• Mata Sul
  • Ceclin
mar 30, 2017 0 Comentário


Henrique Queiroz propõe parceria entre municípios e Secretaria de Defesa Social

08.03-PLENARIO-HENRIQUE-QUEIROZ-RS-18-300x200

A possibilidade de cooperação de dez prefeituras com a Secretaria de Defesa Social (SDS) utilizando recursos de emendas parlamentares foi apresentada pelo deputado Henrique Queiroz (PR), no Pequeno Expediente desta quinta (30). O deputado propôs a utilização de câmeras de monitoramento e outros equipamentos pelas administrações municipais para ajudar a SDS a garantir a segurança pública em municípios do Agreste e da Zona da Mata.

“Tanto a população como os prefeitos cobram que não haja só discurso, mas uma ação efetiva para a segurança. Os municípios querem fazer investimentos, mas também receber contrapartidas da Secretaria de Defesa Social”, explicou Queiroz. Segundo o parlamentar, cada cidade teria, além de monitoramento por vídeo, duas motos, sistemas de rádio e armas de choque para que guardas municipais possam cooperar na segurança pública local. Os investimentos seriam custeados por emendas parlamentares de execução impositiva.  “Nessa parceria, o Governo deve entrar com apoio da Polícia Militar e qualificação dos agentes de segurança municipais”, completou.

O parlamentar e os prefeitos dessas cidades irão se reunir amanhã (31) com o secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia, para apresentar a proposta. Estarão presentes os prefeitos dos seguintes municípios: Glória do Goitá, Buenos Aires, Lagoa de Itaenga, Vicência e Chã de Alegria (Mata Norte); Feira Nova e Passira (Agreste Setentrional); Rio Formoso, Catende e Cortês (Mata Sul).

Outra possibilidade levantada por Henrique Queiroz foi a utilização de recursos da Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental de Pernambuco (TFAPE) para atividades de proteção ambiental pelos municípios. “10% desse valor deveria ser destinado para a criação de brigadas ambientais pelas prefeituras. Mas esses recursos não estão sendo utilizados, apenas servindo para fazer caixa para a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH)”, afirmou o deputado.

Assessoria