• Mata Sul
  • Ceclin
mar 24, 2017 0 Comentário


Outra rebelião provoca fuga em massa na Funase de Vitória de Santo Antão

Foto: Arquivo A Voz da Vitória.

Foto: Arquivo A Voz da Vitória

De acordo com informações preliminares, mais da metade dos internos conseguiram escapar

atualizado às 20h30

O Centro de Atendimento Socioeducativo da Vitória de Santo Antão registrou mais uma fuga em massa na tarde desta sexta-feira (24/03). Segundo informações, cerca de 33 adolescentes escaparam da unidade durante uma rebelião e um foi morto carbonizado, após ser esfaqueado. Inicialmente a Polícia Militar teria recapturado quatro, mas segue nas buscas. A presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Nadja Alencar, se dirigiu até o local para averiguar as causas do motim. No último domingo, outra fuga foi registrada no mesmo Case e, na segunda, a PM conseguiu recapturar 11 internos.

Através da assessoria de imprensa, a Funase informou que ainda não conseguiu contactar a diretora do Case, Anny Munyque da Silva Sales, para mais detalhes sobre a ocorrência. O Centro de Atendimento Socioeducativo tem capacidade para 72 internos do sexo masculino entre 15 e 17 anos, mas abriga, atualmente, 58. Este é o quarto caso de fuga ocorrido no Case. A unidade fica em Pacas, na Zona Rural de Vitória de Santo Antão.

A PM realiza buscas no município pelos fugitivos, que, conforme a Polícia, estavam espalhados por diversas regiões em pequenos grupos. De acordo com policiais do 21º Batalhão da Polícia Militar, até o momento foram recuperados 12 socioeducandos, que foram encaminhados para o Batalhão. Os agentes informaram ainda que outros socioeducandos foram recuperados e encaminhados para o Case. No entanto, eles não souberam informar com precisão a quantidade de internos que já voltou para a unidade.

Ainda de acordo com agentes, a briga começou após uma rixa interna entre grupos rivais de dentro da Case. A confusão se iniciou no Bloco B, se espalhando depois para o Bloco A da unidade. No momento da rebelião na Funase haviam 9 agentes socioeducativos.