• Mata Sul
  • Ceclin
ago 24, 2017 0 Comentário


Em Vitória, Polícia encontra drogas e munições enterradas em sítio de ex-PM preso

 Delegado Mauro Cabral (esq.) e delegado José Cláudio (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Delegado Mauro Cabral (esq.) e Delegado José Cláudio (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Apesar do material localizado, homem foi preso suspeito de roubar um carro. Ele ainda é investigado por homicídios e um possível envolvimento em assaltos a bancos. 

A Polícia Civil de Pernambuco encontrou drogas e munições enterradas no sítio de um ex-policial militar, de 52 anos, em Vitória de Santo Antão, Zona da Mata Sul do Estado. Apesar do material localizado, Pedro Francisco Ribeiro, conhecido por “Sargento Pedro” foi preso suspeito de roubar um carro em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, no início do mês. O caso foi apresentado nesta quinta-feira (24/8).

De acordo com o delegado Mauro Cabral, ele trocaria o veículo por drogas na Paraíba. O homem ainda é investigado por homicídios e um possível envolvimento em assaltos a bancos.

LEIA TAMBÉM: Quarteto preso durante operação do DEPATRI em Vitória de Santo Antão

Ainda segundo o delegado, o ex-PM homem estava dirigindo o carro roubado na companhia de mais dois homens, um de 59 anos que é foragido do sistema prisional e o filho, de 26 anos, no momento da prisão no Centro de Vitória de Santo Antão. Ao avistar a Polícia, ele teria ingerido uma quantidade de cocaína que estava no painel do veículo. A prisão ocorreu no dia 22 deste mês.

“Ele começou a passar mal e precisou ser atendido. Estamos investigando porque fomos informados que ele teria envolvimento com homicídios na região. Até o momento, tivemos o conhecimento de três. Ele já havia sido preso em 2014, uma outra vez pela Polícia Federal por tráfico e agora por nós ”, pontuou o delegado ao dizer que o homem preferiu se manter em silêncio.

policia no sitío do Sgt. Pedro

A informação de que havia algo ilícito no sítio foi colhida após a prisão. No local, a Polícia prendeu mais um homem, de 31 anos. Todos os três homens foram presos em flagrante por associação criminosa. Ao vasculhar a propriedade, a equipe encontrou maconha e crack enterrados. A Polícia ainda localizou uma grande quantidade de munições, de diversos calibres.

“Os calibres das munições que foram apreendidas sugerem a participação do grupo em outras ações criminosas. Nós vamos encaminhar isso para as delegacias que investigam outros crimes. Inclusive, para a de assalto a banco por conta do calibre do fuzil 556”, completou.

O grupo vai responder por receptação, associação criminosa, adulteração de veículo automotor, tráfico de drogas e posse ilegal de munição de uso restrito. Os quatro foram encaminhados para audiência de custódia no Fórum de Vitória de Santo Antão e, em seguida, para o sistema prisional.