• Ceclin
set 24, 2018 0 Comentário


SINTEPE: Lançada a Plataforma da Classe Trabalhadora

CUT-PE e sindicatos lançam a Plataforma da Classe Trabalhadora para as Eleições 2018

A CUT-PE e seus sindicatos filiados, dentre eles o Sintepe, lançaram na manhã da sexta-feira (21/09), a Plataforma da Classe Trabalhadora para as Eleições 2018, no Sindicato dos Bancários de Pernambuco, na Boa Vista, em Recife. A Plataforma reúne as propostas da classe trabalhadora para Pernambuco nas áreas de serviço público, comunicação e cultura, educação, agricultura familiar, saúde dos trabalhadores, mulheres, juventude, segurança pública e trabalho, emprego e renda.

Na ocasião, o documento foi entregue à candidata a vice-governadora de Pernambuco na chapa do Psol, Gerlane Simões. Todos os candidatos ao governo do Estado foram convidados para o ato de entrega da plataforma, mas apenas o PSol, que tem Dani Portela como candidata ao governo, enviou representante. “Vamos dar uma atenção muito especial a essas propostas”, comentou Gerlane Simões.

Com a entrega do documento, os representantes dos trabalhadores querem que os candidatos ao governo se comprometam a implementar a Plataforma, caso sejam eleitos. “Só aqueles que assumirem o compromisso de usar o mandato parlamentar a serviço dos interesses coletivos do povo trabalhador, deverão contar com o voto da nossa classe”, destacou o presidente da CUT-PE em exercício, Paulo Rocha, acompanhado por Liana Araújo, secretária da Mulher Trabalhadora da CUT.

A Plataforma foi construída durante 12 plenárias, que tiveram início no último mês de maio, realizadas em todas as regiões do Estado. Participaram da construção da Plataforma representantes dos sindicatos filiados a CUT, movimentos sociais, trabalhadores e trabalhadoras de forma em geral, além de especialistas em cada área.

Em sua apresentação, a Plataforma relembra o golpe dado pela elite política e econômica nacional e internacional, auxiliados por parcela da Justiça e grandes meios de comunicação, contra a classe trabalhadora. Golpe que vem retirando, dia após dia, uma série de direitos conquistados pela população brasileira ao longo das últimas décadas.

X COLÓQUIO INTERNACIONAL PAULO FREIRE

No dia 20 de agosto o X Colóquio Internacional Paulo Freire, teve a contribuição de acadêmicos de Portugal, da Argentina e do RS, explanando sobre o legado do Mestre, suas passagens pelo Chile, Estados Unidos, Portugal e países africanos, bem como a mundialização da sua obra “A Pedagogia do Oprimido”, que fez 50 anos, e a internacionalização da sua imagem como educador global.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – SINTEPE