• Mata Sul
  • Ceclin
dez 01, 2017 0 Comentário


De Vitória, LiterAtos recebe prêmio nacional do Ministério da Cultura

LiterAtos, grupo criado pelo professor Rafael Augusto Costa de Oliveira no Campus Vitória de Santo Antão

O grupo de Vitória foi um dos vencedores do Prêmio Culturas Populares 2017 e receberá R$ 10 mil, mesmo valor quando um Mestre vitoriense, Fernandes Rodrigues, também foi premiado

O LiterAtos, grupo criado pelo professor Rafael Augusto Costa de Oliveira no Campus IFPE Vitória de Santo Antão, foi um dos vencedores do Prêmio Culturas Populares 2017, Edição Leandro Gomes de Barros, oferecido pelo Ministério da Cultura. O anúncio dos contemplados foi realizado na última terça-feira (26/11) pela organização do Prêmio.

Criado há cinco anos, a partir de experiências em sala de aula, o LiterAtos concorreu na categoria grupos/comunidades e receberá a premiação de R$ 10 mil. “Trabalhamos com Poesia, Cordel e Mamulengo desde 2012 e já levamos às quatro macrorregiões do Estado o nosso canto. Queria agradecer aos mais de 50 alunos que subiram os palcos nesse período para louvar-vivenciar a cultura popular da nossa região, a Zona da Mata – Centro (ou microrregião Vitória de Santo Antão), além, é claro, de agradecer à rede IFPE e a todos(as) que amam o Líter. Hoje fica concretizado e sacralizado que somos um importante grupo de cultura popular não só do IFPE, não só do Estado de Pernambuco, mas de todo o País”, comentou o professor Rafael Oliveira.

Em sua 5ª edição, o Prêmio Culturas Populares teve um número recorde de inscrições: 2.862. O prêmio é promovido pela Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura e contemplará com R$ 10 mil 500 iniciativas de mestres, grupos/comunidades e instituições privadas que mantém vivo o patrimônio da cultura popular do País.

LEIA TAMBÉM

- Vitoriense Fernandes Rodrigues é premiado em seleção nacional do Ministério da Cultura