• Ceclin
nov 06, 2018 0 Comentário


Semana Nacional de Conciliação acontece até sexta (9) em Pernambuco

De hoje (5) até sexta (9), os tribunais de justiça de todo o país unem esforços para a resolução dos milhares de conflitos que se arrastam nos processos judiciais com a realização da 13ª edição da Semana Nacional de Conciliação, com o conceito "Conciliar, a decisão é nossa". Promovida pelo Conselho Nacional de Justiça, só em 2017 foram realizadas mais de oito mil audiências de conciliação, que resultaram em 3.902 acordos. Nos 18 Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (SEJUSC) do estado, os processos são executados durante todo o ano. A proposta do mutirão tem o objetivo de diminuir a fila de processos civis que podem chegar a uma conciliação, como divórcio, guarda de filhos, pensão alimentícias e ações contra empresas de água, luz, telefone e outros. Para a semana, os processos são escolhidos previamente nos tribunais e as partes interessadas são intimadas. Caso não tenha sido intimado pela justiça, o cidadão ou empresa envolvido no processo também pode solicitar a conciliação. Também é possível que processos que ainda não estão na justiça sejam resolvidos, a partir da conciliação pré-processual. Além do atendimento na SEJUSC, haverá 32 Câmaras Privadas de Conciliação instaladas nas comarcas de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru, Belém de São Francisco, Timbaúba, Igarassu, Petrolina, Araripina, Vitória de Santo Antão, Serra Talhada, Toritama e Paulista.

Além das 18 unidades de SEJUSC no estado, o Tribunal de Justiça de Pernambuco disponibilizará 32 Câmaras Privadas de Conciliação / Divulgação/ TJPE

Até sexta-feira (09/11), os tribunais de justiça de todo o País unem esforços para a resolução dos milhares de conflitos que se arrastam nos processos judiciais com a realização da 13ª edição da Semana Nacional de Conciliação, com o conceito “Conciliar, a decisão é nossa”. Promovida pelo Conselho Nacional de Justiça, só em 2017 foram realizadas mais de oito mil audiências de conciliação, que resultaram em 3.902 acordos.

Nos 18 Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (SEJUSC) do Estado, os processos são executados durante todo o ano. A proposta do mutirão tem o objetivo de diminuir a fila de processos civis que podem chegar a uma conciliação, como divórcio, guarda de filhos, pensão alimentícias e ações contra empresas de água, luz, telefone e outros. Para a semana, os processos são escolhidos previamente nos tribunais e as partes interessadas são intimadas.

Caso não tenha sido intimado pela justiça, o cidadão ou empresa envolvido no processo também pode solicitar a conciliação. Também é possível que processos que ainda não estão na justiça sejam resolvidos, a partir da conciliação pré-processual.

Além do atendimento na SEJUSC, haverá 32 Câmaras Privadas de Conciliação instaladas nas comarcas de Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Caruaru, Belém de São Francisco, Timbaúba, Igarassu, Petrolina, Araripina, Vitória de Santo Antão, Serra Talhada, Toritama e Paulista.