• Ceclin
set 05, 2018 0 Comentário


Presa dupla acusada de envolvimento em explosão do BB de Pombos

Ambos foram recolhidos ao COTEL. Imagem: PCPE/DIRESP/DEPATRI/DPRF/Divulgação

Ambos foram recolhidos ao COTEL. Imagem: PCPE/DIRESP/DEPATRI/DPRF/Divulgação

Na manhã dessa terça-feira (04/9), Policiais Civis da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, sob a coordenação dos Delegados de Polícia Vinicius Notari e Luiz Alberto Braga, deram cumprimento a mandados de prisão em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, quando os envolvidos Wesley Silva Santos, 23 anos, e Cristian Douglas da Silva Amorim, 24, acabaram localizados.

A dupla é acusada de integrar a investida criminosa que acabou explodindo a agência do Banco do Brasil no ultimo dia 03 de julho (Reveja AQUI), na cidade de Pombos. Ambos foram recolhidos para o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna –  COTEL, em Abreu e Lima (RMR). As investigações prosseguem com o objetivo de identificar e prender os demais suspeitos.

Um terceiro foi preso logo adiante. Darley Eduardo da Silva, de 20 anos, de acordo com o delegado Luiz Alberto, pelo menos outras sete pessoas participaram do crime. Eles agiram de forma dividida e organizada durante a ação. A Polícia acredita que Wesley tinha a função de espalhar os grampos na estrada, para impedir a chegada do efetivo policial. Já Darley e Cristian são apontados como responsáveis por atirar contra o destacamento da PM, por causa de vídeos nos quais aparecem manuseando um fuzil e uma espingarda.

Traficantes da Bahia

Willians Alves de Sousa Filho & Jaqueline da Silva Carvalho

A ação foi realizada em conjunto entre as polícias militares dos Estados de Pernambuco, da Bahia e do Espírito Santo, prendendo na manhã da segunda-feira (03/9). Willians Alvesde Sousa Filho, 36, conhecido como “Nem Bomba”, suspeito de chefiar uma facção criminosa e ter envolvimento de forma direta ou indireta em pelo menos 150 assassinatos cometidos no estado baiano em um período de cinco anos. Além de Willians, sua esposa, Jaqueline da Silva Carvalho, 24, também foi presa. “O que o trouxe para Pernambuco é porque a esposa dele tem parentes em Vitória de Santo Antão e como o cerco estava se fechando no Espírito Santo, pela Polícia Civil já ter prendido quase toda quadrilha no Espírito Santo, ele achou por bem se esconder”, afirmou o comandante da 21º BPM, o tenente-coronel Leonardo Cosme.

Willians tinha mandados de prisão expedidos pelos Estados do Espírito Santos e da Bahia pelos crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. Já a esposa, Jaqueline, por tráfico de drogas. O homem era procurado desde 2016, ano em que recebeu liberdade provisória enquanto cumpria pena na Bahia por tráfico de drogas desde 2013. Após ganhar liberdade, ele continuou a chefiar a facção e ficava trocando de residência e de estado para fugir da Justiça. Os dois decidiram ir para Vitória, onde foram presos no sábado (1º) na Rua Um, no Loteamento Belo Horizonte.

armas de fogo no Engenho CacimbasCACIMBAS 

Antônio Cícero da Costa, 46 anos, e Eci Cabral da Silva, 60, foram detidos pela PM na segunda (03), após denúncia de que no Engenho Cacimbas, Zona Rural da Vitória de Santo Antão, ambos detinham arsenal. Foram encontradas no imóvel 01 Espingarda Winchester calibre 44, 02 Espingardas inelegíveis, 01 Revólver calibre 38, além de 14 munições calibre 44, e 6 munições calibre 38. Os dois homens foram levados para a Delegacia de Vitória.

GLÓRIA

Phillip Marinho Ferreira dos Santos, 22, foi detido na segunda (03), em Glória do Goitá, na Mata Norte, flagrado com uma bolsa nas costas em atitude suspeita. Ao ser abordado, foi encontrado no seu bolso 14 trouxinhas de maconha e dentro da bolsa estava uma espingarda caseira calibre 12, e duas munições do mesmo calibre, como também R$ 80,00. O jovem foi conduzido para Delegacia de Vitória.