• FAMAM
  • Ceclin
fev 11, 2019 0 Comentário


Reunião entre o Sintepe e Secretaria Estadual de Educação

Coluna do SintepeNa quinta-feira (07/02), o SINTEPE esteve em reunião com o Secretário de Educação para discutir pontos de interesse da nossa categoria. Um dos temas da pauta, foi sobre a carga horária semanal de professores cuja jornada mensal é de 200 horas aulas. Neste caso, semanalmente, são 26 horas aulas em todas as escolas da rede pública. Na negociação, ficou acertado que até março serão feitas as adequações necessárias para corrigir o excedente em relação a essa carga horária. Hoje, é fato que em muitas escolas da Rede Estadual o/a professor/a trabalha além das 26 horas aulas.

O SINTEPE registra que a própria Secretaria Estadual de Educação, na reunião do último dia 07, reconhece a carga horária de 26 horas aulas como limite máximo semanal para uma jornada mensal de 200 horas aulas.

A recarga do cartão VEM, outro ponto discutido na reunião, foi cobrado pelo SINTEPE. Segundo a Secretaria de Educação, na sexta-feira (08.02.19), a operacionalização da recarga do cartão estaria restabelecida. Caso o VEM não seja recarregado até a segunda-feira (11.02), a orientação do SINTEPE é o cumprimento da deliberação de Assembleia Geral da categoria de não comparecer aos locais de trabalho até o restabelecimento do VEM.

Os jornais que eram entregues nas residências dos/as professores e deixaram de ser enviados, foi outro assunto na reunião. Ao ser cobrada, a Secretaria de Educação alegou falta de recursos para o pagamento aos órgãos que são responsáveis pela edição dos jornais. Assim, não tem jornal.

O ensino de língua espanhola foi também pauta da reunião. O assunto será retomado em outra reunião específica até o dia 21.02.2019 para um definição. Porém, já há um entendimento para o retorno do espanhol nas turmas do ensino médio.

Outra cobrança foi relativa a ampliação da jornada dos/as funcionários/as das escolas, passando de 6 horas para 8 horas por dia, como opção.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – SINTEPE