• Ceclin
mar 04, 2016 0 Comentário


Mesmo com greve, Detran abre as portas e realiza atendimentos

alu7zystzlivj18hjw3snd37iwrs42hitwogw0rkmze9

A greve deflagrada pelos servidores do Detran-PE, na manhã desta sexta-feira (4 de março), teve menos impacto do que o esperado pelo sindicato da categoria.  Na noite de terça-feira (3),  o  movimento foi considerado irregular pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).  Caso não encerrem a paralisação e cumpram a  determinação judicial, os grevistas deverão pagar multa diária de R$ 30 mil.

Os portões do edifício-se abriram no horário marcado: 7h40. Integrantes do sindicato chegaram a fazer protestos. Levaram até um boneco, simbolizando o governador Paulo Câmara, enrolado em um mosquiteiro, para fazer referência ao problema da epidemia das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. O Sindicato dos Servidores do Detran, que representa os 1.500 trabalhadores efetivos, havia anunciado, nesta manhã de sexta, que desafiaria a determinação do TJPE e paralisaria os serviços.  “Vamos parar. Infelizmente, a população vai ter que sofrer”, declarou o presidente do sindicato dos Servidores do Detran-PE, Alexandre  Bulhões.

Antes da abertura dos portões da sede, na manhã desta sexta, o presidente do Detran-PE, Charles Ribeiro,  garantiu que, se fosse preciso, recorreria aos trabalhadores comissionados, terceirizados e estagiários para manter as atividades, sem penalizar os usuários. Disse, ainda, que estava respaldado pela Justiça. “Só preciso da internet e dos computadores para fazer o Detran funcionar. Posso dar um conselho a quem precisa dos serviços. Use a internet, em casa, ou procure uma das agências dos shoppings”, declarou.

Os servidores do Detran exigem a reparação de perdas salariais dos anos de 2013, 2014 e 2015, equivalentes a 32,85%. Eles alegam que não é possível alegar falta de recursos. A categoria afirma que o governo do Estado, recentemente, reajustou o valor de várias taxas de serviços, bem como criou novas tarifas para elevar a arrecadação. “Somente este aumento das taxas de serviços foi equivalente a 900%. A previsão é que este ano, com os valores atualizados, as receitas do órgão ultrapassem os R$ 200 milhões”, observou Alexandre Bulhões.

G1/PE