• Pitu 2
  • Ceclin
set 13, 2017 0 Comentário


Humberto responsabiliza governo Temer por queda no ranking das universidades

Humberto -Foto Roberto Stuckert Filho

Dados divulgados pela publicação britânica Times Higher Education (THE) mostram a queda na qualidade do ensino superior do País durante o governo de Michel Temer (PMDB). Em um ano, o Brasil perdeu seis universidades no ranking das 1000 melhores instituições de ensino superior no mundo.  Na edição de 2017, 21 universidades do País estão na lista mundial, ante 27 em 2016. O levantamento leva em consideração questões como o número de citações em pesquisa, o nível de internacionalização e a transferência de conhecimento para a sociedade.

Para o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), a redução de quase 25% no número de universidades brasileiras entre as melhores do mundo se dá por causa do descaso da gestão Temer com a educação. “Há um desmonte completo do ensino no País. O ministro Mendonça Filho, conhecido por alunos e professores como ministro mãos-de-tesoura, acaba todo dia com um pouquinho das conquistas que o Brasil teve nesta área nos últimos anos. Do Fies ao Prouni, passando pelas bolsas do Ciência Sem Fronteiras, é a política da terra arrasada”, disse o senador.

Humberto ainda lembrou que, por conta nos cortes de até 40% no orçamento da educação, muitas universidades federais já anunciaram não ter recursos para completar o ano letivo. “Educação não é gasto, é investimento e não é por acaso que nessa gestão estamos tendo tantos retrocessos. Temer e sua trupe querem gerir um país de analfabetos funcionais que assista calado a todas as barbaridades que estão acontecendo no Brasil”, informou o parlamentar.

da Assessoria