• Ceclin
abr 16, 2018 0 Comentário


No Dia do Índio, Sindsep-PE vai promover palestras para discutir realidade indígena

Dia do Índio, no Sindsep-PE

Na próxima quinta-feira, 19 de abril, dentro da programação do Dia do Índio, o Sindsep-PE promove um debate para discutir a realidade dos povos indígenas. A atividade, que será realizada no auditório do sindicato, contará com palestras, exibição de vídeo e apresentação cultural. A programação começa às 9h30, com a abertura oficial e exibição do vídeo com o cacique João Francisco dos Santos, da tribo Funi-ô, de Águas Belas. Às 10h30, a diretora do Sindsep e servidora da Funai, Inalda Barbosa, fala sobre A Política Indigenista (SPI/Funai).

Na sequência, Sarapó Pankararu, coordenador da Articulação dos Povos Indígenas do Nordeste (APOINME), discute sobre Povos Indígenas em Pernambuco: Organizações, avanços e Desafios. Encerrando a mesa temática, Elisa Urbano, membro dos Conselhos Estadual e Nacional da Mulher, traz um panorama sobre A relevância do Papel da Mulher Indígena no Enfrentamento das Lutas de seus Direitos. Após as palestras, será aberto o debate com o público presente. O evento será encerrado com a apresentação cultural do grupo Funi-ô Fithxyá.

“Com esse debate, o Sindsep-PE cumpre com seu papel de contribuir com a discussão sobre a questão indígena. É preciso mudar o olhar preconceituoso e estereotipado que a sociedade tem em relação ao índio, um olhar equivocado que em nada contribui na garantia dos direitos desses povos. Então, esse evento tem essa função:  mudar a consciência das pessoas para  que se possa avançar na garantia dos direitos dos povos indígenas”, explica Inalda Barbosa.

Reunião CDE

A Condsef/Fenadsef realizou, na sexta-feira (13/04), mais uma reunião do seu Conselho Deliberativo de Entidades, o CDE. Representantes de todos os estados brasileiros participaram da atividade, que teve como ponto de pauta analisar a conjuntura atual e discutir sobre a plenária estatutária da entidade, prevista para acontecer em maio.

Os sindicalistas destacaram a preocupação com o desmonte do serviço público patrocinado pelo governo ilegítimo de Michel Temer, amparado pela Emenda Constitucional (EC)  95, que congela o serviço público por 20 anos. A EC, inclusive, está sendo utilizada pelo governo como justificativa para não negociar com os servidores federais.

 Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE