• Ceclin
fev 20, 2016 0 Comentário


Em Vitória, Professor Eraldo morre por complicações agravadas pela chikungunya

Eraldo Santos

 

Morre aos 45 anos em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata, Eraldo José dos Santos. Servidor Público lotado na Prefeitura de Vitória, Professor da Rede Estadual de Ensino onde sua última atuação foi na Escola Madre Lucila Magalhães, no Bairro de Redenção, também colaborou com a antiga Associação Desportiva Vitória e fundou a Quadrilha Junina VAMP, bem como era ávido torcedor do Santa Cruz e pretendia, nas eleições de 2016, candidatar-se a vereador pelo Partido Verde (PV).

Ao longo da sua vida, Professor Eraldo convivia sob regular tratamento com problemas sanguíneos e circulatórios, contudo, faleceu ao meio-dia da sexta-feira (19/02), após ser acometido pela chikungunya,  doença transmitida pelo mosquito da Dengue, epidemia que assola o País e detém alta incidência em Vitória de Santo Antão, que vem vitimando sobretudo as pessoas idosas e agravou o quadro clínico do professor que se encontrava internado.

“Uma pessoa de uma inteligência, generosidade e humildade ímpar. Estamos todos tristes, pois perdemos um grande amigo e homem. Ele estava muito feliz com a ideia de ser pré-candidato a vereador pelo PV, estimulado em fazer mais pelo esporte amador vitoriense. Deixa boas lembranças e saudades”, destacou Carlos Alberto, presidente municipal do PV.

O velório ocorre na sede da Associação dos Moradores de Redenção, onde residia e detinha destacada atuação comunitária, e o seu sepultamento acontece às 15h. deste sábado (20), no Cemitério local de São Sebastião.