• Ceclin
mai 10, 2018 0 Comentário


Projeto na Alepe busca aprimorar a gestão do Sassepe

ROBERTA-ARRAES

O serviço de perícias médicas dos servidores do Estado, hoje vinculado ao Instituto de Recursos Humanos, IRH, pode passar a ser subordinado à Secretaria de Administração. A mudança foi proposta pelo governador Paulo Câmara (PSB) e aprovada pela Comissão de Saúde, na terça (08/5). O objetivo é deixar o IRH exclusivamente voltado à gestão do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores, o Sassepe. A medida foi elogiada pela presidente do Colegiado, deputada Roberta Arraes, do PSB. “O IRH ele passa a ter uma atenção diferenciada ao Sassepe, e hoje nós vemos os reclames das pessoas que precisam desse serviço. Creio que, assim que essa lei estiver sancionada, os nossos servidores vão ter um atendimento mais humanizado.”

Outras alterações promovidas pelo projeto de lei dizem respeito ao direito das pessoas com deficiência. Um dos artigos estende a empregados públicos que tenham filho com deficiência o horário diferenciado já concedido aos servidores do Estado, com dispensa de compensação. A matéria também inclui nas atribuições do serviço de perícias médicas os exames admissionais dos funcionários temporários, contratados por meio de seleções simplificadas, dentro das vagas reservadas.

A Comissão de Saúde aprovou, ainda, substitutivo da Comissão de Justiça à proposta da deputada Teresa Leitão, do PT, que propõe medidas de conscientização sobre a violência obstétrica.