• Mata Sul
  • Ceclin
mar 20, 2017 0 Comentário


Justiça Eleitoral nega embargos de declaração à prefeita de Lagoa de Itaenga

Graça-Arruda-toma-posse-em-Lagoa-de-Itaenga

Na última sexta-feira (17), o Juiz Eleitoral da 135ª Zona Eleitoral em Lagoa do Itaenga, Milton Santana Lima Filho, negou em decisão interlocutória, os embargos de declaração com efeito infringentes da prefeita Graça do Moinho (PSB) o vice José Alexandre Mendes, além do ex-prefeito de Carpina Carlinhos do Moinho (PSB), no processo que cassou os diplomas dos eleitos em Lagoa de Itaenga.

Entre as alegações da defesa estava o cerceamento do direito de defesa pela ausência de mídia na cópia da petição, omissão, erro material nos fatos em relação a Clécio do Moinho, recebimento de dinheiro por um testemunha identificada como Silvânia da Silva, ausência de prévio conhecimento do vice-prefeito, entre outras argumentações.

Após todas as alegações, o Juiz resumiu a decisão afirmando: “Todas as preliminares foram objetos de acurada análise, bem como o mérito da questão, inexistindo qualquer omissão, obscuridade, contradição ou ausência de pontos que o juiz deveria se pronunciar”.

Entenda o caso clicando AQUI