• Mata Sul
  • Ceclin
jan 16, 2018 0 Comentário


Oito menores fogem de unidade da Funase de Pacas em Vitória de Santo Antão

O Case da Funase no Engenho Pacas tem capacidade para abrigar 72 adolescentes Foto: Arquivo / A Voz da Vitoria

O Case da Funase no Engenho Pacas tem capacidade para abrigar 72 adolescentes. Foto: Arquivo / A Voz da Vitoria

Um grupo de adolescentes internos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) da Funase, localizado no Engenho Pacas, Zona Rural da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata pernambucana, fugiu da unidade na manhã desta terça-feira (16/01). Pelo menos oito jovens deixaram o local depois que quebrar parte do muro.

De acordo com funcionários da unidade, a fuga aconteceu durante uma confusão entre os internos do bloco 1. Os adolescentes, com idades entre 15 e 17 anos, estavam em atividade esportiva na quadra do Case quando começou uma briga. Aproveitando o tumulto, os internos fugiram.

Leia Também

Em Vitória, moradores de Pacas denunciam onda de insegurança

Sindicato dos agentes da Funase rebate afirmação de secretário sobre Pacas

21º BPM recaptura 11 adolescentes foragidos da Funase de Pacas, em Vitória

O caso aconteceu por volta das 10h30 e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) foi acionada. Três adolescentes foram recapturados e levados de volta à unidade. Outros três foram encontrados e levados à Delegacia da cidade de Vitória de Santo Antão. Os dois últimos estão sendo procurados nas redondezas.

O Case da Funase no Engenho Pacas tem capacidade para abrigar 72 adolescentes e, até antes da fuga, 52 jovens do sexo masculino cumpriam medida socioeducativa no local. O muro que foi danificado para facilitar a fuga desta terça-feira já está em obras para corrigir o problema. A Funase ainda não se pronunciou oficialmente sobre o ocorrido.