• Mata Sul
  • Ceclin
nov 20, 2017 0 Comentário


MPPE recomenda anulação de concurso da UPE realizado no último mês de agosto

UPE-748x400

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou, em publicação no Diário Oficial de sábado (18/11), a anulação do concurso público realizado pela Universidade de Pernambuco (UPE) em 1º de outubro deste ano devido a suspeitas de fraude. Segundo o MPPE, quatro sobrinhos de membros da comissão de seleção foram aprovados no concurso.

A recomendação da promotora de Justiça Andrea Padilha, direcionada ao “Secretário de Administração do Estado de Pernambuco e ao Magnífico Reitor da Universidade de Pernambuco” e ao Instituto de Apoio à UPE (IAUPE, organizadora das provas) é de que a prova seja anulada no prazo de 10 dias úteis, a contar da ciência da recomendação, de “todas as provas realizadas no concurso público para o cargo de assistente técnico em gestão universitária na função assistente administrativo realizados no âmbito do concurso público visando a nomeação em caráter efetivo para os referidos cargos no âmbito da Universidade de Pernambuco regulamentados pelo edital portaria conjunta SAD/ UPE 045/2017, anulando consequentemente os resultados obtidos para esse cargo/função”. Orienta ainda que as provas sejam refeitas a partir da publicação de novo cronograma.

Para a recomendação, a promotora considerou que a aprovação dos candidatos com parentesco com membros da comissão é uma “violação frontal de princípios constitucionais, sendo desnecessária a demonstração de prejuízo ou favorecimento de quem quer que seja”.

O concurso público previa contratação, para cargo efetivo, de 157 profissionais para cargo de analista técnico em Gestão Universitária, 222 para cargo de assistente técnico em gestão universitária e nove para cargo de médico, todos para atuação na UPE.

Blog dos Concursos