a logística referente ao evento. Após a feijoada quem comandou a festa foram os artistas Nildo Ventura e Serginho & Banda, interpretando grandes sucessos do Frevo pernambucano. Foi notada as ausências do Prefeito Elias Lira (PSD), e do Secretário de Cultura, Turismo e Esportes Paulo Roberto.

Confira as imagens…

 

Virgens de Glória do Goitá esbanjam glamour pelas ruas no Domingo de Carnaval

do PE360°

Vestidos de “moças”, os homens participam de um jogo no campo do Bonsucesso, bairro da Nova Glória, e depois invadem as principais ruas da cidade pela 6ª vez

Alegria, purpurina e muito glamour. As Virgens de Glória de Goitá, cidade da Zona da Mata Norte, desfilam irreverência neste Domingo de Carnaval. Vestidos de “moças”, os homens participam de um jogo no campo do Bonsucesso, bairro da Nova Glória, e depois invadem as ruas da cidade, pelo 6º ano consecutivo.

O desfile segue até a Praça de Eventos, onde acontece o concurso da virgem mais bela, da mais simpática e da mais feia. O vencedor de cada categoria volta para casa com R$ 300. E para fechar o dia e animar ainda mais os foliões, a banda Axé e Swing se apresenta no palco da praça.

Abertura da folia vitoriense ficou por conta das Virgens

As Virgens de fato foram a principal atração da noite desse sábado (26) em Vitória de Santo Antão. Uma multidão nas ruas confirmou o sucesso de anos anteriores, consagrando as Virgens como o Bloco que abre a programação carnavalesca com forte tradição e animação completando 28 anos “que ninguém come”.

Além das Virgens, houve o Baile Municipal no Polo do Livramento, via-se ainda os desfiles do Bloco Te Kero, que não foi arrastado por uma multidão, porém contribuiu para que a noite fosse de grande efervescência popular.

A tradição foi confirmada com toda a irreverência e alegria dos foliões que abusaram do colorido e das fantasias engraçadas. Em uma espécie de “vale tudo”, “as meninas” abusaram da roupa da prima, da irmã e até podia-se ver fantasias luxuosas bancadas por quem queria “abafar”.

Vânia América agitou os foliões que resistiram até o final da madrugada. Como sempre, foi escolhida por uma comissão julgadora a melhor fantasia da noite. Foi bastante perceptível a participação de foliões caracterizados que vieram de outras cidades para o desfile. Os melhores momentos de descontração o leitor poderá conferir com as fotos… “das princesas da passarela, tão belas… tão belas!”

Por Josimar Cavalcanti
e equipe.

As Virgens e o Baile agitam o sábado em Vitória de Santo Antão

As Virgens como sempre arrastam multidão



Irreverência, alegria e belíssimas fantasias certamente é o que veremos no tradicional desfile das Virgens vitorienses, um dos maiores blocos da cidade no sábado que antecede o Carnaval em Vitória de Santo Antão. Tendo como atração a cantora Vânia América, o próximo sábado (26) promete ser agitado nas principais ruas do Centro da cidade, pois além do desfile das Virgens haverá o terceiro Baile Municipal com a Banda Pinga Fogo, na Praça Leão Coroado, próximo a Estação Cultura.
Antes do Baile Municipal, marcado para às 20h, deverá sair o desfile da Rua Imperial seguindo até a Praça onde será realizado o evento. Oficialmente o Carnaval 2011 da cidade será aberto, devendo contar a partir daí com uma variada programação.

SEMANA PRÉ-CARNAVALESCA:
SáBADO

26/02 – Abertura oficial do Carnaval – Baile Municipal e desfile de todos os bichos – Rua Imperial – 20h seguindo até a Praça Leão Coroado com a apresentação da Banda Pinga Fogo.


26/02 – Bloco Mulheres Mil – Rua Imperial – 20h
26/02 – Bloco Te Kero – Livramento – 22h
26/02 – As Virgens – Matriz – 22h30

DOMINGO

27/02 – Bloco AI,AI,AI,UI,UI – Praça do Fórum – 09h
27/02 – Bloco os Barrigas D’água – Sítio do Meio-Lídia Queiroz – 10h
27/02 – Bloco os Caninhas - Praça 3 de Agosto 11h
27/02 – Troça Turma da Praça – Matriz 11h
27/02 – Bloco As Quengas em FOLIA – Alto da Ponte – 11h
27/02 – Bloco Adrenalina em Folia – Livramento – 12h
27/02 – Bloco O Bem e o Mal – Cajá – 13h
27/02 – Bloco Bode do CAIC - Água Branca – 14h
27/02 – Baby Alegria – AV. Silva Jardim – 16h
27/02 – Bloco 93,5 – AV. Silva Jardim – 21h

QUINTA-FEIRA

03/03 – Bloco Frevo Criança – Livramento – 18h
03/03 – Melhor Idade em Folia – Rua N. Sra. de Fátima – 19h
03/03 – Troça Vai com Tudo – Livramento – 20h
03/03 – Bloco do Fera – Praça Diogo de Braga – 21h

SEXTA-FEIRA

04/03 – As Vizinhas – Matriz – 19h
04/03 – Boi Malhado – Rua N. Sra. de Fátima – 19h
04/03 – Grupo DE FADOS “Taboquinhas” – Casa dos Pobres – 19h
04/03 – Bloco Sou + – Água Branca – 20h
04/03 – Troça Madeirinha - Rua da Madeira – 20h
04/03 – Os Depravados – Livramento – 21h




por Lissandro Nascimento.

Os "momentos" com as VIRGENS DA VITÓRIA

Prévias carnavalescas é destaque do ciclo de debates no Mesa Redonda

O Programa A VOZ DA VITÓRIA em sua Mesa Redonda apresentada na Rádio Tabocas FM (98,5) ocorrido na sexta feira (22) discutiu mais uma vez os Preparativos do Carnaval da Vitória de Santo Antão para 2010. O apresentador Lissandro Nascimento recebeu Representantes de Troças e Blocos carnavalescos da cidade.
Para este debate estiveram presentes os Representantes da Troça Carnavalesca O Regresso – Gilberto Lorena, o Representante da Troça Carnavalesca Os Gaiatos – Jonathan Francisco, o representante do Bloco As Virgens da Vitória – Denílson; Representando o Boi Gereba, o Bloco dos Artistas e o Bloco Gereba – Leonardo Edardna (Bad Léo), assim também como grande carnavalesco da cidade, representando A ZEBRA – o Senhor Ralêu e o Fernando da Troça Os Dominados do Cajá.

Depois de uma rodada de apresentações entre os participantes, o Apresentador Lissandro Nascimento, começou a roda de entrevistas com o tradicional Bloco As Virgens da Vitória, representado por Denílson.

“O objetivo das Virgens da Vitória desde que começamos a organizar a partir do ano de 2002, fazem, portanto, 8 anos que estamos na organização, e que este ano As Virgens completa 28 anos ‘e ninguém come’, começamos nesta nova empreitada depois da morte do Saudoso Brivaldo que era o antigo presidente, Eu, o Arthur e o Djalma, atraímos mais Virgens com esse modelo que vemos hoje de premiação. Hoje é um atrativo turístico para o Município, colocamos nas Ruas da Vitória cerca de 800 Virgens e mais 1.400 foliões de abadás. As Virgens da Vitória em 2010 vem novamente com Vânia América, já arrasta o Bloco há oito anos e vem com tudo para 2010”, salientou Denílson.
Indagado pelo apresentador sobre alguns problemas percebidos no ano passado, Denílson colocou que “o importante seria que a Secretaria responsável fechasse as Ruas por volta das três da tarde e que disponibilizasse guindastes para fazer a evacuação das ruas para os que desfilam nos Blocos”, sugeriu.

Lembrando que As Virgens da Vitória saem no dia 06 de Fevereiro com Vânia América por volta das 22h.

Hérika Araújo representando a Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte da Prefeitura falou sobre o II Baile Municipal que acontecerá no dia 05 de Fevereiro abrindo o Carnaval das Alegorias 2010, o qual este ano vem com o tema “Vitória, onde os bichos se encontram”.

A coordenadora de Cultura, Herika Araújo, colocou que na abertura do Carnaval contará para este grande Baile ao ar livre ótimas expectativas a partir das 20h no dia 05 de fevereiro com o Concurso de Fantasias, que este ano terá premiação de R$ 1.500,00 (Um mil e quinhentos Reais) nas categorias: adulto, juvenil e mirim; premiação para os primeiros, segundo e terceiro lugares de cada categoria.
Terá também grupo de passistas, Corso com carros decorados, a retomada do Encontro de Estandartes, a apresentação do Rei Momo e da Rainha do Carnaval, queima de fogos e toda a irreverência do Carnaval das alegorias e dos bichos da Vitória de Santo Antão. Estarão presentes todas as troças e blocos do Carnaval vitoriense nesta abertura, pelo qual as festividades do Carnaval 2010 começarão na Rua Imperial com destino ao Polo da Estação da Cultura, informou.

Ainda teve no Programa sorteios de Kits dos Blocos Gereba e As Virgens da Vitória.

A Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte informou ainda que a Equipe da Secretaria juntamente com a ACTV está a disposição dos Organizadores de Blocos e Troças da Vitória de Santo Antão para organizarem as suas documentações, sendo necessário ter no mínimo uma diretoria com quatro pessoas sendo Presidente, Vice Presidente, Tesoureiro e Secretário, para a formalização de CNPJ em facilitação da captação de patrocínios. Qualquer dúvida procurar a ACTV ou a Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes da Vitória.

Gilberto Lorena colocou ainda da participação do Regresso neste carnaval que estar em seu 3º ano nas ruas, trazendo as antigas marchinhas e frevos canções, frevos de rua, relembrando assim os antigos carnavais vitorienses. Formado por um grupo de amigos junto com a Orquestra Avalovara, saindo no dia 11 de fevereiro, tendo cerveja, água mineral, frisando que só terão cinquenta camisas e será uma coisa modesta, acrescentou.

Tivemos Leonardo Edardna que pontuou a saída do Bloco e do Boi Gereba que saem duas vezes no carnaval vitoriense, uma com o Boi Gereba e outra com o Bloco Gereba. Citou que este ano sairá com a Banda Cia do Quarto e virá com grandes novidades saindo no dia 05 de Fevereiro (em Pombos) e no dia 07 de Fevereiro (Vitória de Santo Antão). “Os dois dias com a mesma banda em cidades diferentes, garantirá com o abadá a participação nos dois”, pontuou Bad Léo.

Ainda tivemos a participação do Jonathan falando um pouco da novidade do Carnaval 2010 sendo essa o Bloco Os Gaiatos que já se concentra há quatro anos e neste ano vão desfilar nas ruas da Vitória com concentração na Praça João Pessoa com concentração às 19h. do dia 12 de fevereiro e saída às 20h.

O nome “Os Gaiatos”, segundo ele, “vem de longa data, tempos de escola, sairemos com orquestra e com muita alegria e frevo. Teremos a nossa prévia carnavalesca no dia 29 de Janeiro às 20h. no Bar de Gena, local de nossa concentração do carnaval”, informou.

Importante participação nesta Mesa Redonda de uma das Troças que saem com Carros Alegóricos A Zebra, através de seu representante o Ralêu da Zebra, como é conhecido.

Ralêu colocou dos 105 anos das Alegorias da cidade Vitória de Santo Antão, pontuando que o Carnaval da Cidade é mais velho que o próprio frevo. A zebra vem às ruas este ano homenageando o Centenário de Joaquim Nabuco. Citou a importância do Tema escolhido pelo Carnaval 2010 “Vitória, onde todos os Bichos se encontram”.
Para ele o carnaval vitoriense é repleto de Troças e Blocos com nomes de bichos, daí a importância de ações estruturadoras que vêm sendo tomadas pela Prefeitura. Afirmou que o carnaval é de povão e que será colocado pela A Zebra o seu carro alegórico, refletindo um Carnaval do povo e para a família vitoriense.

Os Dominados vêm de um grupo de amigos que em uma mesa de bar foram rastreados pelas suas mulheres e assim saiu o nome ‘o Dominado’ que já fazem quatro anos de carnaval nas ruas da Vitória de Santo Antão, saindo do Bairro do Cajá, na Terça Feira de Carnaval, com os abadás ao preço de R$ 15,00 (Quinze Reais), com cerveja, Água mineral, feijoada, refrigerantes e muitas frutas, informaram.

Ainda o Denilson das Virgens da Vitória colocou que este ano o processo de escolha das Virgens 2010 terão a premiação de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) e ganhará uma pernoite no Hotel C’kisabe e o modelo de escolha será com 15 jurados, serão 5 jurados especificos para cada categoria e as categorias são 1.a mais bonita; 2. a mais criativa; 3. a mais animada. pois no ano passado eram 10 jurados para escolher os vencedores de todas as categorias. pontuou.
Sendo assim foi lembrado que dia 05 de Fevereiro Vitória terá a Abertura Oficial do seu Carnaval promovendo o Baile Municipal a partir das 20h. na Rua Imperial. Os Blocos As Virgens da Vitória desfilam no dia 06 de fevereiro com Vânia América as 22h. da Praça da Matriz; já O Bloco Gereba sai no dia 07 de fevereiro às 16h. da Praça da Matriz, depois do Bloco Baby Alegria; reforçando assim o Carnaval 2010 da Vitória de Santo Antão “onde os Bichos se encontram”.

Apresentação: Lissandro Nascimento.
Produção: Jáder Siqueira, Orlando Leite e Gilberto Júnior
Equipe:
Genilda Alves, Berg Araújo, Emerson Lima,Cláudio Gomes.

AS VIRGENS arrastam multidão nas ruas da Vitória

Irreverência, alegria e belíssimas fantasias foram as marcas do tradicional desfile das Virgens vitorienses, que acabou legitimado como um dos maiores blocos da cidade no sábado que antecede o Carnaval das Alegorias 2009. Puxado pela cantora Vânia América, as ruas da cidade foram tomadas pela multidão que aguardou o desfile das “meninas” e dos foliões que garantiram o maior desfile já visto em todos os anos deste Bloco.

Carregado de sucessos do momento, a banda não esqueceu de valorizar o frevo pernambucano que acabou contagiando a todos. Após o Baile Municipal Popular que garantiu a Abertura Oficial do Carnaval da cidade na última sexta-feira, As Virgens mostrou neste sábado (14) faltando, portanto, sete dias para a folia oficial, o que será a festa de Momo este ano. Prestigiado por diversas autoridades, além da multidão, podia-se ver a recepção dos moradores dos prédios por onde o desfile passou, marcando presença com varandas enfeitadas e gestos de alegria.

Cabe registrar os impactos negativos.
O maior desfile já visto deste bloco acabou cercado em diversos pontos do desfile de inúmeras “brigas”, provando que o efetivo de segurança contratado pela diretoria do bloco não foi suficiente. Não se conteve também a invasão dos que estavam fora da corda de isolamento da agremiação. Notou-se ainda a insensibilidade entre as dezenas de foliões que atiravam bebidas alcoólicas aleatoriamente contra os participantes, inclusive contra a imprensa estadual, presente no evento. Os cordeiros (os contratados para isolar o desfile do bloco) não estavam devidamente orientados, sobrecarregando o trabalho da segurança contratada. A bebida alcoólica em embalagem de vidro era comum em todo percurso.

Externamente provou-se à Prefeitura do Município para os próximos anos, que não basta criar regras tão somente para o período de Momo. Faz-se necessário ordenar também a Semana Pré-Carnavalesca. O trânsito foi caótico, apesar do esforço da Guarda Municipal. Veículos estacionados durante o percurso do desfile foi penosamente visto, provando que os motoristas ainda não se conscientizaram da importância deste evento para a municipalidade. Além dos vendedores ambulantes que invadiram as calçadas impedindo o acesso dos que acompanhavam o desfile, ainda das barracas indevidamente instaladas e a ausência de banheiros públicos. Apesar da forte presença da Polícia Militar, podia-se notar a insegurança quando o desfile passava em ruas estreitas.
De pronto, provou-se que o desfile das Virgens requer atenção do Poder Público como um todo. Não se pode permitir que um evento de grande porte como este seja pormenorizado. Além destes impactos, a ausência estrutural foi notadamente percebida.

O Bloco As Virgens, através de sua diretoria, deve deixar claramente exposto suas regras de premiação. Pelo segundo ano consecutivo os foliões reclamaram dos critérios de premiação de melhor fantasia, criatividade e irreverência de seus participantes. Em 2008 criaram a premiação para a melhor fantasia do público Gay (separado dos heteros), não se repetindo este ano. Levando em consideração que este tipo de público são mais cuidadosos na produção de fantasias. Não foi esclarecido devidamente aos participantes, os critérios e modalidades de escolha da Comissão Julgadora.

A contagiante agitação musical de Vânia América garantiu o sucesso do desfile. Soma-se a isso o retorno de milhares de populares fantasiados, fora do cordão de isolamento, que acompanharam por todo o percurso, um dos, já confirmados, blocos de maior público vitoriense.


Por Lissandro Nascimento,
com Sérgio Roberto.