• FAMAM
  • Ceclin
nov 26, 2018 0 Comentário


Servidores federais já têm agenda de luta até fevereiro

coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira

Ascom Sindsep-PE

Final de ano chegando e a Condsef/Fenadsef – que representa a base do Sindsep-PE nacionalmente – já prepara a categoria para as lutas que virão em 2019, contra o governo de extrema direita de Jair Bolsonaro. Para enfrentar as adversidades que estão por vir, a entidade tem um calendário de luta definido até fevereiro. São encontros, reuniões e seminários.

“Não fugiremos da luta, seja qual for o governo. Eles virão com tudo para cima dos trabalhadores. Querem aprovar uma reforma da Previdência que deixará muitos sem possibilidade de se aposentar. Querem aprovar o fim da estabilidade. Também tentarão desmobilizar os sindicatos e centrais sindicais para impedir a defesa dos trabalhadores. Continuaremos defendendo os serviços públicos e os trabalhadores. O próximo governo já demonstrou que irá para cima dos servidores. Mas iremos dar uma resposta a altura com a união de todos em defesa de nossos direitos”, afirmou o coordenador geral do Sindsep-PE, José Carlos de Oliveira.

Esta semana já tem agenda em Brasília. Nesta segunda, 26 de novembro, a Condsef/Fenadsef reúne a Comissão Nacional de Empregados da Conab para discutir questões relacionadas ao acordo coletivo, assinado recentemente, e também para debater a proposta de reestruturação da empresa pública.

Na quarta, 28, tem Seminário Nacional da Cultura, e, dia 29, Encontro Nacional do Departamento de Educação e Cultura da federação. É que esses setores estão sendo alvos de ameaça, tanto do governo Temer quanto do próximo (Bolsonaro), que assume em janeiro.

Em dezembro, nos dias 7 e 8, tem Encontro Nacional dos Empregados da Ebserh. A ideia é discutir a minuta do Acordo Coletivo de Trabalho 2019/2020 da categoria, eleger a Comissão Nacional para Negociação desse acordo, além de debater o cenário e perspectivas para 2019.

Em fevereiro tem Encontro de Comunicação da Condsef/Fenadsef com seus sindicatos filiados, entre eles o Sindsep-PE, que apresentará sua contribuição ao tema. Na ocasião, serão discutidas estratégias de comunicação contra hegemônica, levando em consideração as novas mídias e o perfil atual do servidor público brasileiro.

Por fim, também em fevereiro, está prevista uma Reunião do Conselho Deliberativo de Entidades da Condsef/Fenadsef, onde serão avaliadas as últimas ações e também fechado um novo calendário de luta.

A agenda de atividades até o início do ano que vem foi fechada na última reunião do CDE, realizada no último dia 8, em Brasília. “A ideia é já começarmos o ano mobilizados”, observou José Carlos.

Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE