• Mata Sul
  • Ceclin
out 19, 2017 0 Comentário


Projeto Música nas Escolas terá início neste sábado (21) em Gravatá

musica pbh

Neste sábado (21/10), a Prefeitura de Gravatá, através da Secretaria de Educação, dará início ao Projeto Música nas Escolas, que visa oferecer aulas gratuitas de instrumentos Musicais para a comunidade. As aulas acontecerão na Escola Amenayde Farias, todos os sábados das 19h às 21h, e qualquer pessoa pode participar, basta comparecer ao local indicado.

Segundo o Mestre Bezerra, o projeto é um sonho antigo que foi abraçado pelo prefeito Joaquim Neto (PSDB). “Desde dezembro de 2016, o prefeito e a Secretária de Educação, Ana Patrícia, antes mesmo de tomarem posse, já vêm articulando comigo e minha equipe a execução desse projeto que tem um papel fundamental na educação e no combate à violência. A música transforma vidas”, afirmou.

A diretora da Escola Amenayde Farias, Janaina Lúcia, conta que muitas pessoas já procuraram a recepção da escola para participar das aulas. “Tem vindo bastante gente aqui, pessoas que já possuem experiência musical, interessados em ter um primeiro contato com a música e isso é maravilhoso, aponta que temos demanda e vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para suprir esse desejo da população”, assegurou.

O projeto é uma oportunidade ímpar para todos aqueles que querem ter contato direto com o universo da música, e consequentemente descobrir novos talentos gravataenses.

As inscrições também estão abertas para outros projetos musicais. Na escola Adalgisa Soares, localizada no Bairro do Cruzeiro, o maestro Bezerra irá lecionar aulas de Flauta-doce. Já em Uruçu-Mirim, o forró será o ritmo da vez, o Projeto Zabumbeiro irá oferecer aulas instrumentais de forró aos alunos da Escola Intermediária Dom Paulo Hipólito de Souza.

Para os alunos da Escola Intermediária Dom Paulo Hipólito de Souza, em Uruçu Mirim, as inscrições para o Projeto Zabumbeiro estão abertas. As aulas terão início nesta quinta (19) e o objetivo é ensinar a comunidade a tocar forró e manter vida a cultura e tradição da região.