• Ceclin
nov 01, 2008 0 Comentário


Fabricantes de cachaça querem explorar o exterior

Publicado em 01.11.2008

As empresas produtoras de cachaça estão se preparando para exportar cada vez mais. As que já vendem para o mercado externo querem aumentar o volume. As que ainda não mandam o produto para exterior querem conquistar clientes. A meta do setor é que a bebida seja reconhecida internacionalmente como um produto tipicamente brasileiro.
“Estamos com um processo junto às entidades internacionais”, explica Margarethe Rezende, presidente da Associação Pernambucana dos Produtores de Aguardente de Cana. A Cachaçaria Samanaú, empresa do Rio Grande do Norte, está negociando com exportadores de Angola e Portugal.
A Cachaçaria Triumpho, empresa do Sertão de Pernambuco, exporta para países como Alemanha e Portugal. “Até o final do ano, vamos exportar grandes quantidades por contêineres”, prevê o representante comercial da empresa, Eduardo Vasconcelos.
Todos eles participaram ontem do III Salão Internacional da Cachaça que termina hoje no Chevrolet Hall. Os ingressos custam R$ 6.
(Jornal do Commercio).